Escolhidos para você

8 posts encontrados na tag Toy Story

Natal é uma data esperada por muitos, independente da idade, mas é claro que para as crianças tem um gostinho especial de magia a mais. Pensando nisso, alguns shoppings de São Paulo (capital) resolveram deixar a decoração natalina mais temática e chamativa para o público infantil, incluindo personagens de filmes clássicos da Disney. Vem ver!

SHOPPING VILLALOBOS

O tema do Shopping VillaLobos é Toy Story. O filme teve sua quarta sequência lançada em junho desse ano. Além da decoração, que conta com um Buzz Lightyear de 7 metros iluminado, há também uma área para crianças brincarem, incluindo uma oficina para montar o seu próprio Garfinho. E atenção: nos dias 18, 19 e 20 de dezembro, das 16h às 19h, terá sessão de fotos com Woody e Buzz.

Endereço: Avenida Das Nações Unidas, 4777 – Jardim Universidade Pinheiros – São Paulo – SP

MOOCA PLAZA E SHOPPING TAMBORÉ

Tanto o Mooca Plaza como o Shopping Tamboré tiveram a mesma ideia: homenagear Frozen. O clima gelado de Arendelle tem tudo a ver com o Natal, né?! O segundo filme da franquia já chegou quebrando recorde nos EUA (leia mais aqui) e estreia no Brasil em 2 de janeiro, mas as irmãs Elsa e Anna estarão por lá antes, nos dias 4 e 5 de dezembro, para tirarem fotos com o público. As crianças também terão espaço para brincarem e a decoração conta com um Olaf de 7 metros.

Endereço: Rua Capitão Pacheco E Chaves, 313 – Vila Prudente – São Paulo – SP // Avenida Piracema, 669 – Tamboré – Barueri – SP

SHOPPING JARDIM SUL

O Shopping Jardim Sul também pegou um tema clássico que voltou aos cinemas esse ano: O Rei Leão. O live action estreou em julho, nos fazendo reviver toda a emoção da animação de 1994. O destaque da programação fica para o karaokê onde as crianças podem cantar as músicas da trilha sonora.

Endereço: Avenida Giovanni Gronchi, 5819 – Vila Andrade – São Paulo – SP

Se você mora na região, os passeios são imperdíveis!

A Funko anunciou, recentemente, uma nova wave de bonecos Funko Pop! de Toy Story. O visual dos colecionáveis remete ao primeiro e segundo filme da franquia, já que entre eles temos a Dona Marocas (alter ego do Buzz Lightyear quando o mesmo fica “bêbado” de chá com a irmã de Sid), um ride de Woody dirigindo o carro CR7 (fazendo alusão ao final do primeiro filme), o pinguim Izzy e o cavalinho fofo Bala-no-Alvo, que só aparecem no segundo longa. Um detalhe especial pra esse último é que, além da versão normal e regular, também será vendida uma versão flocked – ou seja, peludinha! – e que será comercializada exclusivamente pelo site da Funko (e que infelizmente não entrega para o Brasil).

Uma curiosidade sobre o ride de Woody no CR7 é que esse Funko Pop! foi planejado há muito tempo e nunca tinha saído do papel. Mas ainda bem que não desistiram e resolveram lançar, porque ficou fofo, né?!

A boa notícia é que essa wave é toda regular (com exceção da versão flocked de Bala-no-Alvo), o que significa que os colecionadores não precisarão desembolsar vários dinheiros para ter um deles. Outra novidade da wave é a bonequinha da Betty e do cachorro de mola Slink, nunca antes lançados, e chaveirinhos dos mesmos. Apesar de serem de filmes anteriores, o lançamento já é visando a estreia do quarto longa de Toy Story, previsto para chegar aos cinemas em julho e que promete focar no romance entre Woody e Betty. Um pôster que vazou na internet há um tempo reforça esse rumor da sinopse – e ainda mostra Betty em um novo visual.

Além de Toy Story, a Funko também revelou um novo e desejado e lindo Funko Pop! de Alice no País das Maravilhas. Nele, a personagem está brincando numa das atrações mais clássicas dos parques da Disney, o Mad Tea Party. Por ter referência ao parque, o produto será exclusivo dos parques, ou seja, só será encontrado a venda em algumas lojas dentro dos complexos Disney da California e de Orlando. A lista das lojas são:

  • Big Top Souvenirs (Magic Kingdom-FL)
  • Pin Traders (Disney Springs-FL)
  • Disney Style (Disney Springs-FL)
  • Wonderground Disney (Downtown Disney-CA)
  • Le Petit Chalet (Disneyland-CA)
  • Disneyana (Disneyland-CA)

O preço de nenhum desses novos Funko Pop! foi divulgado porque ainda não lançaram, mas se você gostou de algum, especialmente se for o da Alice, corre no revendedor BR mais próximo e já garante o seu, porque esses bonequinhos vendem como água e somem num instante!

Todo mundo já ouviu falar de algumas teorias por trás das grandes animações da Disney. Por causa dos diversos easter eggs já encontrados nos filmes, as pessoas começam a imaginar ligações entre uma história e outra.

Uma das teorias mais famosas foi elaborada há uns anos por um cara chamado Jon Negroni, na qual ele intitulou simplesmente de Teoria Pixar. O norte-americano afirma que todos os longas do estúdio acontecem no mesmo universo, o que significa que todos os acontecimentos em todos os filmes podem ter, ou não, consequência uns nos outros. É meio difícil de entender e, apesar de fazer bastante sentido, dá um nó enorme no cérebro! O texto original pode ser lido aqui, porém, o Canal Nostalgia criou um vídeo super bem explicado sobre o tema, o que dá uma facilitada na hora de entender esse assunto complexo:

Ainda sobre a Pixar, outra teoria de Jon Negroni se tornou viral na internet envolvendo Toy Story. De acordo com ele, a mãe do Andy é, na verdade, a Emily, antiga dona da boneca Jessie.

Tudo porque no segundo filme da saga, vemos Emily usar um chapéu cowboy idêntico ao de Andy, que por sua vez é uma reprodução do chapéu de Jessie. Visto que a turma do Woody é inspirada num desenho antigo, a mãe do garoto realmente poderia ter doado seus brinquedos na adolescência e, por ironia do destino, os mesmos foram parar no quarto do seu filho. O texto original, com imagens que provam a teoria, pode ser conferido aqui.

Agora vamos as teorias com as Princesas Disney!

Logo quando as primeiras imagens de Frozen foram divulgadas, muita gente reclamou do fato de Anna ser muito parecida com a Rapunzel, de Enrolados (2010). Pode ter sido proposital, pois quando a animação estreou, todos repararam na presença da própria Rapunzel e seu marido Flynn Rider na cena em que a coroação de Elsa estava sendo preparada.

Isso já foi suficiente para diversas teorias pipocarem por aí. A primeira conta que as irmãs Elsa e Anna seriam primas de Rapunzel por parte de mãe – ou seja, as Rainhas de Arendelle e de Corona seriam irmãs.

A partir daí, muitos outros pontos foram ligados.

Começando pelo início (duh!)… A história de Enrolados se passa num reino fictício chamado Corona, e Frozen em Arendelle. Porém, podemos dizer que, já que Enrolados foi inspirado no conto de Rapunzel, que se passa na Alemanha, e Frozen fora baseado em Rainha do Gelo, que se passa na Noruega, então ambas histórias se passariam nessas respectivas regiões.

Os pais de Elsa e Anna morreram numa trágica tempestade que naufragou o navio que levava os dois. O filme não diz o lugar exato de onde eles estavam indo, mas levando em conta que esse acontecimento foi 3 anos antes dos acontecimentos do filme, sugere-se que o casal estava indo para Corona para prestigiar o casamento de Rapunzel e Flynn. Isso explica o fato de, três anos mais tarde, Rapunzel ter aparecido na coroação de sua prima Elsa, como um gesto de condolência e apoio.

Agora, indo mais longe… A história de A Pequena Sereia foi escrita originalmente pelo mesmo autor de Rainha do Gelo, Hans Christian Andersen, e se passa na Dinamarca. O país fica bem entre a Noruega e a Alemanha, portanto, faria muito sentido se o navio que Ariel explora no início de seu filme fosse, na verdade, o navio que levava os pais de Elsa e Anna!

Também existe a teoria que os pais de Elsa e Anna sobreviveram ao naufrágio e foram parar na África, dando a luz, mais tarde, ao Tarzan. Eu, particularmente, acho essa forçada demais, kkkk. Mas por incrível que pareça, logo essa foi confirmada pelo diretor de ambas as animações, Chris Buck, em uma entrevista para a MTV:

“Quando você está trabalhando em um novo projeto, você tem muito tempo para pensar sobre coisas, porque leva quatro anos para fazer. Então pensei em juntas as duas história. É claro que os pais de Anna e Elsa não morreram. Sim, houve um naufrágio, mas eles estavam no mar mais tempo do que pensamos porque a mãe estava grávida, e ela deu à luz no barco, a um menino. Eles naufragaram, e de alguma forma eles realmente foram parar muito longe das águas escandinavas, e acabaram parando na selva. Eles constroem uma casa na árvore e são mortos por um leopardo, por isso seu bebê é criado por gorilas. Na minha pequena cabeça, o irmão de Anna e Elsa é o Tarzan… Esse é o meu pequeno mundo divertido. Esse é o espírito da Disney.” – Chris Buck

E você, o que acha dessas teorias? Concorda com elas? Conhece mais alguma? Deixe sua sugestão nos comentários!