Escolhidos para você

25 posts encontrados na tag Pokémon Go

E aí pessoal, esta semana o anime de Pokémon completou 23 anos da sua primeira exibição no Japão. De lá para cá muita coisa mudou e hoje temos centenas e centenas de Pokémons descobertos em diversas regiões. As venturas de Ash e Pikachu tomaram rumos que no início não poderíamos imaginar. E as histórias dos 150 monstrinhos se expandiu. E um dos jogos que nos deixam mais próximos de ser um treinador pokémon é o game Pokémon GO!

Pokémon GO!

Nos últimos 3 anos, o game Pokémon GO fez um enorme sucesso no mundo inteiro, com um número sem igual de jogadores de todas as idades. O game funciona no celular com realidade aumentada. Nele é preciso capturar os pokémon, batalhar em ginásios e dominá-los para sua equipe, enfrentar a equipe Rocket e participar de batalhas de raid, entre muitas outras coisas. Mas para isso é necessário sair de casa, caminhar bastante e procurar lugares diversos com pokestops e ginásios, obviamente. Porém, com a atual situação do mundo passando por uma crise devido ao vírus que surgiu, o jogo teve sua principal ideia comprometida.

Temos que ficar em casa, reclusos para evitar a rápida propagação da doença e assim tentar salvar o maior número de vidas. Isso porque muitas pessoas podem desenvolver a forma grave da doença e falecer. Então é muito importante permanecer em casa por um tempo, mas isso impede que o Pokémon GO funcione da maneira que foi projetado.

 

Saída de Mestre

Portanto, para permitir que os jogadores possam continuar com suas atividades, algumas funcionalidades novas foram prometidas pela desenvolvedora. Uma delas seria a possibilidade de contar passos caminhando ou praticando exercícios dentro de casa. Sim, basta caminhar em casa ou no seu quintal, que o game irá contabilizar o movimento. Ao mesmo tempo a área de spawn dos pokémons aumentou, ou seja, muito mais pontos onde os monstrinhos irão aparecer. Assim, não se torna necessário sair de casa para capturá-los. Porém, é necessário o uso de pokebolas, pegas em pokestops, mas com relação ao acesso destes nada foi revelado, possivelmente os jogadores irão receber presentes com itens dentro para que reabasteçam sua mochila.

Ainda será implantado um meio de que os jogadores acessem o Pokémon GO e possam participar de raids sem sair de casa também. Estamos no aguardo de maiores detalhes. Tais medidas foram tomadas há algumas semanas, inclusive porque eventos do game tiveram de ser cancelados, a exemplo de Dia da Comunidade e Zona do Safári. Estes tiveram de ser adiados, e por enquanto sem nova data marcada.

E aí, você ainda joga o Pokémon GO? Pretende voltar a jogar com esses novos ajustes temporários?

Olá pausadores, como estão? Depois daquele dia com a live stream de Pokémon Sword & Shield que durou 24 horas, novas imagens do jogo surgiram. Desta vez não foi preciso esperar tanto tempo para ver apenas um novo pokémon relevante, igual foi com o novo Ponyta. Agora, a Pokémon Comany divulgou diretamente vídeos mostrando novos pokémons capazes de acessar o modo gigantamaxing.

Gigantamaxing ainda é um mistério

Apesar de já sabermos algumas coisas a respeito do modo gigantamaxing, ele ainda é um mistério para nós. A priori, apenas alguns pokémons da nova região foram mostrados neste modo. Todavia, com algumas lives de gameplay, foi possível visualizar que pokémons de outras gerações também possuem esta capacidade.

Pois bem, esta semana tivemos a liberação de vídeos mostrando outros pokémons, mais especificamente de Kanto, no modo gigantamaxing. Dentre eles estão: Pikachu e Eevee (com um pequeno detalhe), Meowth, Butterfreee e Charizard.

Quanto ao Pikachu e ao Eevee, estes poderão ser obtidos facilmente por aqueles jogadores que tem uma cópia do jogo Pokémon Let’s Go Pikachu/Eevee. Isto porque eles virão com seu ataque próprio para o modo gigantamaxing. Já o Meowth e a Butterfree terão seus ataques padrões para o modo. Entretanto, de todos estes, Charizard é o que mais chamou a atenção. Ele tem sua aparência física também modificada, assim como os demais, mas ganhou asas em labaredas de fogo.

Cada um deles tem um golpe específico a ser utilizado na forma gigantamaxing. Vale lembrar que o Meowth é para quem garantir o jogo na pré-venda. Resta agora sabermos melhor como isso será utilizado estrategicamente nas batalhas.

 

Pokémon GO e novos monstrinhos a serem libertos do domínio da Equipe Rocket

Quanto a Pokémon GO, novos pokémons agora precisam de sua ajuda para se livrarem do domínio da Equipe Rocket. A leva atual conta com: Weedle, Kakuna, Bedrill, Electabuzz, Magmar, Lapras, Mareep, Seedot, Nuzleaf, Sableye, Trapinch, Cacnea, Shuppet e Duskull.

Tais pokémons podem ser obtidos após vencer uma batalha contra um agente da Equipe Rocket que tomou conta de um pokestop. Após derrotá-lo, você tem a opção de tentar capturar um pokémon que eles deixaram para tras. Feito isso, você decide se irá purificá-lo ou não. Através deste processo os status e pontos de batalha do pokémon são alterados. Portanto, há uma chance de obter um pokémon com boas qualidades, mas nem sempre.

Olá pausadores, é chegado o dia. Hoje ocorre o lançamento de Pokémon Let’s Go Pikachu/Eevee, o mais novo jogo da série, para Nintendo Switch, que promete redescobrir as origens dessa série já consagrada. Como de costume, duas versões do mesmo jogo estão disponíveis para os jogadores escolherem.. Cada uma com suas particularidades, mas com a mesma gameplay.

Pokémon Let’s Go Pikachu/Eevee trará a região de Kanto e você tem a opção por iniciar sua jornada com Pikachu ou Eevee como amigo. Passar por todas as rotas e encontrar monstrinhos soltos mundo afora. Desta vez eles estarão visíveis no ambiente e você poderá inclusive utilizar um controle específico para o game. A pokéball plus controller. Ela funciona no mesmo esquema que uma pokébola do game. Fingir arremessá-la é o meio para se capturar novos pokémons. Claro, isso não é obrigatório, mas sim uma maneira de ficar mais imersivo no jogo.

Desta vez há uma lista de pokémons que você poderá usar de montaria, dentre eles. Charizard, Aerodactyle, Starmie, Rapidash e até o Hunter são um exemplo. Isso ajudará e muito no deslocamento pelo mapa. Os esquemas e estratégias serão cruciais nas batalhas mais pro-player. E ainda será possível realizar um co-op game; este por sua vez equivaleria a um “modo fácil” do jogo. Você poderá entrar praticamente em qualquer batalha junto com um amigo. Veja isto como uma maneira de facilitar para que qualquer pessoa possa jogar e se divertir com o game, desde seu irmãozinho até a sua avó.

O que esperar para um jogo futuro?

Todavia, Pokémon Let’s Go Pikachu/Eevee ainda não seria o que os fãs mais calorosos esperam da Pokémon Company e da Game Freak. O grade jogo certamente ainda está por vir, talvez ainda em 2019 ou no mais tardar no fim dele ou começo de 2020. O atual lançamento ainda possui uma interação com Pokémon Go. Permite que você passe seus monstrinhos para o jogo do Nintendo Switch e depois os capture em uma zona de safari particular.

Como eu já havia pensado, este jogo servirá para manter um hype nos players, e preparar o terreno para o próximo Pokémon. Claro que dentro do atual, muitas mecânicas e processos aqui inseridos servirão como um teste. A questão da integração com Pokémon Go também é muito relevante. E, após 20 anos de franquia, o que vejo aqui é uma busca por novos horizontes, um recomeço. Atrair a nova geração de players. Com isso fico remoendo, o que falta para eles inventarem agora?

É isso aí, pretendem comprar o jogo? Deixa aí nos comentários.