Escolhidos para você

45 posts encontrados na tag Nintendo Switch

E finalmente consegui a versão do Switch Lite! Quando o Nintendo Switch foi lançado em 2017, fiquei empolgada e ansiosa para comprar o console mais desejado daquele ano. E até hoje digo que foi um dos melhores investimentos, pois sempre fico animada com os lançamentos e as novidades que surgem em cada Direct da empresa.

No entanto, eu sempre gostei do modo portátil, tanto que brinco com o Nintendo 3Ds até hoje. E por mais que a graça do Switch seja jogar na televisão, gosto de deitar na cama e usar o portátil – mesmo sabendo que a bateria não aguenta tanto assim. Por isso, quando a Nintendo anunciou a opção Lite, fiquei curiosa e queria experimentar essa nova versão. Então, depois de alguns meses usando, decidi compartilhar a minha experiência com vocês.

O Switch Lite é ideal para quem ama portátil.

Como mencionei o tempo da bateria ali em cima, decidi começar por essa questão. A bateria do primeiro modelo do Switch chega em média de 2,5 a 6 horas (na versão que temos); já no Lite tem uma estimativa de 3 a 7 horas de duração. Ou seja, por mais que a bateria tenha melhorado, ela dura de 30 a 60 minutos a mais do que no Nintendo Switch convencional, dependendo do jogo. Então essa melhora não foi tão significativa assim.

No entanto, como gosto de jogar no modo portátil, a versão Lite é mais confortável e leve para segurar. E por ter menos peças móveis, já que os controles são fixos, isso aumenta a resistência à impactos. Entretanto, há uma questão delicada, que se trata dos analógicos do console. Na primeira versão eles tinham um problema chamado drift, que consistia em manter uma direção de movimento, mesmo que você não tocasse no analógico. Isso prejudica a jogabilidade e irrita demais, podendo o analógico parar de funcionar. Como no Switch Lite tudo faz parte de uma única peça, se este problema ocorrer seria necessário enviar o console todo para conserto ou abri-lo para trocar a peça. Enquanto no Switch apenas um joycon seria o problema.

Mais barato mesmo?

Em relação ao preço, o Lite foi lançado no mercado $100 mais barato. Porém é difícil enxergar essa diferença de valores se o console for comprado no Brasil. Eu não me arrependi de ter essa experiência com o Lite, mas se você não tem nenhuma das duas versões, recomendo investir no primeiro modelo.

Se você curte jogar com a família e os amigos e gosta daquela sensação nostálgica que os clássicos da Nintendo traz, invista no convencional. Entretanto, se você quer um console portátil e não liga para os controles de movimento. E se também não pretende jogar na televisão e prefere jogar maior parte do tempo sem companhia, a versão Lite é perfeita pra você. De forma resumida, o Lite é menor, mais leve, mais resistente e mais barato.

 

Fonte: Sai da Minha Lente

E aí pessoal, essa semana Paper Mario – The Origami King foi anunciado de surpresa pela Nintendo esta semana. Sim, sem mais nem menos, na última quinta-feira, a Nintendo liberou em seus canais oficiais um pequeno trailer do jogo. E o melhor de tudo, Paper Mario – The Origami King já veio com data de lançamento pronta para 17  de julho, ou seja, faltam dois meses apenas.

A beleza de Paper Mario

A beleza de Paper Mario é reconhecida pelos fãs. O game em seus mais diversos títulos sempre foi muito bem trabalhado pela equipe de design e produção gráfica. E muito disso se deve ao fato de sua origem ser no modo de jogo rpg, desde os idos do Nintendo 64.  Mas o game mescla ambientes 2D com cenários e objetos 3D sem perder os traços característicos. A ideia é que a ambientação e os personagens sempre pareçam com desenhos, não importa de que tipo de papel sejam feitos.

Entretanto, a série tem sido muito criticada pelos fãs no quesito história e ás vezes gameplay. Há um clamor para que o game volte às suas origens, justamente a do primeiro game. Mas as coisas progridem e evoluem e jogabilidades foram inseridas ao longo dos títulos, nem todas agradáveis. E isso ficou muito claro. Consequentemente, desde o lançamento do Nintendo Switch há uma expectativa para que o próximo Paper Mario seja a reconquista dos fãs mais exigentes. Será que Paper Mario – The Origami King conseguirá realizar tal feito?

Ao ver o trailer, notamos que o game está lindo. Cores vivas e animações bem fluídas. A qualquer momento o personagem parece que irá saltar da tela para o mundo real. Sendo assim, visualmente ele é bem atrativo. Já a sua jogabilidade parece mesclar elementos de rpg tradicional com action-rpg. Batalhas acontecendo em terra, no ar, em subterrâneos e dungeons de castelos; uma certa presença de puzzles, cinematics durante o jogo; e claro, habilidades especiais.

 

Primeiras impressões

O jogo pelo jeito será repleto de conteúdo com uma história em tempo razoável. Tendo como plot os papeis em origami e um rei origami que pretende tomar o Mushroom Kingdom para si. Portanto, Paper Mario precisará de ajuda, até mesmo de seus tradicionais inimigos. O jeito é esperar para ver com que essa aventura irá se desenrolar.

E aí pessoal, esta semana está um pouco parada, mas a Nintendo liberou diversos Walpapers para os jogadores. Se você, assim como eu, é o louco ou louca dos wallpapers, a hora é agora. Todos eles foram disponibilizados nas contas oficiais dos canais da Nintendo.

Um dos jeitos mais fáceis de encontrá-los é ir direto no twitter da Nintendo, procurar pelos posts desta semana, de 10 a 17 de maio. Basta salvar a imagem e começar a utilizar. Mas nem todos os games receberam wallpapers, alguns dos selecionados foram: Super Smash Bros. Ultimate, Luigi’s Mansion 3 e Animal Crossing – New Horizons. Entretanto, acho que a Nintendo poderia ter pensando um pouco melhor nas imagens que escolheu. Digo isso porque certos wallpapers de fato não me agradaram, acredito que também não irão agradar a muitos outros.

Além disso, há muitas imagens boas que poderiam ser criadas e planejadas para fazer ótimos wallpapers, que, na minha opinião, chamariam muito mais a atenção. Certas cenas fotografadas, ou ainda cenas que somente quem manipula ou produz o jogo poderia conseguir. Sem mencionar o fato de que algumas artes e ilustrações das equipes de produção dariam ótimos wallpapers.

Alguns dos Wallpapers da Nintendo

Começamos com Super Mario Maker 2. Com Mario e Luigi tentando construir alguns levels, mas não obtendo sucesso. Vale lembrar que o game recebeu uma super atualização recentemente, com muitos elementos novos adicionados.

Imagem

Agora, Super Mario Kart 8 DX. O game continua movimentando o online da Nintendo e este wallpaper do Bowser ficou sensacional. Pronto para acertar o casco vermelho no corredor à sua frente. O jogo da Nintendo tem um paralelo para celular, Mario Kart Tour. Já faz um tempinho que não entro, porém fiquei sabendo que a última skin lançada foi a do Mario construtor do jogo acima.

Imagem

Imagem

Wallpaper do ARMS com Springman versus Max Brass. Esse jogo foi uma das “molas” propulsoras do Nintendo Switch. ( céus, esse trocadilho!). E agora, o game terá um representante como personagem jogável em Super Smash Bros. Ultimate. Ao que parece, os mundos da Nintendo realmente estão conectados um ao outro.

Animal Crossing wallpaper

E também temos a estrela rosa, Kirby. Esse pequeno bonitinho é muito poderoso e está acompanhado de seus amigos em Kirby Star Ally para Nintendo Switch. O game tem um foco muito co-op para se divertir bastante com os companheiros.

Kirby wallpaper