Escolhidos para você

50 posts encontrados na categoria [Quero assistir]

Desde o lançamento de Frozen, muito se especula sobre um par romântico para Elsa. A rainha de Arendelle termina o primeiro filme sem um interesse amoroso e isso foi suficiente para a internet começar a sugerir que ela deveria ter uma namorada e, assim, ser a primeira personagem LGBT da Disney. Na época, até sua dubladora, Idina Menzel, apoiou a ideia. Com o anúncio da sequência Frozen 2, os fãs acharam que agora seria a hora que Elsa sairia do armário. Porém, segundo uma das compositoras das canções originais do filme, Kristen Anderson-Lopez, não vai ser dessa vez:

“Há tantos filmes que definem a mulher pelo seu interesse amoroso. Essa não é uma história que queremos contar nesse momento”

Damares, por que você ta chorando?

É, portanto, podemos concluir que em Frozen 2 a Elsa continuará sozinha. E muito bem, obrigada. Por outro lado, não podemos dizer o mesmo sobre a sua irmã caçula e extremamente mais romântica, Anna. Recentemente, vazaram fotos das bonecas de Frozen 2, indicando que veremos o casamento de Anna e Kristoff.

Outras novidades envolvendo o novo longa foram confirmadas na convenção D23, que ocorreu há duas semanas na California. Os fãs presentes puderam conferir uma cena inédita. Nela, Elsa aparece ouvindo e seguindo uma estranha voz, que a leva para um cenário escuro onde ela resolve criar formas e desenhos com seus poderes de gelo.

Além disso, também na D23, os diretores Jennifer Lee e Chris Buck contaram que a história girará em torno da origem dos poderes de Elsa, o por quê Anna não foi agraciada com tais habilidades e qual foi o motivo da viagem dos pais delas no primeiro filme e que acabou tirando a vida do casal.

Frozen 2 estreia no dia 27 de novembro nos Estados Unidos, e no dia 2 de janeiro de 2020 nos cinemas brasileiros. 

Vocês curtem Miss Marvel? Ela é uma das minhas heroínas favoritas dos quadrinhos da Marvel; e fiquei feliz quando soube que ela ganhará uma série na Disney Plus. Kamala Khan trouxe muita representatividade ao se tornar a primeira personagem muçulmana da franquia.

Alguns dias atrás, o The Hollywood Reporter anunciou oficialmente que a Miss Marvel ganhará sua própria série será escrita por Bisha K. Ali. Kamala Khan é uma paquistanesa-americana e vive com uma família religiosa em Nova Jersey. Ela assumiu esse papel quando Carol Danvers se tornou a Capitã Marvel em 2012. 

Ainda não foram divulgadas muitas informações sobre a série. Também não mencionaram se encaixará no Universo Cinematográfico da Marvel. Mas caso ainda não tenha se aventurado nas hqs dessa heroína, a história apareceu em várias das 10 melhores listas do final do ano. E ganhou o Hugo Award de melhor história gráfica em 2015.

Já estou ansiosa e feliz com essa notícia.

Mais sobre a Kamala Khan

Sua família é paquistanesa e seus pais e irmão se mudaram para a América antes de Kamala nascer. Depoisde brigar com seus amigos em uma festa; Kamala é vítima do um surto de uma substância mutagênica que cria poderes naqueles com DNA Inumano.
Khan sobrevive ao processo e desperta com a capacidade de modificar o tamanho e a forma de seu corpo, o que significa que ela pode esticar seus membros e distorcer suas feições para se tornar maior ou menor, quando necessário.

 

O canal televisivo norte-americano que faz parte da rede Disney, ABC, transmitirá ao vivo um especial musical de A Pequena Sereia. O espetáculo acontece no dia 5 de novembro e faz parte das comemorações de 30 anos da animação. A jovem havaiana Auli’i Cravalho, que dublou a Moana no filme homônimo, interpretará a protagonista Ariel. Se o mar a escolheu duas vezes, quem somos nós para julgar, não é mesmo?!

Queen Latifah também está no elenco como a vilã Úrsula. A personagem já é familiar para a atriz, que se caracterizou como a bruxa do mar para um ensaio fotográfico de Annie Leibovitz em 2014. Outro nome conhecido na produção é o cantor jamaicano Shaggy, que dará vida ao Sebastião. Na animação, o personagem tem sotaque jamaicano, então a escolha foi certeira!

O título do programa é The Wonderful World of Disney: The Little Mermaid Live (traduzindo: O Maravilhoso Mundo de Disney: A Pequena Sereia Ao Vivo), e o formato deve ser semelhante ao show apresentado no primeiro semestre desse ano no Hollywood Bowl, misturando performances ao vivo e clipes da animação. Na ocasião, a atriz e cantora Lea Michelle deu voz à Ariel. Assista abaixo a uma das performances:

O projeto da ABC havia sido anunciado em 2017, mas fora cancelado e, felizmente, retomado agora. A produção fica a cargo de Richard Kraft.

Vale ressaltar que esse especial nada tem a ver com o live action também produzido pela Disney com Halle Bailey no papel principal. Este deve ter suas filmagens iniciadas em 2020 e sua data de estreia ainda é incerta. Mais novidades devem ser reveladas durante a convenção D23 que acontece esse mês em San Diego. Mas uma observação curiosa que podemos fazer com tantas Arieis não caucasianas é que a Disney quer mesmo calar a boca dos racistas e a gente ama isso <3