Escolhidos para você

51 posts encontrados na categoria Arte

Olá meus queridos, como está sendo esse período de isolamento social para vocês? Apesar de entendermos super o quanto é importante evitar a circulação desnecessária de pessoas para conter a proliferação do Covid-19, imagino que para alguns deve ser bem difícil ficar em casa por tanto tempo.

Essa que vos fala, por ser doente crônica, tem ficado ilhadinha dentro de casa e só boto o nariz pra fora para algo como médico, por exemplo. Tenho a sorte de poder trabalhar em home office, então me ajuda bastante. No resto do tempo, eu faço como o Harry quanto fica trancafiado no quarto na casa dos tios “alterno entre picos de energia e momentos de letargia em que não consigo reunir forçar nem para acender a luz”. Durante os momentos de letargia, habemus sonus, mas e se a gente fizer uma listinha legal de DIY’s para colocar as habilidades manuais em prática, distrair a cabeça e de quebra redecorar o seu quarto, durante esse isolamento?

Já que a ideia é não sair de casa, selecionei alguns itens que vocês conseguem fazer com o que tem em casa, ou comprando o que precisam on-line e ajudando as lojas que estão fechadas por conta do isolamento. São três ideias com três níveis diferentes de dificuldade: “luta com o trasgo” (parece difícil mas não é tanto assim!), “resgate o hipogrifo” (com uma Hermione pra ajudar e um vira-tempo dá pra fazer sossegado!) e “patrono corpóreo” (o mais difícil de todos, que requer concentração, prática e a cabeça no lugar!). Vamos lá?

Nível: Luta com o Trasgo

Item: Marcador de página

Materiais: quadrados de papel colorido (tipo sulfite ou origami) e criatividade!

Esse é bem simples e resolve aquele problema de marcar páginas com nota fiscal, etiqueta de roupa, guardanapo (limpo), entre outros (quem nunca?). A dobradura é super fácil de fazer e após feita você pode decorar como quiser. Pra quem é mais habilidoso, pode decorar com desenhos no próprio marcador, ou você pode recortar formas em outro papel e colar por cima, ou até mesmo pode imprimir figuras como pomos de ouro, símbolos das relíquias da morte, e adornar com eles.

Nesse link do Pinterest tem várias ideias de decorações legais para se inspirar: clique aqui!

Nível: Resgate o Hipogrifo

Item: Varinha mágica

Materiais: palitos de churrasco, cola quente e tintas variadas ou esmaltes de unha velhos.

Não é tão difícil vai! Imaginem que eu sou o Dumbledore e estou aqui dando “a letra” pra vocês, basta seguir que não tem como errar. Assim como Mione e Harry vocês vão deslisar, mas tudo bem, esse é o tipo de DIY que só você vai saber se algo der errado, porque só você mesmo vai ver o erro enquanto ele ainda não faz parte do passado.

A ideia é pegar o palito de churrasco (você pode usar hashis ou fazer canudinhos de revista ou jornal também!) e desenhar ao redor dele com a cola quente (pode modelar com durepoxi se você tiver!), com cuidado para não queimar os dedos kkk. Acho legal pegar uma foto de varinhas no google para você se inspirar no padrão que elas seguem se estiver em dúvida. Depois de a cola seca e fria, pegue esmaltes escuros ou tintas escuras, como marrons, verdes, preto, misture cores, HORA DE SER FELIZ! E vá pintando elas. Mesclar tons de marrom para parecer uma madeira natural, ou incluir algo dourado para dar um charme pode ficar bem legal! Hora de criar a sua próprias varinha, que tal?

Nesse link do Pinterest tem várias ideias varinhas para se inspirar: clique aqui!

Nível: Patrono Corpóreo

Item: Velas flutuantes do grande salão

Materiais: papel cartão, ou rolinhos de papel higiênico, fio de nylon, cola quente, tinta branca e luzinhas que imitam fogo.

Achou que conjurar um patrono corpóreo era moleza, né? Para ter na sua casa as velas flutuantes do Grande Salão (imagina acima da mesa de jantar que legal?), vai ser um pouquinho mais complicado, porém nada que não seja possível com a concentração certa. Primeiro defina a quantidade de velas que você vai querer ter, dependendo do espaço onde você vai pendurá-las, definido isso, pegue os rolinhos de papel cartão ou de papel higiênico e desenhe neles com cola quente a cera da vela escorrendo, como se as velas estivesse derretendo. Deixe secar e depois pinte de branco. O legal do rolinho de papel higiênico é que o tipo de papel do qual ele é feito absorve um pouco a tinta por ser poroso então ele não fica branco bem chapado, fica um branco meio “sujinho” o que contribui bastante pro visual queimado das velas. Depois da pintura seca cole, com cola quente, dentro de cada rolinho uma “velinha” fake, daquelas que achamos em lojinhas de 1,99, ou em sites como aliexpress bem baratinhas. Você pode fazer com um led de árvore de natal com cor “quente” também, assim você consegue apagar e acender todos ao mesmo tempo, só vai ter o fiozinho aparecendo rs. Feito isso, prenda cada rolinho em um barbante de nylon e fixe no teto. Como é bem leve, você pode usar a própria cola quente (que vai estragar a pintura do teto rs) ou usar fitas dupla face como as transparentes da 3M ou aquela massinha usada na fotografia para fixar os objetos no lugar. Vai do que você tiver em casa. Distribua de forma meio não regrada, tanto na largura quanto na altura, para parecer que elas estão se mexendo e corte alguns rolinhos para ficarem mais curtos representando velas mais queimadas eeee TCHARAM! Grande Salão em casa!

Nesse link do Pinterest tem várias inspirações de ambientes decorados com as velas: clique aqui!

E aí, marque seu livro com o seu marcador, pegue sua varinha personalizada, acendas as luzes do Grande Salão, pegue a pipoca e dê o play, que é hora de maratonar Harry Potter sim!!! Se quiser compartilhar com a gente os seus DIY’s, posta no instagram com a #PausaParaNerdices que a gente vai adorar ver e os mais criativos vamos compartilhar lá! 😉

Fiquem bem, #FiquemEmCasa, boa sorte à todos e até a próxima! 

Beijos!

Já imaginou a Cinderela deixar o braço de vidro cair ao invés do sapato? Esse é o cosplay mais inspirador que você verá hojeMandy Pursley é uma cosplayer com braço prostático e costurou sozinha – por meses – sua própria fantasia de Cinderela. Ela conseguiu ajuda para fazer um braço de vidro e sua intenção é inspirar crianças com deficiências. Em sua página ela postou a seguinte mensagem:

“Todo esse projeto foi feito com muito amor. Quando minha filha estudava as histórias da Cinderela na escola no ano passado; percebi que, embora houvesse tantas histórias bonitas em todo o mundo, ainda não havia princesas que se parecessem comigo! Quando eu crescia com uma diferença física, nunca via garotas como eu representadas na mídia. Então demorei muito tempo para perceber que o que nos faz diferentes também pode ser o que nos torna fortes, bonitas e únicas .

Este traje é dedicado a todas as meninas que aprendem a navegar no mundo com suas “barbatanas da sorte” ou outros desafios. Espero que você saiba que você é linda, e que você é IMPARÁVEL!!! Escreva sua própria história e seja seu próprio tipo de princesa.”

Algumas fotos do ensaio da Cinderela

Ela fez o ensaio com o seu marido – e príncipe encantado – Ryan Pursley. Essa Cinderela não é linda?

 

Fonte: Garotas Geeks

 

 

Uma artista japonesa já! Ariduka55 ou Monokubo (sua identidade virtual) cria ilustrações incríveis em que os animais gigantes vivem ao lado dos humanos.

Monokubo criou um mundo em que humanos vivem entre animais gigantes Monokubo criou um mundo em que humanos vivem entre animais gigantes Monokubo criou um mundo em que humanos vivem entre animais gigantes

UM POUQUINHO SOBRE A ARTISTA

Monokubo é uma desenhista de 24 anos apaixonada pelos filmes do Studio Ghibli. Sua ideia de ilustrar animais gigantes surgiu depois de assistir ao filmes. Suas inspirações surgiram depois de ver “Princesa Mononoke” e “Meu Vizinho Totoro“. Monokubo diz que sempre gostou de desenhar figuras com esse estilo. Mas é claro que a arista se inspira em outros trabalhos; ela usa paisagens naturais e também se inspira em outros ilustradores – a artista gosta do trabalho de Piotr Jabłoński.

Imagina poder fazer seu pet de travesseiro sem machucá-lo? Olhando o trabalho da Monokubo podemos notar que grande parte das suas ilustrações retratam animais fofinhos. Vemos muitos gatos, cachorros, pandas e até coelhos. O trabalho dela é lindo e você pode conferir mais ilustrações em suas redes sociais TumblrPixi e até mesmo na Amazon