Escolhidos para você

5 posts encontrados na tag Yoshi

Olá pausadores, hoje falarei de Yoshi, Mario Tennis Aces e Mortal Kombat 11, que são as novidades da Nintendo esta semana. Uma pauta bem variada com informações direto do twitter oficial da Big N.

Yoshi

Enfim, chegou o dia. Yoshi’s Crafted World finalmente chegou ao Nintendo Switch e você pode comprá-lo e baixá-lo no e-shop. Entretanto as mídias físicas ainda não chegaram por aqui, isso só porque a arte da box ficou muito bonita. Para quem é fã e adora ter a mídia física compensa hein! Mas mesmo assim, ainda irá levar alguns dias para receber.

Como já disse em post anterior, a jogabilidade do game está muito boa e fluídica, diria que está bem intuitiva. Certamente você irá se lembrar do Yoshi’s Story, se caso o tenha jogado no Nintendo 64, se assemelha muito a ele. Yoshi e os demais terão de recuperar as jóias dos sonhos, passando ppor aventuras em diversos mundos, na “frente e no verso”. Então corre lá para conferir.

Kamek

Aproveitando a chegada de Yoshi’s Crafted World, o jogo Mario Tennis Aces trará em abril um novo personagem jogável. Trata-se de Kamek, a koopa troopa mágica, e comumente vilã nos jogos do Yoshi. Sem dúvida uma boa jogada de marketing para fazer o Mario Tennis Aces ganhar um UP na onda do jogo do Yoshi.

A jogada especial de Kamek se configura no uso de sua magia para ficar gigante. Isso é semelhante ao que acontece nos bosses do jogo Yoshi’s Island. Pois que acabou se tornando uma boa referência.

 

Motal Kombat 11

Esta semana também rolou um demonstrativo de Mortal Kombat 11 rodando no Nintendo Switch, isto aconteceu no evento PAXEast, que se passa em Boston/USA. Sendo assim, os visitantes puderam conferir em primeira mão um pouquinho mais do retorno do Mortal Kombat a um console da Big N.

Além disto, tivemos um novo trailer do game liberado esta semana que apresentou-nos Noob Saibot. O ninja das sombras está de volta, com um visual incrível que lembra um reaper, ou em outras palavras a morte. Inclusive, seus clássicos move set utilizando-se de sua sombra estão confirmados, o uso de portal das sombras também. Ficou realmente badass.

Olá pausadores, tivemos uma Nintendo Direct com muitas surpresas boas na noite passada e venho comentá-las agora com vocês. Foram 35 minutos de anúncios ( e que anúncios!) para Nintendo Switch. Diversos jogos foram anunciados e mostrados, inclusive com cenas curtas de gameplay.

Destaques

Dentre os principais jogos, Super Mario Maker 2 foi logo de cara mostrado, apresentando um novo layout de edição de fases. Diversos estilos de jogos do Mario, como de costume e previsão de lançamento para Junho de 2019. Enquanto que para quem gosta de puzzles, com temática simples, Box Boy + Box Girl foi anunciado pra Abril.

Super Smash Bros Ultimate desta vez não foi destaque. Tivemos apenas um vislumbre de Joker, o próximo personagem via DLC. E o aviso de que teremos novas funcionalidades, mas tudo muito bem escondido, até abril, quando chega a update  3.0. E o mesmo vale para Captain Toad, que receberá conteúdo grátis e DLC para para o game já lançado ano passado, com novas fases e modo co-op. Na mesma linha, Starlink: Battle for Atlas trará um update com o resto da turma de Starfox.

RPG

Seguimos então com Bloodstained: Ritual of The Night, um game metroidvania com belos gráficos estilo sidescrolling, chegando no próximo inverno. Entramos então no mundo de Dragon Quest e dois games RPG de alto nível que chegarão ao Nintendo Switch. Era um dos mais aguardados para a direct e confirmou as expectativas dos jogadores. Dragon Quest XI: Echoes of an Elusive Ages – definitive edition S vem com um mundo amplo a se explorar, batalhas não randômicas e lindos gráficos ao estilo anime. Disponível nessa primavera.

Agora vamos falar do dino mais amado dos games, Yoshi. Yoshi’s Crafted World trouxe mais informações do jogo e uma demo já disponível. Fui logo baixar e o game está muito bom, me trouxe boas memórias do antigo jogo de SNES. As funcionalidades são bem intuitivas e o cenário conta com diversas coisas secretas, tornando o jogo mais desafiador. Teremos batalhas com bosses e itens a obter através de moedas no jogo. Irá agradar aos novos e antigos gamers.

Fire Emblem

Fire Emblem, que havia sido anunciado para a direct, trouxe uma ampla explanação sobre a história do próximo game. Você inicia como um filho de mercenário, que deixa a gangue para seguir seu próprio caminho. Chegando assim a um monastério que fica localizado no meio do reino, o qual é dividido em 3 regiões dominantes. No monastério ficará responsável por educar e direcionar os estudantes para as casas, que são associadas aos reinos dominantes. Conflitos e alianças estarão em jogo e você terá de lidar com tudo isso e ainda seguir sua própria jornada.

Enfim, tivemos um anúncio próprio para quem tem a conta Nintendo online. Se você for membro do Nintendo online poderá baixar e jogar a mais nova versão de Tetris: Tetris 99. Nele, 99 players se enfrentam simultaneamente, atacando uns aos outros, tentando sobreviver e ser o grande vencedor. Praticamente um Battle Royale de Tetris. E como isso vicia, gente. Você não quer parar até conseguir ser o vencedor.

E mais outro game muito aguardado também teve um pouco de gameplay seguido de demo liberada: Daemon X Machina. O game que utiliza mechas se mostra muito rápido em suas batalhas contra robôs gigantescos e com gráficos cartunescos em cores vivas. Infelizmente ainda não recebeu uma data de lançamento, exceto que é para este ano.

Mas vamos falar de jogo realista.

Muito se fala das capacidades do Nintendo Switch. Mas nesta direct nos foram mostrados GRID Autosport e Hellblade. Ambos estão aparentemente muito lindos na reprodução do game, com imagens de encher os olhos. Principalmente Hellblade, que já ganhou diversos prêmios devido sua qualidade enquanto game. As texturas e luzes estão de fato muito lindas para o Nintendo Switch, e isso mostra que o console tem um potencial real e capaz de rodar muitos outros games. Inclusive, Assassin’s Creed III e Mortal Kombat 11 estão confirmados para o console.

Agora as cerejas do bolo

Para finalizar, a Nintendo trouxe Astral Chain. Um belíssimo e ainda desconhecido jogo carregado de tecnologia e energia astral, voice acting, gráficos de anime, uma equipe de produção de peso nesse novo game de ação que chegará ao final de Agosto.

E por último, mas não menos importante: The Legend of Zelda – Link’s Awakening. O jogo de gameboy chegará ao Switch com um layout 3D todo remodelado, cenas animadas e uma trilha sonora incrível que aparenta ser de fato orquestrada. Só de ver foi de arrepiar e de ouvir a Ballad of The Windfish já comecei a chorar. Um dos primeiros Zeldas que joguei. É muita nostalgia. Esperando ansiosamente o lançamento para ainda este ano.

E aí pessoal, como vão? Ontem rolou a primeira Nintendo Direct do ano e vou falar um pouco sobre Yoshi’s Crafted World, a nova aventura do dino mais carismático dos games. É claro que a direct trouxe mais informações do que apenas este jogo, porém eu considerei a mesma muito fraca. Todavia, vou focar no game do Yoshi.

Antes de mais nada, já aviso que novos jogos de NES serão incluídos no mês de Janeiro para quem é assinante do Nintendo Online. Blaster Master e Zelda 2 – The Adventure of Link são os escolhidos da vez. Enquanto que para 3DS o jogo Kirby’s Extra Epic Yarn também foi mostrado.

Mas voltemos ao assunto principal. Yoshi’s Crafted World é o mais novo game do dino da Nintendo para Nintendo Switch. Com data prevista para 29 de março, o jogo será lançado em três versões no Japão, sendo elas com jogo na caixa, digital, ou caixa com código de download.

A história

O jogo traz uma história semelhante às dos jogos anteriores do Yoshi. Somos apresentados à terra dos Yoshis, ou melhor, à Ilha dos Yoshis. Ela está um tanto quanto diferente. Agora é feira todinha de papel recortado. Os Yoshis vivem felizes e no tomo da montanha mais alta está a Sundream Stone.

Segundo a lenda, esta mesma pedra tem o poder de transformar os sonhos em realidade. E claro que isso não iria passar desapercebido por Kamek e Baby Bowser, que resolveu tenta roubá-la. O Yoshis tentam impedir a todo custo, porém, em meio à confusão, todo mundo é arremessado para longe, bem como as jóias da Sundream Stone.

E assim começa a aventura para recuperar todas as gemas e levar novamente a pedra para a ilha dos Yoshis. A premissa é um tanto quanto simples, é um total de 5 jóias a se recuperar e o jogo é bem trabalhado graficamente (inclusive muito colorido). Irá permitir um modo de jogo co-op para você curtir e se aventurar nas ilhas com quem quiser. E ainda traz novamente o dino mais carismático dos games de volta aos holofotes.

Espero que seja um jogo com desafios relevantes, pois sinto muito a falta disso nos games do Yoshi já há anos. É aguardar para ver.