Escolhidos para você

3 posts encontrados na tag Toei Animation

E aí pausadores, vamos falar de Saintia Sho – As cavaleiras de Athena? Eu finalmente pude assistir aos três primeiros episódios desse novo anime de Cavaleiros do Zodíaco, que trás agora as Saintias como destaque. Mas o que são saintias? São as cavaleiras que acompanham a Deusa Athena. Ou seja, podemos encarar como a guarda pessoal de Athena. Em outras palavras, os cavaleiros seriam responsáveis pela proteção do santuário e consequentemente de Athena. Já as saintias protegem exclusivamente a Deusa.

Saintia Sho é considerado um spin-off de Saint Seiya. O mangá surgiu em 2013 e este ano os episódios adaptados do anime foram ao ar. E devo dizer que gostei logo de cara do trabalho que fizeram e também estou gostando bastante da história em si. Pois, apesar de ser um spin-off, Saintia Sho aparentemente se passa pouco antes da Guerra Galáctica. Portanto, poderemos ver em cena os clássicos cavaleiros, sejam eles de bronze, prata ou ouro.

Falando em cavaleiros de ouro, destaque aqui para Miro de Escorpião. Ele terá um papel relevante na história (quem já leu não vale contar, hein). Mas vamos falar sobre Shoko e Kyoko, as irmãs “amaldiçoadas” pelo destino. Shoko, a mais nova, deveria se tornar a hospedeira de Éris, entretanto, graças à irmã isso não ocorre. A partir daí, ambas treinam para ficar mais forte, porém, apenas Kyoko obteve conhecimento de luta de cavaleira de Athena.

Shoko, por sua vez, levou uma vida treino comum enquanto a irmã estava longe. Apenas quando as coisas começam a complicar é que elas se reencontram. Shoko então toma conhecimento sobre esse mundo das batalhas divinas e seu cosmo emerge.

Opinião

Acho muito interessante ver como elas se assemelham a Ikki e Shun e também ao seus ataques serem parecidos com de Seiya de Pégasus, devido à sua constelação. Mas fora esses detalhes, o trabalho e a história estão atrativas e prendem sua atenção, os fatos se sucedem e você não pode se distrair. Todavia, o que mais me agradou ainda é ver essa história de Saintias e sua força na proteção de Athena.

Saint Seiya é marcado por uma massiva presença de cavaleiros e algumas poucas amazonas e cavaleiras, sem contar as Deusas. E agora ver nas telas a Saintias como destaque é muito satisfatório. E cai perfeitamente em paralelo com a história clássica, dando aquela pitada de nostalgia. É como se houvesse uma história escondida ali todo esse tempo, e nós não vimos aquilo acontecer.

Estou ansioso para ver o aparecimento das demais Saintias e o desenvolvimento de uma Athena ainda imatura e sem conhecimento do seu real cosmo e seu poder. Além disso, o envolvimento dos personagens clássicos com toda essa história.

Então deem uma olhada no anime, eu recomendo e vale a pena.

E aí pessoal, tudo bem? Dragon Ball Super – Broly está sensacional. Fomos conferir em primeira mão pela Fox Films do Brasil o mais novo longa de Goku e seus amigos, que desta vez enfrentarão Broly, o lendário saiyajin. Entretanto, veja abaixo o que achamos dessa nova animação e do que ela promete para a saga Dragon Ball.

Sobre o filme

Bom, vamos começar pelo começo, é claro. Em Dragon Ball Super – Broly temos uma história de origem dos saiyajins e do próprio Broly. Inclusive é muito importante para compreender o que ele se tornou no presente. O que por sinal não é ruim, usaram de um tempo coerente e de uma fórmula muito boa para incluir essa parte da história, inclusive no próprio anime em episódios. Algo que até então não havia visto nos demais filmes onde Broly está presente.

Considerando isso, o filme se passa logo após o torneio do poder, apresenta um pouco de nostalgia nas suas cenas e reformula alguns episódios do passado, à época do planeta Vegeta. Eu diria até que arruma alguns fatos, por assim dizer.

Sendo assim, o que nos apresentam é um Broly que foi totalmente criado apenas por vingança e desejo de luta e morte. Entretanto, os desejos são impostos a ele. Broly não é assim por natureza. No meu ver, este “novo” Broly, apesar de ser fenomenal e incrível na arte da luta e das batalhas, o seu desejo não é estar envolvido nelas. E isso para quem conhece muito bem os filmes de Dragon Ball vai bem para o lado oposto do que ele era.

Ainda devo ressaltar que fui surpreendido com as cenas de batalhas. As mesmas foram muito bem  laboradas e pensadas, apesar de super rápidas e já estar acostumado ao estilo do anime. Até eu fiquei meio perdido no meio delas, tentando acompanhar. Independente disso, você fica preso ao que se passa na tela, não tem como tirar os olhos dela, nem por um instante.

Para se pensar

E o filme ainda é capaz de surpreender ainda mais, portanto eu digo, vale a pena ir no cinema e assistir. Tanto que o roteiro está conciso e bem elaborado; já consigo até imaginar onde isso vai parar, ou melhor, “não vai parar”. Mas enfim, dessa vez temos até assuntos muito delicados sendo mostrados em cena. Assuntos que hoje estão muito em pauta nas mídias e gostei bastante dessa atenção vinda da equipe de produção.

 

O auge da animação fica por conta da fusão de Goku e Vegeta, levando ao aparecimento de Gogeta. E ainda tem cenas que só fizeram os fãs ficarem em alvoroço e querer ainda mais. Porém, não vou contar nada além disso.

Momento inesperado

Além de todo o filme do Dragon Ball Super – Broly, tivemos a grande e boa surpresa: a presença de alguns dubladores do anime. Dentre eles estavam: Wendel Bezerra, que dubla o Goku; Alfredo Rollo, que dubla o Vegeta; e a Tânia Gaidarji, que dubla a Bulma.

Foi muito legal ter a presença deles por lá e poder conversar com os mesmos logo depois da sessão. Um agradecimento especial à equipe de produção e aos dubladores que proporcionaram esse momento aos fãs e ao pessoal da imprensa que lá estavam.

E fora isso, ainda tivemos acesso à cenas exclusivas de Alita – Anjo de Batalha que estreia em fevereiro nos cinemas. Tendo como um dos produtores o cineasta James Cameron, de Avatar e Titanic, esse filme promete, viu! As cenas de interação de uma personagem em CGI com atores reais e cenários reais estão belíssimas. Com certeza estarei lá para conferir essa produção.

 

Semana passada tivemos a confirmação de que o elenco de dublagem da fase clássica de Cavaleiros do Zodíaco estará de volta em “A Lenda do Santuário” – que eu falei aqui nesse post – e hoje a Toei Animation divulgou um novo trailer da animação.

cavaleiros

O vídeo é bem curto e mostra algumas cenas inéditas até então, como o capacete da armadura de Pégasus se transformando em uma máscara e o fodástico Hyoga disparando um Pó de Diamante!! Confiram:

Ah, sim, também tem uma cena mostrando que apesar do tom mais pesado do longa, ele ainda terá cenas engraçadas! xP

Hyoga

“Cavaleiros do Zodíaco: A Lenda do Santuário” estreia no Brasil em 11 de Setembro de 2014.

Mais alguém extremamente ansioso? xP