Escolhidos para você

1 post encontrado na tag textão

A gente achou que teria que esperar até agosto para saber novidades sobre os live actions de Mulan e A Pequena Sereia, mas não precisou. Essa semana vazaram algumas informações sobre a produção de Mulan e, hoje, a Disney confirmou o elenco de A Pequena Sereia. Vem saber tudo tintim por tintim!

MULAN

Logo quando o filme foi anunciado, havia sido noticiado que não seria um musical. Depois de muitas críticas, voltaram atrás na decisão. O longa terá, sim, as músicas da animação, porém, ao que parece, elas não serão cantadas pelo elenco. Outra novidade é que Mushu será uma fênix e Mulan terá uma irmã mais nova. Isso me faz pensar que, talvez, essa irmã substitua o cãozinho de Mulan, que na animação se chama Irmãozinho. O live chega aos cinemas já no ano que vem.

A PEQUENA SEREIA

Finalmente o elenco foi confirmadíssimo pelo Instagram – logo hoje que todas as redes sociais do Mark Zuckerberg estão instáveis, mas tudo bem. Preparem-se para conhecer a nova Ariel, Halle Bailey. Ouçam essa voz!!!

Halle tem apenas 19 aninhos, o que a torna a princesa mais jovem dos live-actions. Ela é famosa nos Estados Unidos por fazer parte da dupla musical Chloe X Halle, junto com sua irmã (que, inclusive, a Disney já podia escalar pra ser uma das irmãs da Ariel também), e também por ter ligação com Rihanna e Beyoncé. Ela já se mostrou super feliz com o papel, postando uma imagem da Ariel negra em seu Instagram.

A vilã Úrsula será interpretada por Melissa McCarthy, já o melhor amigo de Ariel, Linguado, será vivido por Jacob Tremblay, conhecido pela sua interpretação impecável em Extraordinário. A maior mudança, por enquanto, fica por conta do personagem Sabidão, que no live action terá uma versão feminina dublada pela rapper Awkwafina – mas essa não é a sua primeira vez se aventurando no cinema, já tendo participado do filme Oito Mulheres e Um Segredo.

Sim, pelo visto teremos lives indo por caminhos diferentes das animações, tanto em Mulan como em A Pequena Sereia. Mas não devemos ver isso como algo ruim, mesmo porque só conseguimos ter uma opinião formada depois de assistirmos. Vale lembrar que as animações já são clássicos consagrados e nunca vão mudar, elas estarão ali do jeitinho que sempre foram quando a gente sentir saudade. Os live actions, apesar de serem baseados nesses clássicos, são releituras e devem ser vistos como produções completamente novas, a mesma história sendo contada de forma diferente. Imaginem se fossem seguir tudo igualzinho, seria muito previsível, né?! A Disney já mostrou que esses lives todos servem para atualizar as narrativas com um olhar mais contemporâneo, e isso é ótimo, nos trazendo personagens femininas mais fortes e empoderadas. Quantas vezes a história de Cinderella, por exemplo, já foi contada, não é mesmo?! E falando nela… Lilly James, a Cinderella do live action da Disney, não se assemelha fisicamente com a personagem do desenho e fez um excelente trabalho. Ou seja, não vamos julgar antes de assistir!

Sobre a Ariel sendo negra, também merece textão! Pra começar, Ariel não tem etnia. O filme é da Disney e baseado em sua adaptação animada, e nela não é especificado o país em que se passa, apesar do autor do conto original ser da Dinamarca e considerarem que ela é de lá também. Porém, estamos falando da adaptação da Disney que é bem diferente (inclusive, o cabelo vermelho é invenção deles, já que no conto isso também não é especificado). Outro ponto é que a etnia da personagem não influencia na história. Se ela tiver pele azul e cabelo roxo não vai mudar em nada, diferente se mudassem a etnia da Mulan ou do Pantera Negra, por exemplo. Ela é uma sereia (!) de um lugar fictício (!), pode ser ruiva com irmãs loiras e um pai negro e ninguém pode questionar porque ninguém é conhecedor da genética das sereias, rs. Ter uma Ariel negra no live action não descaracteriza a personagem do desenho. Afinal, o que uma atriz deve ter para “se parecer” com a Ariel? Apenas os traços mais marcantes, que são o cabelo vermelho e a cauda verde. Se parecer fielmente com um desenho é impossível e caricato, e nem a Disney se importa com isso. Cor da pele, nesse caso, é só um detalhe. A única coisa que a gente faz questão é um live tão memorável quanto a animação!!!