Escolhidos para você

4 posts encontrados na tag super smash bros ultimate

Olá pausadores, finalmente chegou a vez do lutador improvável – Piranha Plant está no Smash Bros Ultimate. Ela chegou nesta semana e já se mostra um personagem muito carismático e forte. Inclusive, esperava-se que ela fosse liberada apenas no início de fevereiro, entretanto fomos surpreendidos logo após a atualização 2.0 do jogo ser liberada.

Na verdade, as especulações começaram assim que as informações estava circulando pela Internet. E além da liberação da Piranha Plant, tivemos um patch note de ajustes nos personagens (que não foram todos). Dentre estes, Incineroar e Mii Brawler foram os mais favorecidos, enquanto Ike, Chrom e King K. Rool foram os mais prejudicados.

Piranha Plant

A plantinha mais carismática dos games e que sempre atrapalha o Mario de passar pelos canos possui um bom move set. Vou destacar aqui o seu golpe de retorno para o stage, bem como o seu especial neutro, o qual utiliza-se de uma bola de espinhos. Para quem jogou Super Mario Bros 3 isso é bem nostálgico.

Além disso, outro de seus golpes lança uma pluma venenosa, semelhante ao que fazem em Super Mario Odyssey. Porém, o golpe que mais me agradou foi o que ela se encolhe dentro do próprio vaso e ataca a longa distância, saindo em alta velocidade.

Fora isso, acredite se quiser, ou vendo na imagem, a Piranha Plant tem pés… Sim! Pés! É possível vê-los quando ela corre ou salta, e achei esse detalhe incrível (apesar de um pouco estranho). Já joguei com a Piranha Plant e a ideia é torná-la um personagem de bolso para as lutas. Não exatamente um principal, com o qual jogue muito bem, mas um meio termo.

Fora o update e a liberação da Piranha Plant, que agora só poderá ser obtida mediante compra da DLC, hoje teremos o início de um evento no game. Spirits de Mega Man estarão disponíveis com frequência maior no Spirit Board, incluindo um spirit exclusivo do evento. O mesmo terá duração até segunda, dia 4.

Olá pessoal, tudo bem? Não é de hoje que ocorrem eventos nos jogos do Nintendo Switch. Desde o seu lançamento vem acontecendo muitos deles e cada jogo com seu próprio evento e data. Os mais conhecidos são o Splatfest, de Splatoon; Party Crash, de ARMS, e recentemente eventos de Mario Tennis Aces e agora, Spirit Events de Smash Ultimate.

Mas do que se tratam afinal? Cada um desses eventos tem uma característica diferente. O splatfest, por exemplo, cria dois times com base em escolhas que se opões (katchup X mostarda; futebol X basquete, etc). O jogador seleciona uma das equipes que lhe agrada e batalha em um local específico do evento. Uma vez que participa e acumula XP e pontuações, ao final de 3 dias de evento (geralmente fim de semana), receberá recompensas.

As recompensas costumam ser itens. Algo similar ocorre em Mario Tennis Aces. Onde você participa de torneios e desafios para obter itens também. Entretanto, os eventos de ARMS são para obter uma pontuação, moedas do jogo e insígnias. Estas por sua vez também são específicas do evento, mas podem ser obtidas depois em outro evento subsequente.

E mais recentemente temos os Spirit Events, de Super Smash Bros Ultimate. Neste evento que ocorre também por 3 dias, aos finais de semana, um grupo de spirits (cards) são selecionados e aparecerão com maior frequência. Alguns deles são exclusivos do evento e só aparecerão nesses dias, logo, é preciso ficar atento e tentar libertá-los; podendo assim utilizar suas habilidades depois nas lutas.

Todavia, você pode libertar em sequência os spirits do evento até que apareça o que você quer. Como se não fosse suficiente, libertar esses spirits lhe garante também maiores recompensas, como moedas e pontos de spirit.

Por fim

É uma maneira muito comum de manter os jogos ativos. Uma vez que a Nintendo não tem um modo de conquistas similar ao das concorrentes em seus jogos, ao menos isto permite e incentiva os jogadores a manter o game em movimento. No meu ver é uma maneira válida de manter o produto e ainda a interatividade com o público. Entretanto, espero que isso sirva para otimizar os processos e levar outros novos eventos e quem sabe incluir depois o sistema de conquistas.

Aliás, hoje está acontecendo Spirit Event no Smash e Party Crash no ARMS.

E aí pessoal, Super Smash Bros. Ultimate foi lançado e esta semana consegui comprar minha cópia do jogo. A caixinha está linda demais, e intermante vem um pequeno pôster com todos os personagens presentes no game. Ainda vale dizer que tanto para quem comprou na versão digital como na versão física, até dia 31 de janeiro, você consegue um código para receber o personagem Piranha Plant de graça.

Mas vamos ao jogo. Eu pude conferir pessoalmente, enfim, como que está esta maravilha de jogo. Bem como suas diferenças para a versão anterior. Vale lembrar que a última vez que joguei foi há mais de um ano e meio; e no Nintendo 3DS. Logo, muitas diferenças eu pude notar logo de cara. Veja abaixo!

Novidades no Smash

Esse jogo é replete de coisas para fazer. Para quem prefere um estilo de jogo solo e sem online ele tem bastante conteúdo. O principal exemplo é o Adventure Mode. Eu ainda não consegui testá-lo, pois estava vendo todo o menu e os demais modos de luta. A exemplo disso posso falar sobre o Classic Mode. Neste estilo de partidas, você seleciona um personagem e fará uma sequência determinada de partidas, até chegar no Boss.

Eu fui surpreendido. Pois o classic era uma coisa simples de partidas e com uma dificuldade que você escolhia. Entretanto, agora essa dificuldade aumenta ou diminui de acordo com seu desempenho nas partidas. Você tem apenas 1 vida e cada personagem tem um mini modo história colocada nesse modo de jogo. Muito bom mesmo, pois considerei que isso valorizou demais o jogo.

Outra coisa que chama a atenção é a possibilidade de salvar regras de partidas, facilitando a jogatina com amigos. Inclusive o modo Arena Battle, onde você pode aguardar sua vez assistindo à partida dos amigos. É possível determinar as regras nesse modo também. O online inclusive está de cara nova. Você procura partidas por proximidade de região (o que não me agradou muito) e por pareamento de regras ( o que até onde vi, não funciona muito bem). Coloquei para lutar 1×1 e me jogou numa partida onde eram 4 jogadores, cada um por si e com itens.

Por sua vez, o modo Spirit Board permite uma grande quantidade de partidas até conseguir coletar os spirits, lembrando que alguns apenas se obtém com elevação de nível de spirits já obtidos. Mas de qualquer forma possui desafios, até porque, enfrentar um spirit Legend não é nada fácil.

Conclusão

É um jogo que vale muito a pena, tanto competitivo como diversão entre amigos. Nenhum partida será igual a outra. Ainda que tente colocar as mesmas regras, tudo pode acontecer. E não tem fim. Mesmo que termine o mofo adventure, complete a lista de spirits, ou finalize o classic; haverá muito jogo pela frente… Mais uma vez a Nintendo surpreende e inova em algo que você jurava não ser possível, sem que alterasse demasiadamente a fórmula do jogo. Mas conseguiram!

Super Smash Bros. Ultimate é sim um novo jogo, com características próprias e detalhes únicos. Também possui os maiores números de stage, modos de jogo, personagens e músicas. É simplesmente surreal e eu recomendo fortemente a compra desse game.