Escolhidos para você

5 posts encontrados na tag Smash Bros Ultimate

E aí pessoal, finalmente revelaram a quinta DLC de Super Smash Bros. Ultimate. A expectativa para o anúncio vinha crescendo desde o começo de dezembro. Mas o ano chegou ao fim, virou e somente agora, na segunda semana de janeiro, Mister Sakurai apareceu para anunciar o lutador. As apostas variavam entre Dante, Master Chief, Doom e até Trevis de No More Heroes. Entretanto, o dia do anúncio chegou cheio  de especulações “e aí sim, fomos surpreendidos novamente”! O personagem era nada mais, nada menos que Byleth, de Fire Emblem 3 Houses.

Mais um FE no Smash

Obviamente que a comunidade ficou bastante frustrada com isso. Muitos esperavam um third party para compor o quadro de lutadores, mas não mais um personagem de Fire Emblem. Rapidamente as tags começaram a subir com diversas reclamações. Mais um swordfighter!? Mais um Fire Emblem. Etc, etc, etc.

Contudo, Sakurai apresentou o personagem e ainda mostrou suas funcionalidades e o novo stage. Ao ver os golpes dele, notamos claramente que seu alcance de ataque é muito grande. Um dos maiores do jogo eu diria, sem contar os gunner characters. Byleth fará uso de uma espada, um machado, uma lança e um arco. Cada um correspondendo a um movimento no jogo. Porém, como se não bastasse o longo alcance de suas armas, elas também são muito potentes, sendo capazes de causar muito dano. O knock back também é muito forte, lançando os oponentes bem longe.

Todavia, há um custo para isso, seus ataques possuem grande end lag. Ou seja, você ficará vulnerável a um contra ataque se errar o movimento. Bem como também há alguns movimentos fortes que demoram a ser executados, abrindo brechas para seu oponente. A priori, o gameplay do personagem me agradou e não vejo a hora de testá-lo.

Quem realmente roubou a cena

Apesar do anuncio ser voltado ao personagem novo de Smash Bros., quem realmente roubou a cena na direct foram os Miis. Como sempre, um pack de Mii Costumes é lançado junto de cada direct de personagem do Smash. Desta vez o pack conta com: Mega Man X, Mega Man Battle Network, Altair de Assassin’s Creed, Rabbid e Cup Head. Esta última simplesmente quebrou a Internet. Digo isso porque a Mii costume é praticamente o personagem todo, inclusive as movimentações nos ataques.

Enfim, a previsão lançamento do personagem Byleth está marcada para dia 28 de janeiro. Contará com versão masculina e feminina, bem com variações de cores para cada uma, totalizando 8 skins. Mas ele não será de fato a última DLC. Um novo Fighter Pass já foi confirmado e desta vez serão 6 personagens, que inclusive já foram selecionados e estão em fase de desenvolvimento. Teremos personagens até meados de 2021.

Os amiibos de Dark Samus e Richter foram lançados juntos desta direct, bem como o pack de Mii Costumes. Também na data de lançamento de Byleth já será possível adquirir o Pass e quem comprar antecipadamente ganhará uma Mii Costume do Link usando a Ancient Armor.

E aí, o que acharam do Nintendo Direct e do personagem escolhido?

Estamos a duas semanas do fim do ano. Passou até que bem rápido, não é mesmo? Sendo assim, o quanto você jogou no seu Nintendo Switch este ano? Essa é uma das novidades que o canal oficial da Nintendo no Twitter trouxe esta semana. Com um simples toque você consegue ter um panorama geral de como utilizou seu console e o que andou jogando. Aliás, mais um ano de Nintendo Switch no mercado, que já ultrapassou a marca de vendas do Xbox. E também um 1 ano do melhor jogo de luta de 2019 se completou, e com isso a última DLC de Smash Bros. Ultimate está para ser anunciada em breve.

Horas e mais horas de games

Os donos de Nintendo Switch receberam esta semana um comunicado anunciando que os mesmos poderiam consultar o quanto jogaram em seu console em 2019. Para tanto, é necessário acessar o link do site que elaboraram, acessando-o com sua conta My Nintendo.

Ao entrar neste site você poderá conferir hora por hora de jogo, mês a mês. Além disso, os jogos que mais utilizou e quanto de Gold Points acumulou. Portanto temos informações relevantes que a Nintendo certamente está utilizando para tentar melhorar seus serviços. Espero que isso inclua o online também, pois assim podem melhorá-lo.

Mas das informações disponibilizadas eu achei que a classificação gamer que você recebe é a mais interessante. No meu caso me classificaram como um CORE GAMER. Segundo eles, sou um jogador experiente e habilidoso, que está sempre pronto para um desafio. Com isso eles aproveitam e listam alguns jogos que combinam com está classificação. Você pode acessar as sugestões e comprá-las caso lhe interesse.

Gostei da iniciativa da Nintendo e de fato acho que a classificação que fizeram combinou com meu estilo de jogo. Entretanto, espero que a empresa continue procurando melhorar nossas experiências, busque melhorar também o serviço online oferecido e os jogos gratuitos aos seus assinantes também. Há muito que podem implementar e valorizar ainda mais o console atual e seus games.

Ontem ocorreu o The Game Awards 2019, o evento que premia os melhores dos melhores no mundo dos games. Pode ser dizer que é o Oscar dos video games. E a premiação dura pouco mais de 3 horas, com uma programação praticamente ininterrupta de anúncios de vencedores nas mais diversas categorias.

Entretanto, uma das coisas que mais se espera no TGA são os anúncios e World Premieres. Mas este ano tive uma leve impressão de que os mesmos foram um pouco abaixo do esperado. Não que o que foi mostrado não tenha relevância, mas pela própria reação do público, parece não terem sido tão surpreendentes.

Tivemos alguns momentos marcantes e interessantes durante o evento, bem como a grandiosa participação de alguns expoentes do setor e da orquestra sinfônica que apresenta tema dos principais concorrentes aos prêmios.

Mas vamos logo à lista dos vencedores. Segue abaixo comigo.

Game of the Year (GOTY) – Sekiro

  • Sekiro: Shadows Die Twice(From Software/Activision)

Melhor Direção de Jogo – Death Stranding (Kojima)

  • Death Stranding (Kojima Productions/SIE)

Melhor Narrativa – Disco Elysium

  • Disco Elysium (ZA/UM)

Melhor Direção de Arte – Control

  • Control (Remedy/505)

Melhor Trilha Sonora/Música – Death Stranding

  • Death Stranding (Kojima Productions/SIE)

Melhor Design de Áudio – Call of Duty: Modern Warfare

  • Call of Duty: Modern Warfare (Infinity Ward/Activision)

Melhor Atuação – Mads Mikkelsen como Cliff (Death Stranding)

  • Mads Mikkelsen como Cliff, Death Stranding

Jogos de Impacto (mensagens sociais legais ou impactantes) – Gris

  • Gris(Nomada Studio/Devolver)

Melhor Jogo Contínuo (jogos de serviço) – Fortnite

  • Fortnite (Epic Games)

Melhor Jogo de Ação – Devil May Cry 5

  • Devil May Cry 5(Capcom/Capcom)

Melhor Jogo de Ação e Aventura – Sekiro: Shadows Die Twice

  • Sekiro: Shadows Die Twice(From Software/Activision)

Melhor Jogo de RPG – Disco Elysium

  • Disco Elysium(ZA/UM)

Melhor Jogo de Luta – Super Smash Bros. Ultimate

  • Super Smash Bros. Ultimate(Bandai Namco/Sora/Nintendo)

Melhor Jogo para família – Luigi’s Mansion 3

  • Luigi’s Mansion 3(Next Level Games/Nintendo)

Melhor Jogo de Estratégia – Fire Emblem: Three Houses

  • Fire Emblem: Three Houses(Intelligent Systems/Koei Tecmo/Nintendo)

Melhor Jogo de Esportes/Corrida – Crash Team Racing Nitro-Fueled

  • Crash Team Racing Nitro-Fueled(Beenox/Activision)

Melhor Jogo Multiplayer – Apex Legends

  • Apex Legends(Respawn/EA)

Melhor Jogo Indie com estúdio estreante (primeiro jogo do estúdio) – Disco Elysium

  • ZA/UM por Disco Elysium

Melhor Jogo Indie – Disco Elysium

  • Disco Elysium(ZA/UM)

Melhor Jogo Mobile – Call of Duty: Mobile

  • Call of Duty: Mobile(TiMi Studios/Activision)

Melhor Suporte para Comunidade – Destiny

  • Destiny 2(Bungie)

Melhor Jogo VR/AR – Beat Saber

  • Beat Saber(Beat Games)

Melhor Jogo de Esports – League of Legends

  • League of Legends (Riot Games)

Melhor Jogador de Esports – Bugha

  • Bugha (Fortnite)

Melhor Time de Esports – G2

  • G2 Esports (League of Legends)

Melhor Evento de Esports – League of Legends World Championship 2019

  • League of Legends World Championship 2019

Melhor Técnico de Esports – Zonic

  • Zonic (Astralis – CS:GO)

Melhor Host de Esports – Sjokz

  • Sjokz

Criador de Conteúdo do Ano – Shroud

  • Shroud

 

Surpreendentemente, quem levou o GOTY 2019 foi Sekiro. Um jogo que nem sequer estava sendo cotado pelos críticos e que também levou o prêmio de melhor game de ação/aventura. Entretanto, nem Desth Stranding que levou melhor direção e melhor trilha sonora conseguiu se sobressair ao final, nem Smash Bros. Ultimate como o melhor JOGO DE LUTA também conseguiu desbancar o posto de Sekiro.

Mas gostaria de chamar a atenção para Gris, que levou o prêmio de melhor jogo de impacto. De fato, quando este jogo foi lançado, fiquei realmente impactado pelos gráficos, pela arte e cuidado ao produzi-lo e acima de tudo pelo seu conteúdo e história. Com uma atmosfera melancólica e intrigante, nos sentimos dentro da pele e emoções da protagonista, que tenta superar seus traumas. O que esse game tem de muito diferente das nossas vidas, não é?

O outro game foi Disco Elysium. É um jogo escrito e projetado pelo romancista estoniano Robert Kurvitz e já foi criticado como um dos melhores games de RPG já elaborados até então. E teve Helen Hindpere como escritora dos diálogos dos personagens e enredo da história, a qual também recebeu os prêmios no palco, junto de seus colegas de trabalho.

Agora, é aguardar o que 2020 nos reserva no mundo dos games para o próximo The Game Awards.