Escolhidos para você

48 posts encontrados na tag Nintendo

Mais uma vez o Game of The Year (GOTY) começou com tudo em 2018, já trazendo algumas World Premiere antes mesmo da abertura oficial. Uma delas foi do game Savage Planet, que me deixou intrigado, pois parece mais um game de mundo aberto, com diversas possibilidades. Outra novidade foi a continuação de Farcry.

E algumas premiações foram rapidamente feitas em meio desta pré-abertura, agilizando mais uma vez o processo ao declarar as categorias de importância secundária. Se assim podemos dizer. Muito também se falava da possibilidade de haver um trailer do tão esperado Metroid 4, da Nintendo, e… nada! Entretanto, liberaram o teaser da primeira DLC de Super Smash Bros. Ultimate, apresentando Joker, de Persona 5, como primeira expansão do jogo. Ainda tivemos anúncio da DLC de Rocket League, trazendo a Mc Laren 570S num pack já disponível.

Outro momento que chamou a atenção foi a presença de Hans Zimmer junto à orquestra do evento. A mesma tocou diversos temas de jogos mais recentes e aclamados pela crítica. Assim como também a presença simultânea no palco dos representantes da Nintendo, Sony e Microsoft, que trouxeram um recado para a comunidade gamer, bem como a indústria.

O que teremos de novo?

Tivemos ainda diversas World Premiere, como se vê na lista abaixo. Com destaque para Mortal Kombat 11, que chega em Abril de 2019 com lançamento global. Abaixo segue a lista das World Premiere.

  • Marvel ultimate alliance 3 – Black Order (exclusivo Nintendo Switch);
  •  Farcry New Dawn;
  •  Hades;
  •  Ancestors  The Human odyssey  (sobrevivencia mundo aberto);
  •  Scavangers;
  •  Obsidian;
  •  Dauntless;
  • The Dread Wolf Rises;
  •  The Pathless;
  • Stranger Things 3;
  • Mortal Kombat 11 (todas as plataformas);
  • Psychonauts 2;
  • Fortnite – The Block (dentro do jogo)
  • Rage 2

 

Vencedores do GOTY 2018

  • Melhor narrativa >>> Red dead Redemption 2
  • Melhor performance >>> Roger Clark  (Red dead redemption 2)
  • Melhor trilha sonora / música >>> Red Dead Redemption 2
  • Melhor áudio design >>> Red Dead Redemption 2
  • Melhor atuação >>>Roger Clark como Arthur Morgan, Red Dead Redemption II
  • Melhor arte de direção > >> Return of the obra dinn
  • Melhor jogo mobile >>> Florence
  • Melhor jogo de esports >>> Overwatch
  • Melhor jogo com impacto social >>> Celeste
  • Melhor VR / AR >>> ASTRO BOT – Rescue mission
  • Melhor jogo de ação >>> Dead Cells
  • Melhor jogo de ação/aventura >>> God of War
  • Melhor RPG >>> Monster Hunter: World
  • Melhor direção de Arte >>> Return of the Obra Dinn
  • Melhor jogo indie >>>The messenger
  • Melhor jogo de luta >>> Drogon Ball Fighter Z
  • melhor jogo família >>> Overcooking 2
  • Melhor jogo de estratégia >>> Into The Breach
  • Melhor jogo independente >>> Celeste
  • Melhor jogo criado por estudante >>> RE: Charge
  • Personalidade dos games >>> Ninja
  • Melhor jogo de esporte / corrida >>> Forza Horizon 4
  • Melhor direção de Jogo >>> God of War
  • Melhor jogo em andamento >>> Fortnite
  • Melhor jogo Multiplayer >>> Fortnite
  • Melhor jogo do Ano >>> Gog of War

É isso aí pessoal, esse foio GOTY 2018. O que acharam das escolhas? Deixa aí nos comentários.

E aí pausadores, tudo bem? O jogo do Super Mario Odyssey do Nintendo Switch continua com a sua jornada, mesmo depois de mais de um ano após seu lançamento. Os produtores do game tem reinventado diversas coisas para que os jogadores não se cansem de andar com o bigodudo por todos os mundos do jogo.

De início, a maior atualização foi o jogo de estourar balões apresentado por ninguém mais, ninguém menos que Luigi, irmão de Mario. No qual o jogador pode esconder um balão e também procurar e estourar os balões de qualquer jogador do mundo todo. A recompensa? Moedas e mais moedas para fazer compras nos shops que estão presentes em cada mundo.  E como as roupas custam bastante moedas, temos aí um ciclo que ajuda a manter a jogatina.

Novos trajes

Após esse período, de tempos em tempos, a Nintendo insere novos trajes para o nosso herói. Fora que, logo depois de finalizar o último boss, várias roupas já eram então liberadas para compra. Mas ao longo dos últimos meses outras mais foram colocadas para os jogadores. A exemplo disso, temos as roupas dos coelhos que tentam ajudar Bowser. Uma delas é a roupa da coelha Hariet. Sim, Mario usa o vestido e o chapéu dela. E fica muito engraçado.

Outras roupas bem legais que já estavam presentes são a do Super Mario 64, onde ele fica todo poligonal. O Mario com vestido de noiva, que rende ótimas fotos. Mario esqueleto, que… de fato é um esqueleto com bigode e tudo. Mario cavaleiro medieval. Mario samurai. Mario palhaço. E muitas outras! Recentemente saíram as roupas do Mario zumbi e do Papai Noel Mario. Essa última vem até com barba.

Mas a que achei mais inusitada até então foi a do Mario 8-bits. Isso mesmo, um Mario 3D com aparência dele na versão 8 bits lá da época do NES.  Só lamento ele não ter movimentação e manter-se sempre com a mesma forma. Estática! Entretanto, isso proporciona umas cenas muito cômicas e rende mais boas fotos para postar depois.

E pra finalizar, ainda é possível caçar um bônus escondido. A Nintendo libera tanto na sua conta oficial no Twitter como na área de canais do Switch uma “hint image”. Essa imagem mostra onde estaria escondido esse bônus de moedas em algum dos cenários. E com as poucas informações o jogador tem de ir atrás dele. Claro, assim você entra no jogo e quando perceber, passaram-se algumas horas.

E aí, vocês já jogaram o Super Mario Odyssey? O que acham do game?

Fala galera, tudo bem? Esta semana o jogo Warframe aterrissou no Nintendo Switch e veio com tudo, praticamente. Warframe é um jogo com visual cyberpunk que mescla elementos de RPG (rolling playing game) e FPS (first person shoter). Eu, pra variar, mal conhecia de nome. Então, resolvi baixar os 12 Gb do jogo para ver do que se tratava e fiquei espantado com o Switch rodando este game da Panic Button.

Como está o game?!

O visual é muito bonito, os feixes de luz, ambientação e sonoridade dos locais, a fluidez dos gráficos e as distorções causadas pelos movimentos e comandos do personagem me deixaram surpreso com a qualidade. Até então eu não estava com nenhum jogo desse nível no meu console. Há todo um cuidado e detalhamento nas ações e expressões corporais do personagem. Visto que você ainda pode escolher 1 dentre 3 diferentes seres para começar.

Selecionei Excalibur, que mescla elemento surpresa com agilidade de combate corpo a corpo e uso de armas. Os comandos são bem intuitivos e fluem conforme as batalhas acontecem. Entretanto, para quem não está acostumado, é muito fácil se perder com a câmera. Ela se move muito rápido na configuração padrão. Assim, recomendo ajustar as opções no menu.

Warframe possui ainda vários modos de jogo e MODs para otimizar personagem e armas, bem como habilidades. Esta parte realmente me deixou confuso. São muitas opções, condições e regras de uso. O fator RPG pesa bastante aqui.  Fora isso, ainda estão presentes elementos de modificação de skin e cores. Claro, boa parte deles são pagos e outra você adquiri jogando mesmo. Também é possível jogar em co-op com amigos. E ainda há modos de equipes contra equipes para deixar as coisas mais acirradas.

Conclusão

Portanto, não faltam possibilidades de gameplay no Warframe, desde o mais casual até o mais hardcore gamer. Ainda estou tentando jogar com meus amigos do Switch para ver como que fica a estabilidade durante as partidas. Mas pelo que soube, não há muitos problemas com o online game.

No mais, apesar do tamanho do game, é uma boa opção para quem quer um grande e belo jogo no seu console. E por ser gratuito, vale a pena experimentar. Qualquer coisa, só deletar e depois pode baixar novamente.

É isso aí pessoal, até mais.