Escolhidos para você

14 posts encontrados na tag Nintendo Switch

Olá pausadores, tivemos uma Nintendo Direct com muitas surpresas boas na noite passada e venho comentá-las agora com vocês. Foram 35 minutos de anúncios ( e que anúncios!) para Nintendo Switch. Diversos jogos foram anunciados e mostrados, inclusive com cenas curtas de gameplay.

Destaques

Dentre os principais jogos, Super Mario Maker 2 foi logo de cara mostrado, apresentando um novo layout de edição de fases. Diversos estilos de jogos do Mario, como de costume e previsão de lançamento para Junho de 2019. Enquanto que para quem gosta de puzzles, com temática simples, Box Boy + Box Girl foi anunciado pra Abril.

Super Smash Bros Ultimate desta vez não foi destaque. Tivemos apenas um vislumbre de Joker, o próximo personagem via DLC. E o aviso de que teremos novas funcionalidades, mas tudo muito bem escondido, até abril, quando chega a update  3.0. E o mesmo vale para Captain Toad, que receberá conteúdo grátis e DLC para para o game já lançado ano passado, com novas fases e modo co-op. Na mesma linha, Starlink: Battle for Atlas trará um update com o resto da turma de Starfox.

RPG

Seguimos então com Bloodstained: Ritual of The Night, um game metroidvania com belos gráficos estilo sidescrolling, chegando no próximo inverno. Entramos então no mundo de Dragon Quest e dois games RPG de alto nível que chegarão ao Nintendo Switch. Era um dos mais aguardados para a direct e confirmou as expectativas dos jogadores. Dragon Quest XI: Echoes of an Elusive Ages – definitive edition S vem com um mundo amplo a se explorar, batalhas não randômicas e lindos gráficos ao estilo anime. Disponível nessa primavera.

Agora vamos falar do dino mais amado dos games, Yoshi. Yoshi’s Crafted World trouxe mais informações do jogo e uma demo já disponível. Fui logo baixar e o game está muito bom, me trouxe boas memórias do antigo jogo de SNES. As funcionalidades são bem intuitivas e o cenário conta com diversas coisas secretas, tornando o jogo mais desafiador. Teremos batalhas com bosses e itens a obter através de moedas no jogo. Irá agradar aos novos e antigos gamers.

Fire Emblem

Fire Emblem, que havia sido anunciado para a direct, trouxe uma ampla explanação sobre a história do próximo game. Você inicia como um filho de mercenário, que deixa a gangue para seguir seu próprio caminho. Chegando assim a um monastério que fica localizado no meio do reino, o qual é dividido em 3 regiões dominantes. No monastério ficará responsável por educar e direcionar os estudantes para as casas, que são associadas aos reinos dominantes. Conflitos e alianças estarão em jogo e você terá de lidar com tudo isso e ainda seguir sua própria jornada.

Enfim, tivemos um anúncio próprio para quem tem a conta Nintendo online. Se você for membro do Nintendo online poderá baixar e jogar a mais nova versão de Tetris: Tetris 99. Nele, 99 players se enfrentam simultaneamente, atacando uns aos outros, tentando sobreviver e ser o grande vencedor. Praticamente um Battle Royale de Tetris. E como isso vicia, gente. Você não quer parar até conseguir ser o vencedor.

E mais outro game muito aguardado também teve um pouco de gameplay seguido de demo liberada: Daemon X Machina. O game que utiliza mechas se mostra muito rápido em suas batalhas contra robôs gigantescos e com gráficos cartunescos em cores vivas. Infelizmente ainda não recebeu uma data de lançamento, exceto que é para este ano.

Mas vamos falar de jogo realista.

Muito se fala das capacidades do Nintendo Switch. Mas nesta direct nos foram mostrados GRID Autosport e Hellblade. Ambos estão aparentemente muito lindos na reprodução do game, com imagens de encher os olhos. Principalmente Hellblade, que já ganhou diversos prêmios devido sua qualidade enquanto game. As texturas e luzes estão de fato muito lindas para o Nintendo Switch, e isso mostra que o console tem um potencial real e capaz de rodar muitos outros games. Inclusive, Assassin’s Creed III e Mortal Kombat 11 estão confirmados para o console.

Agora as cerejas do bolo

Para finalizar, a Nintendo trouxe Astral Chain. Um belíssimo e ainda desconhecido jogo carregado de tecnologia e energia astral, voice acting, gráficos de anime, uma equipe de produção de peso nesse novo game de ação que chegará ao final de Agosto.

E por último, mas não menos importante: The Legend of Zelda – Link’s Awakening. O jogo de gameboy chegará ao Switch com um layout 3D todo remodelado, cenas animadas e uma trilha sonora incrível que aparenta ser de fato orquestrada. Só de ver foi de arrepiar e de ouvir a Ballad of The Windfish já comecei a chorar. Um dos primeiros Zeldas que joguei. É muita nostalgia. Esperando ansiosamente o lançamento para ainda este ano.

Olá pausadores, finalmente chegou a vez do lutador improvável – Piranha Plant está no Smash Bros Ultimate. Ela chegou nesta semana e já se mostra um personagem muito carismático e forte. Inclusive, esperava-se que ela fosse liberada apenas no início de fevereiro, entretanto fomos surpreendidos logo após a atualização 2.0 do jogo ser liberada.

Na verdade, as especulações começaram assim que as informações estava circulando pela Internet. E além da liberação da Piranha Plant, tivemos um patch note de ajustes nos personagens (que não foram todos). Dentre estes, Incineroar e Mii Brawler foram os mais favorecidos, enquanto Ike, Chrom e King K. Rool foram os mais prejudicados.

Piranha Plant

A plantinha mais carismática dos games e que sempre atrapalha o Mario de passar pelos canos possui um bom move set. Vou destacar aqui o seu golpe de retorno para o stage, bem como o seu especial neutro, o qual utiliza-se de uma bola de espinhos. Para quem jogou Super Mario Bros 3 isso é bem nostálgico.

Além disso, outro de seus golpes lança uma pluma venenosa, semelhante ao que fazem em Super Mario Odyssey. Porém, o golpe que mais me agradou foi o que ela se encolhe dentro do próprio vaso e ataca a longa distância, saindo em alta velocidade.

Fora isso, acredite se quiser, ou vendo na imagem, a Piranha Plant tem pés… Sim! Pés! É possível vê-los quando ela corre ou salta, e achei esse detalhe incrível (apesar de um pouco estranho). Já joguei com a Piranha Plant e a ideia é torná-la um personagem de bolso para as lutas. Não exatamente um principal, com o qual jogue muito bem, mas um meio termo.

Fora o update e a liberação da Piranha Plant, que agora só poderá ser obtida mediante compra da DLC, hoje teremos o início de um evento no game. Spirits de Mega Man estarão disponíveis com frequência maior no Spirit Board, incluindo um spirit exclusivo do evento. O mesmo terá duração até segunda, dia 4.

E aí pausadores, como estão? Hoje vou comentar um pouco do que vi na live de Mortal Kombat 11 e as primeiras impressões que tive. A transmissão ocorreu ontem e todos que acompanharam puderam ver um pouco da gameplay do jogo, bem como alguns dos personagens que estarão presentes.

Aliás, já faz muitos anos que não jogo um Mortal Kombat, e este já tem lançamento confirmado para Nintendo Switch. Entretanto, ainda estou pensando se irei comprá-lo ou não para a minha coleção. Mortal Kombat é um dos jogos mais violentos que existem, sempre foi assim, porém, já há algum tempo que ele ultrapassou o “meu limite de violência” num jogo. Isto por um lado me desagrada a jogá-lo.

Mas esta é a essência do game e com Mortal Kombat 11 isto não será diferente. As cenas de violência estão ainda mais chocantes e realistas, capazes de surpreender os fãs mais assíduos. Acredito que certamente agradará os jogadores mais hardcores.

Tivemos a oportunidade de ver Scorpion, Raiden, Baraka, Sub-zero, Liu Kang, Kung Lao, Sonya Blade, Skarlet e Geras. Cada um com 3 variações de skins. Sem mencionar a arte de Shao Khan na imagem de anúncio do beta test. Ainda algumas cutscenes de modo história e funções do game.

Pontos principais

Me chamou muito a atenção a possibilidade de diversas customizações para os personagens, de acordo com o gosto e preferências do jogador. Isto pode ser feito na roupa, nas armas e nos ajustes dos golpes e comemorações. Entretanto as cenas de gameplay revelaram duas barras que medem fatores de defesa e de ataque cada uma

Sem mencionar os icônicos fatalities que foram mostrados em primeira mão pelo próprio Ed Boon durante a live gameplay. Seguido do prólogo do modo história com um diálogo entre Shinok e Raiden. E o Surgimento de uma controladora do tempo. Certamente esse fator de controle temporal terá grande relevância no game e em sua história.

Com 17 stages e 25 lutadores iniciais, Mortal Kombat 11 chega em 23 de abril de 2019.