Escolhidos para você

3 posts encontrados na tag Malévola

Essa semana foi de novidades para os fãs da Disney, em especial os fãs dos live actions. O estúdio liberou dois trailers dos seus próximos lançamentos do segmento: Malévola – A Dona do Mal e Mulan. O primeiro, que é a sequência de Malévola, de 2014, será lançado muito em breve, em 17 de outubro para ser mais exata. O segundo está previsto apenas para 27 de março de 2020, mas já carrega nas costas uma baita polêmica. Vem assistir aos trailers e saber mais:

Já falamos um pouco sobre a produção de Malévola – A Dona do Mal neste post aqui, mas com este segundo trailer, descobrimos um pouco mais sobre o que esperar da nova história. Nesta sequência, veremos Aurora sendo pedida em casamento por Phillip (que dessa vez é interpretado por outro ator) e Malévola, sua fada madrinha, é contra a união. A personagem de Michelle Pfeiffer, a Rainha Ingrith, se aproveita da situação para colocar as duas uma contra a outra. No final do trailer, ainda temos uma revelação sobre a origem de Malévola, onde nos é mostrado várias fadas da mesma “espécie” da protagonista.

Já sobre Mulan, senta que lá vem história… Vocês lembram que na semana passada mencionei aqui as mudanças que o live action sofrerá em relação a animação de 1998? Pois então. Com o trailer lançado, percebemos que essas mudanças serão pra valer e a internet foi a loucura. Entretanto, há uma nobre razão pelo qual veremos um filme mais sério e sem o querido Museu fazendo piadas. A página Imagine Geek explica no texto a seguir:

Mushu foi baseado no dragão chinês, um ser mítico e sagrado para os chineses por estar ligado à criação do mundo e, para eles, a forma como Mushu foi criado e desenvolvido foi extremamente desrespeitoso por parte da Disney e os chineses o odeiam. No live-action, Mushu não estará presente na forma que conhecemos pois seria substituído por uma ”fênix”. A fênix também está presente na cultura chinesa, lá ela é outro ser sagrado chamado Xhu Qiao e também possui ligação à criação do mundo junto do dragão chinês, porém não será esse ser sagrado que teremos no longa mas sim uma outra ave que é conhecida no ocidente como a fênix chinesa. Essa outra ave se chama Fenghuang e é símbolo de alta virtude e graça e também simboliza a união de yin e yang. Na China, Fenghunag possui conotações femininas e é comparada ao dragão chinês já que esse possui conotações masculinas. Ao contrário do dragão chinês e de Xhu Qiao, Fenghuang não é um ser sagrado ficando assim livre para a Disney poder utiliza-la. Foi noticiado também que o general Shang não estaria presente na adaptação e que ele seria dividido em 2 personagens, um que será um general e será uma figura paterna para Mulan e outro que será um soldado e seu interesse romântico. Essa mudança se dá por 2 fatores: o primeiro é que os chineses odiaram a relação de Mulan e Shang por ela não existir no conto original e a segunda é porque a Disney está utilizando o conto original como material base juntamente da animação. Resumindo: para os chineses, a animação de 98 é apenas um filme americano decorado com acessórios chineses para faze-lo ser interessante, atrativo e exótico, e o live pretende reparar todos esses erros e ofensas ao chineses, sobre uma lenda que por lá é tão importante.

Além do trailer, também foi divulgado o primeiro pôster do filme que, por sinal, é idêntico ao desenho! Amamos essa nostalgia.

Eu fiquei bem convencida por essa explicação e também pelo próprio trailer que achei sensacional! Vale lembrar que Malévola mesmo também é completamente diferente da animação A Bela Adormecida e o sucesso foi tanto que está aí, com sequência e tudo. Ou seja, Mulan merece uma chance também! E vocês? O que têm a dizer sobre essa polêmica e qual desses dois filmes mais te deixa ansioso para assistir?

O Carnaval acabou, mas a alegria continua para os fãs da Disney, porque hoje foi dia de novidade! Malévola 2 teve seu primeiro pôster divulgado e, junto dele, a revelação do título e também de uma nova data de lançamento.

Até então, o filme seria lançado somente em 2020, mas a data foi antecipada e, agora, iremos rever Angelina Jolie no papel da vilã já em outubro desse ano, mais precisamente a partir do dia 18 – próximo do Halloween, o que faz todo sentido. Então pode adicionar mais um live action para a lista de filmes da Disney que iremos assistir no cinema em 2019!

O primeiro longa, de 2014, que conta a história da bruxa da Bela Adormecida, mostrava uma outra face da vilã, mais bondosa e maternal. Entretanto, pode ser que isso mude com a sequência, já que o título revelado é Maleficent: Mistress of Evil – ainda sem nome oficial em português, mas em tradução livre fica algo como Malévola: Dona do Mal.

Angelina Jolie e Elle Fanning nos bastidores de Maleficent: Mistress of Evil

Além de Angelina Jolie na pele da protagonista e como produtora, Elle Fanning também reprisa seu papel como Aurora e Sam Riley como o corvo Diaval. Também teremos as mesmas fadas madrinhas do primeiro filme, interpretadas por June Temple, Imelda Staunton e Lesley Manville. Michelle Pfeiffer se junta ao elenco como uma nova personagem, a Rainha Ingrith. Outros novos nomes são Ed Skrein, Chiwetel Ejiofor, Robert Lindsay como Rei John. A única mudança foi o Príncipe Phillip, que dessa vez fica a cargo do ator Harris Dickinson (no filme anterior, o papel era de Brenton Thwaites). Quem assina a direção é Joachim Ronning, conhecido por seu trabalho em Piratas do Caribe: A Vingança de Salazar.

Michelle Pfeiffer, Robert Lindsay, Chiwetel Ejiofor, Ed Skrein e Harris Dickinson

Sinopse:

Uma aventura de fantasia que se passa anos depois dos acontecimentos do primeiro filme, no qual o público acompanhou os acontecimentos que endureceram o coração da vilã da Disney mais notória e que a fez amaldiçoar a Princesa Aurora. Maleficent: Mistress of Evil continua a explorar a complexa relação entre a fada de chifres Malévola e a futura rainha Aurora, enquanto formam novas alianças e encaram novos adversários na batalha para proteger os moors e as mágicas criaturas que lá vivem.

Cinematicamente falando, 2019 tá ficando cada vez melhor e mais promissor!

Angelina Jolie é Malévola, e isso será perpetuado enquanto se falar em clássicos da Disney (considere isso como um “para sempre”). O filme que estreou no último dia 29 é sucesso absoluto em todas bilheterias (daquele tipo que esgota enquanto você está na fila pra comprar uma sessão que vai acontecer horassss mais tarde). No papel de uma das mais famosas vilãs da história Jolie volta a reinar nas telonas com sua beleza, talento e carisma quilométrico.

294898_Papel-de-Parede-Filme-Malevola_1680x1050

O filme é infantil, sim, até mais do que eu esperava. Porém surpreendente. Ele conta a história da fada Malévola desde de sua infância, passando pelo fatídico momento no qual ela amaldiçoa a princesa Aurora (por favor, não leiam a sinopse, ela entrega muita coisa!) e continua um pouco após o famoso beijo do despertar.

MALEFICENT_PRODUCTION_NOTES_Hi-Res_4-30-14_Page_05_Image_0001

A Malévola quando jovem e um personagem que eu não vou contar qual é (assistam e descubram kkkk).

É inevitável torcer por ela durante a trama, além de compreender e descobrir novos relatos da relação entre ela e a Bela Adormecida.

Grammy90_10_03

A trama é toda amarrada e não deixa nenhuma ponta, o que já me agrada (porque não tem coisa pior que história mal contada, né?). O filme é bem dinâmico pois tem que trazer todos os elementos da fábula já conhecida (como as fadinhas, o corvo, a maldição, o beijo salvador etc etc etc) e inserir outros tantos. É  tipo de longa que piscou, perdeu. Tem que ficar atento. O que é ótimo pois te prende na tela.

CORVO

O corvo é o confidente e pau pra toda obra de Malévola!

Visualmente impecável, imagens digitais fantásticas, efeito sonoro e caracterização perfeita. Detalhe, não vi o filme em 3D e fiquei passada com a riqueza dos detalhes. Desde de Harry Potter não via um filme tão bonito esteticamente dizendo.

maleficent-3

Maleficent fairies

209737c143084b24318e5ebca38322c6

Fato curioso: fiquem atentas para uma das fases de Aurora. A menina que contracena com Jolie é sua filha Vivienne Jolie-Pitt. Angelina conta que ela e o Brad não queria de cara expor seus filhos ao mundo do cinema, mas que essa escolha foi inevitável uma vez que todas as crianças de 5 anos que faziam teste com a Jolie caracterizada de Malévola choravam. Já Vivienne tirou de letra, e de quebra é muito parecida com a Elle Fanning, que faz a Aurora.

Malevola

Outra coisa que gostei: a escolha da Aurora. Finalmente colocaram uma menina com a idade certa para fazer a personagem. Aurora tem 16 anos e Elle Fanning também. Chega de botar mulheres adultas para fazer papel de adolescente, né? Não cola! Adorei. E a menina é simplesmente a Aurora perfeita, ofuscada por uma Jolie devastadora, mas ainda assim encantadora como deveria ser.

O filme é recomendado para crianças acima de 10 anos por causa que rolam alguma cenas de violência, mas num geral a trama é infantil, e trás uma Malévola até fofa demais (o cartaz com o carão de má engana bem hehe). Pode levar tranquilo que rola super!

Em suma, esqueça a história de Bela Adormecida que você já conhece e corra para os cinemas conferir e se apaixonar por Malévola!

*este texto foi escrito pela minha esposa Penny (do Pausa para Feminices). Apenas esclarecendo… xD