Escolhidos para você

3 posts encontrados na tag leitura

Faz algum tempo que eu já terminei esse livro, porém sempre me pego pensando nele, então decidi compartilhar o que eu achei desse incrível compilado de casos de Serial Killers. apesar de ser um termo bem recente, começou a ser utilizada apenas nos anos 70, esse tipo de criminoso sempre existiu.

O livro de Harold Schechter é com certeza uma das coletâneas mais completas que eu já tive acesso em português, e o trabalho da Dark Side com o livro deve ser enaltecido, pois o livro é muito bem editado, organizado além de ter a capa dura e com textura. Descobri minha paixão por esse assunto depois de ter visto aquela série “Mind Hunters” da Netflix, que é inclusive muito boa. Comecei a me interessar bem mais pelo assunto de Serial Killers, o que me levou a esse livro.

E olha, é um assunto fascinante, entender como a mente dessas pessoas trabalha e o que levas essas pessoas a cometerem esses tipos de crimes tão horríveis. O livro separa e categoriza de forma bem didática todos os “tipos” de serial killers que temos até hoje (vai que um novo tipo surge não é mesmo) e dentro dessas características conhecemos pessoas do mundo inteiro das mais diversas épocas do mundo. Foi com certeza um trabalho muito bem feito. Da para aprender muito e ter uma leve noção do que se passa na cabeça de um assassino em série.

Apesar de ter 472 páginas, não precisa se acanhar, para quem não gosta muito de livros grandes, ele é cheio de ilustrações, fotos reais de casos e é escrito de uma forma bem fluida e que da vontade cada vez mais de saber sobre essas pessoas tão peculiares. São histórias reais de assassinos reais que pode estar dentro do seu trabalho, dentro da sua comunidade ou mesmo dentro da sua casa.

Eu recebi o livro “Como Viver Eternamente”, da Editora Geração. Como estou colocando minha leitura em dia, não teria como ler esse clássico tão cedo, deleguei a leitura e resenha à minha nova colaboradora Marina Simões (também conhecida como mãe ou manhê).

Como-viver-eternamente-2

Ela foi a maior incentivadora do meu habito de ler e consegue consumir uma quantidade enorme de livros em pouco tempo (já leu mais GoT que eu! Oo). Como ela aprecia qualquer gênero e nossas opiniões sobre livros são bem parecidas, ela passa a fazer parte do refinado rol de colaboradores do blog! Então confiram sua primeira resenha:

Como Viver Eternamente – Sally Nicholls

Como-viver-eternamente-4

Sam é um garoto igual a tantos outros! Suas experiências, seus gostos, seus sonhos… Mas só ele poderia sentir as dúvidas de uma morte prematura. Como Viver Eternamente é um livro surpreendente sobre vida e morte. Não apenas sobre a vida, nem somente sobre a morte. Não chorei… Ao contrário, vivi e me diverti, sorri e empolguei-me. E não consegui parar de ler. Está lá a inocência infantil, o questionamento, a curiosidade, o desafio, a revolta, a tristeza, mas também a amizade, o amor e a esperança.

Como-viver-eternamente-3

Temos, então, a receita de uma história emocionante. O fato de conhecermos com antecedência o final da história, não nos impede de querer saber o que e como acontece o desenrolar dos fatos.

Como-viver-eternamente-1

A autora nos leva, através dos personagens, ao mundo intrincado dos sentimentos de toda uma família, amigos e profissionais envolvidos na história de Sam, fazendo-nos refazer o caminho dos nossos próprios encontros e perdas.
E para quem já leu ou ainda vai ler, digo que adorei o questionário de múltipla escolha e a Lista número onze!

E vocês? Já leram? O que acharam?

Na iminência do lançamento do filme “O Hobbit”, o filme mais esperados por todos os fãs de J.R.R. Tolkien, quero falar um pouco sobre o livro que inspirou o filme.

Capa_Livro_Hobbit

O livro homônimo narra a primeira e única aventura de Bilbo Bolseiro, tio de Frodo (aquele mesmo do Senhor dos Anéis). Primeira e única porque, como todos sabem, hobbits não gostam muito de aventuras e os que gostam não são bem vistos entre as famílias do Condado!

Livro_Hobbit

A história se passa antes do episódio ocorrido em Senhor dos Anéis e mostra, entre outras coisas, como o Sr. Bilbo Bolseiro colocou as mãos no precioso “O Um Anel” pela primeira vez.

Livro_Hobbit2

Quando eu for fazer resenhas de livros ou filmes, contarei minha expectativa e a realidade sobre o resenhado! *Fiquem tranquilos, não contém spoilers! (Eu ODEIO spoilers!)* Então vamos nessa:

Expectativa: Tendo lido o livro após assistir a trilogia do Senhor dos Anéis, esperava que fosse um livro difícil de ler e um tanto quanto parado, mas que tivesse uma história interessante.

Realidade: Bom, eu tinha essa expectativa pois esse foi o primeiro livro do Tolkien que eu li… E na realidade, o livro foi quase tudo o que eu esperava! Como Tolkien inventou um mundo inteiro, ele tenta te situar no mundo, descrevendo montanhas, planícies e riachos. A obra também tenta dar uma pincelada sobre a história do Condado, onde vive nosso protagonista. Mas é tanta informação que não dá pra absorver tudo, e no final você já não sabe mais onde fica qual planície, por onde corta e desemboca cada rio, e o sobrenome de todos os parentes dos Bolseiros. Mas tirando esse fato (que ocorre principalmente no começo do livro), quando o assunto engrena, você não quer mais largar!

O interessante é que, por se passar antes dos eventos mostrados em Senhor dos Anéis, muita coisa se encaixa! Provavelmente, se você assistiu Senhor dos Anéis, sabe muito mais sobre a Terra Média, seus habitantes e lendas do que o próprio jovem Bilbo Bolseiro! É um livro que precisa de um esforço inicial, mas vale a pena ler, independente do filme!

Contra_Capa_Livro_Hobbit

Aliás, normalmente eu não aconselho ninguém a ler livro antes do filme e sim a assistir o filme primeiro! Mas nesse caso, ter lido o livro pode dar uma profundidade e entendimento maior do filme.

O livro ganhou uma nova capa que faz referência ao filme.

O livro ganhou uma nova capa que faz referência ao filme.

Com certeza, logo em breve assistirei o filme (que estreou em 14/12/12) e vai rolar resenha!

E ai? Vocês leram o livro?

O que acharam?