Escolhidos para você

2 posts encontrados na tag Harry Potter Wizards Unite

No último domingo, foi lançado oficialmente no Brasil, o Harry Potter Wizards Unite, o novo jogo inspirado na franquia Harry Potter. Wizards Unite é um jogo de realidade aumentada, com base na localização do usuário, diferente do seu predecessor, o Harry Potter Hogwarts Mystery, que era um jogo “comum”, sem nenhuma relação com a localização geográfica e sem nenhuma interação do jogo com qualquer realidade do usuário. Para quem já jogou, ou ainda joga Pokémon Go, vai se sentir ligeiramente em casa, pois, sendo ambos os jogos baseados na mesma plataforma e desenvolvidos pela mesma empresa, a Niantic, há muita similaridades no “modo de jogo” dos dois.

Porém, se você acha que já cansou de Pokémon Go e que não precisa jogar Wizards Unite, você está enganado! A Niantic conseguiu imprimir uma personalidade muito “potteriana” na plataforma, que deixa curioso mesmo aquele que já joga Pokémon Go há alguns anos (…e persiste…kkk).

Ao contrário de Hogwarts Mystery, que se passava dentro de Hogwarts (é mesmo?!), tratando da formação do jovem bruxo e dos seus desafios pelos mistérios do castelo, Wizards Unite te leva para o passo seguinte. Nele, você é um bruxo adulto, formado, trabalhando em conjunto com o Ministério da Magia para desvendar mistérios e livrar o mundo dos Obstructus (não confunda com Obscurus…). Durante o jogo, você lida com pontos diferentes. Assim como em Pokémon Go há “paradas”, os “pokepontos” (ou “potterpontos” tu-dum-tsss), onde você pode coletar itens mágicos. Até o momento eu parei em estalagens, onde você coleta magia e em estufas onde você coleta e cultiva itens para poções, mas há outros tipos também, cada um com diferentes itens mágicos para coletar e cada um desses itens necessários em diferentes etapas do jogo.

Há também os ginásios, que na verdade são Fortalezas, onde você pode duelar contra comensais da morte e criaturas malignas juntamente com outros companheiros bruxos, mas até agora eu só duelei contra a máquina, pois, não achei ninguém disponível para duelos, o que é bem diferente de Pokémon Go, que no começo era impossível conseguir duelar com os ginásios sempre cheios. Além disso, a partir do Nível 6 você pode escolher uma profissão para seguir: professor, magizoologista ou auror. E para completar as lições você precisa coletar itens mágicos para “pagar” os níveis e ir se tornando mais especializado na sua profissão, o que aumenta o nível das criaturas que você enfrenta, porém aumenta também o número de itens que você ganha e de “força” disponível para realizar as tarefas.

Claro que tudo isso é muito mais do que os PokéStops de Pokémon Go ofereciam e é aí que mora o grande diferencial! Mas andando pela cidade, o que em Pokémon Go era para capturar Pokémons, em Wizards Unite é para lutar contra criaturas mágicas e coletar os itens que estão em poder delas. Temos desde pessoas (sim pessoas!!!), até quadros, recortes de jornal, entre outros itens que quando coletados abrem uma pequena janela (as vezes com o Auror Harry Potter) pra te contar algo sobre o enredo da história do jogo e como aquela peça se encaixa nele.

Somado a isso, todas as criaturas e itens mágicos, personagens, citações, e informações legais da história que compõe o jogo, Wizards Unite se torna um prato cheio para o Potterheads de plantão que amam uma novidade sobre o nosso universo infinito <3.

Há quem diga que Harry Potter Wizards Unite foi um “fracasso”, pois, ao contrário de Pokémon Go, não bateu recordes de downloads no seu lançamento. Bogagem, na minha opinião! São públicos alvo diferentes e vamos levar em consideração que Pokémon Go só fez o sucesso que fez porque os fãs mais antigos dos personagens esperavam seu momento triunfal de nostalgia dos personagens clássicos com o jogo (e claro, porque era uma novidade absoluta um jogo de celular com realidade aumentada!)Harry Potter Wizards Unite, teve, até agora, xxxx versus a marca de 1 bilhão de downloads que Pokémon Go bateu em abril desse ano (eu mesma já devo ter baixado ele umas 5 vezes kkkk levem isso em consideração), mas em momento algum isso diminui Wizards Unite nem rouba sua magia! Eu sigo jogando quando dá tempo haha e estou curtindo bastante!

E vocês, estão jogando Wizards Unite? O que acharam até agora?

 Beijos e até a próxima!

Pokémon Go esfriou de vez e mesmo os jogadores que foram ativos por mais tempo do que a maioria (tipo eu) parecem estar finalmente cansando do jogo. Agora, só os mais aficionados ainda devem pegar seus monstrinhos por ai.

Mas a Niantic descobriu um nicho muito bom e percebeu que se fizer o negócio direito, muitas pessoas estão dispostas a pegar seus celulares e sair pela rua utilizando o sistema de realidade aumentada. Então, se Pokémon foi bom e passou, o que poderia motivar as pessoas a saírem de casa novamente?

Isso mesmo, se você é um Potterhead, com certeza já pensou na possibilidade de um jogo no estilão Pokémon Go baseado no universo do Bruxo mais famoso da Terra. Então, a Niantic que não é besta, correu para viabilizar essa ideia e já começou a dar os primeiros detalhes sobre seu novo game “Harry Potter Wizards Unite”.

De acordo com a desenvolvedora, o novo titulo vai usar os dados e pontos de interesse do Ingress (ou seja, exatamente como Pokémon Go) e nesses pontos os jogadores poderão aprender feitiços, encontrar artefatos e até animais fantásticos, que poderão ser enfrentados.

Além disso, eles já planejam um sistema para que jogadores possam se unir para derrotar inimigos poderosos (algo como as Raids de Pokémon Go). Agora nos resta aguardar mais detalhes para saber se Harry, Rony e Hermione – assim como outros personagens clássicos – vão estar presentes de alguma forma!

Sinceramente, eu já amo esse jogo! Não me interessa como vai ser, eu tenho certeza de que vou jogar mais do que Pokémon Go! Obrigado por essa oportunidade, Niantic e JK!

Vocês também estão animados?