Escolhidos para você

4 posts encontrados na tag espaço

A Terra já possui estações espaciais orbitando nosso planetinha azul. Mas de tempos é tempos, é necessário enviar materiais e trazer coisas que estão lá de volta pra Terra. Hoje, isso é feito com foguetes e os custos são enormes!

Então, qual foi a ideia de alguns pesquisadores japoneses da Universidade Shizuoka? “Ah, vamos construir um elevador, com um cabo de 96 mil km ligando a base na Terra a Estação Espacial Internacional (ISS, na sigla em inglês), que está situada a aproximadamente 340 km da Terra”. Simples, não?

Mas esse projeto não está apenas no papel! Na verdade, ele já esta sendo colocado em prática! A ideia é que ainda esse mês comecem os testes, utilizando dois satélites com volume de 10 cm³ conectados por um cabo de cerca de 10 metros. Um contêiner será usado como elevador, movido através do cabo utilizando um motor. Câmeras posicionadas nos objetos espaciais registrarão os movimentos do contêiner acima da atmosfera.

Os pesquisadores acreditam que o elevador espacial vá atingir velocidades de 200 Km/h, chegando à estação após oito dias de viagem. E dando tudo certo coisas maiores tendem a ser transportadas nesse elevador. Novamente dando tudo certo, porque não transportar pessoas?

Claro que a verdadeira motivação é reduzir os custos em comparação aos foguetes, mas também é óbvio que já se fala sobre usar os elevadores para entretenimento, transportando turistas dispostos a pagar pela experiência. Imagina, dar uma chegadinha ali fora do planeta e voltar?

Por enquanto, são apenas teorias! Mas vocês sabem bem como funciona a tecnologia….. Hoje é o teste, amanhã já estão produzindo em grande escala!

Eu certamente pagaria por isso! E vocês?

Dentro de algum tempo, “sonhar alto” não será mais uma expressão que significa “ter grandes ambições na vida”. Ela poderá ser levada ao pé da letra, caso a empresa Clouds Architecture Office consiga implementar o seu mais novo empreendimento: construir um edifício pendurado em um asteroide.

Predio-no-Asteroide7

Claro que o negócio não é nada simples, afinal, quem já ouviu falar de algum super asteroide capaz de segurar um prédio orbitando a Terra? Bem, para começo de conversa, a empresa pretende “capturar” um asteroide no espaço sideral para colocá-lo na orbita desejada – que caso você tenha curiosidade em saber, é uma trajetória semelhante a um número 8 entre Nova York (nos EUA) e Quito (no Peru) que duraria 24hs até retornar ao ponto de partida.

Predio-no-Asteroide3

A empresa diz que essa parte nem é tão tensa, uma vez que a NASA já trabalha com a possibilidade de recuperação de asteroides. Então, basta o pessoal de Dubai construir o prédio, ele ser colocado em órbita, pegar vários cabos e pendurar o nem-tão-imóvel assim na pedra! E vocês achando que era algo complicado! Amadores…. Humpf!

Predio-no-Asteroide4

Claro que o Asteroidifícil vai ter painéis solares para coletar energia solar e seria capaz de captar H2O a partir da umidade do ar, fornecendo energia elétrica e água para todos os moradores. Aliás, por falar em moradores, eles chegariam e partiriam em ônibus espaciais. Mas no caso de uma emergência em que você precise chegar logo a Terra, basta equipar o seu paraquedas e saltar. Tranquilo.

Predio-no-Asteroide5

Da base até o topo, o Analemma Tower (nome oficial) deve ter em média 32 mil metros de altura, então, você deve imaginar como a vista das diferentes janelas ao loooooongo do prédio devem ser diferentes. Quanto mais baixo, janelas maiores e mais finas. Quanto mais alto, menores e mais grossas para aguentar a pressão e a temperatura que deve chegar a -40°.

Predio-no-Asteroide6

Claro que por enquanto tudo nisso não passa de um projeto – mas não é nenhuma brincadeira, o plano existe de verdade e você pode conferir inclusive os detalhes técnicos clicando nesse link aqui. Mas a empresa garante que vai colocar o plano em prática o quanto antes.

Agora eu pergunto: vocês teriam coragem de morar no Analemma Tower?

Não sei se existe uma busca desesperada por vida fora do nosso planeta ou se os nossos astrônomos realmente acham que o mundo não tem mais salvação, mas o fato é que eles não param de procurar alternativas no espaço. Mas parece que dessa vez a busca deu bons frutos pois a NASA achou um sistema solar com nada menos do que 7 planetas parecidos com a Terra!

Nasa-7-planetas-parecidos-com-a-Terra1

Os planetas giram em torno da estrela anã (o sol deles) chamada de Trappist-1 e dos sete, três estariam dentro de uma zona considerada habitável, onde é possível encontrar água em estado líquido. Imaginando que as coisas por lá aconteçam como aqui na Terra, é possível que exista até algum tipo de ser vivo como conhecemos.

Nasa-7-planetas-parecidos-com-a-Terra2

O sistema encontra-se a aproximadamente 39 anos-luz de distância da Terra, que para o pessoal da NASA é considerada uma distância relativamente pequena. Para chegar lá só precisaríamos passar 39 anos em um foguete que viajasse na velocidade da luz! Tranquilo, né?

Nasa-7-planetas-parecidos-com-a-Terra3

Mas as informações não acabaram por ai! As primeiras analises mostraram indícios de que um dos planetas pode ter inclusive oxigênio em sua atmosfera. Ou seja, tendo água e ar, já podemos pensar em mudar pra lá!

Nasa 7 planetas parecidos com a Terra514

Agora o Telescópio Hubble juntamente com o Telescópio James Webb (que entrará em órbita ano que vem) irão analisar as moléculas das atmosferas dos planetas para corroborar as informações iniciais. Além disso, em 2024, a European Space Organisation também lançara um telescópio ao espaço e ele terá condições inclusive de confirmar a existência de água no sistema.

Nasa-7-planetas-parecidos-com-a-Terra5

Agora só nos resta aguardar e torcer pra NASA dar nomes legais para essas novas possíveis Terras (por favor, nada de Trappist-2, 3, 4 e nem códigos tipo PLT453-01).

O que vocês acham que encontraremos por lá?