24
jan
2018

Ryan Reynolds quer trazer o jogo Detetive para o cinema

Postado em | Sem categoria

Sim, parece uma ideia meio maluca, mas não podemos deixar de pensar que realmente pode ser uma boa. Todo mundo não acreditou no filme do Deadpool, me lembro de diversas pessoas falando que iria ser ruim, e booom! Foi um sucesso incrível.

Segundo fontes, a Fox fechou um contrato de 3 anos com o nosso Deadpool, Ryan Reynolds e a mesma produtora do filme, será a primeira parceira entre a produtora e o ator for do universo dos mutantes.

Parece que a moda de traduzir jogos em filmes se expandiu para os board games agora. O jogo que Ryan Reynolds escolheu trabalhar foi Clue, o nosso famigerado Detetive. O roteiro já estaria em desenvolvimento e quem assina são os mesmo do filme do Deadpool.

Para quem nunca jogou detetive, o jogo se baseia em um assassinato, onde os jogadores devem descobrir quem matou, com qual arma e em qual lugar  da mansão baseado apenas nas cartas que cada jogador tem na mão. Em cada rodada cada jogador pode fazer uma pergunta para outro e pedir para revelarem uma das cartas que eles possuem. Ao juntar todas as pistas, vence quem acertar quem matou, onde matou e com qual arma o assassinato foi feito.

Você acha que esse filme vai funcionar? 

 

 







23
jan
2018

A Forma da Água

Postado em | Cinema

Olá pessoal, o PPN foi à pré-estreia de A Forma da Água a convite da FOX e sim, o filme de Guillermo del Toro está ótimo, vale a pena ir conferir e vou dizer o porquê agora para vocês.

Em A Forma da Água temos Elisa Esposito (Sally Hawkins) como uma funcionária do setor de limpeza de uma base militar nos Estados Unidos no período pós-guerra, na década de 50, que em determinado momento se encontra com uma criatura recentemente capturada e levada para um dos laboratórios da base. Porém o encontro dos dois se dá de maneira profunda, uma vez que Elisa tem uma sensibilidade aguçada e também é muda, se comunicando por sinais, o quê, de alguma maneira, lhe permitiu compreender a criatura.

Se já tiveram a oportunidade de assistir a outro filme: O Labirinto do Fauno, ficará ainda mais fácil compreender quando lhes digo que o toque mágico de del Toro se faz presente durante toda a trama de A Forma da Água; pois o diretor mescla de maneira tão perfeita o real com o imaginário que muitas vezes me perguntei se o que estava vendo naquele determinado momento era uma história totalmente posicionada no mundo real ou fruto de uma mente criativa em cima de fatos de uma vida passada que agora viajava em momentos surreais.

E isso é algo que prenderá sua atenção juntamente com o enredo e o texto bem trabalhados, não precisamente nos diálogos, mas no encadeamento dos fatos e seus acontecimentos, bem como seus desdobramentos que levam o filme até seu clímax com aquela expectativa do que o diretor/roteirista del Toro nos reservou.

E é importante mencionar que é um conto para adultos, com classificação para maiores de idade, uma vez que há cenas fortes e muito profundas que merecem um processo reflexivo para compreende-las à maneira como a qual ele teve a intenção de nos fazer pensar.

E isso não é nem pelo fato de conter cenas de nudez, que por sua vez são retratas na maior parte como algo natural entre a personagem principal e a criatura com a qual tem contato, pois o corpo não passa de uma vestimenta para a nossa essência; mas sim porque o filme retrata de maneira forte as monstruosidades que um ser humano pode cometer mediante seu egoísmo, orgulho, avareza, entre outros.

Também agradou bastante a forma como os núcleos do filme foram inseridos, desenvolvidos e encerrados, alguns deles, sem precisar de maiores explicações prévias ou póstumas. Além disso, a retração fiel à situações cotidianas da época também valorizaram e muito a trama.

Contudo, acredito que o ponto mais relevante seja de fato a forma como poderemos interpretar os sentimentos de Elisa e sua relação com a criatura. Fica claro como se identifica com esta última, pois Elisa vive um mundo aparte daquele em que mora, trabalha, se alimenta e cumpre com suas obrigações rotineiras e tanto ela, como a criatura, ambos se veem além das questões de diferenças físicas, raciais, sociais, de gênero ou qualquer outra, elas simplesmente não existem ali. Eles se veem apenas por suas essências, e isto é uma das coisas mais cativantes neste filme.

Recomendo que assistam, valerá muito conferir esta obra de Guillermo del Toro.

O lançamento do filme será em 1º de Fevereiro.







22
jan
2018

Anime Dreams 2018

Postado em | Lívia Jurkowitsch

Por Lívia Jurkowitsch

Fim de semana passado tivemos mais uma edição do tradicional Anime Dreams! O evento que tinha falecido por 2 anos voltou no mesmo lugar, e cheio de atrações.

Os dubladores são uma das maiores atrações nos eventos e o Dreams estava cheio deles! Começando pelo Renan Alonso que da a voz ao Morty de Rick & Morty, e a palestra dele foi bem bacana. Outros dubladores também marcaram presença, como Felipe Grinnan e Carlos.

Tivemos pela primeira vez o Arts Alley, que estava cheio de artista bem talentosos e fez sucesso entre os visitantes.

As tradicionais salas temáticas também marcaram presença e uma das mais legais foi a Meu Primeiro Vídeo Game. Lá eles colocaram um mini museu de consoles que estava bem lega, e ainda disponibilizaram bastante jogos para a galera se divertir.

A área de Harry Potter estava incrível! No subsolo do prédio eles  ficaram com o andar inteiro!

Tinham várias lojinhas cheias de coisas do universo de HP para você comer, vestir ou colecionar. A decoração ficou bem legal também.

E claro que não podiam faltar os cosplays! Apesar de poucos, estavam bem legais.

O evento em si foi bem menor do que anos anteriores, talvez pelo hiatos de 2 anos o público tenha caído um pouco, mas como o Anime Dreams sempre foi um evento tradicional, esperamos que ele volte a crescer novamente.