Escolhidos para você

E aí pausadores, como vão? Hoje vou falar de alguns assuntos do Nintendoverso! Temos novo jogador no Mario Tennis Ace; além disso, um novo Tetris temático está para chegar enquanto todos se preparam para o Final Splatfest. Este será o principal evento de jogos da Nintendo para o mês de julho.

Dry Bowser na quadra

Esta semana os jogadores de Mario Tennis Ace foram agraciados com o anúncio da chegada de Dry Bowser. A versão esqueleto de Bowser chegará às quadras do jogo em agosto e já está dando o que falar. Para quem já conhece o reino do cogumelo, além das versões originais dos inimigos do Mario, existem também versões esqueléticas de alguns deles. Exemplo disso é a Dry Bones, que inclusive já é um personagem jogável em Mario Tennis Ace.

Desta vez temos Dry Bowser, que fez sua primeira aparição em New Super Mario Bros, em 2006. O mesmo conta com grandes semelhanças ao Bowser, e será um player de estilo defensivo.

 

Tetris + Splatoon

Já faz algum tempo que Tetris 99 foi lançado gratuitamente para os assinantes do Nintendo Switch Online. E vem causando um reboliço, pois muitos estão a jogar este clássico game. Enquanto isso, os responsáveis pelo jogo não cansam de nos surpreender, pois esta semana foi anunciado mais um evento temático para ele.

Vale lembrar que já tivemos um evento, onde os jogadores que atingissem uma determinada pontuação receberiam uma versão temática do jogo original. Todavia, agora teremos um evento associado a um outro jogo da Nintendo: Splatoon.

É a primeira vez que temos a associação de dois games e isto foi de surpreender, porque se estão a fazer isso com Splatoon, poderão fazer com demais franquias. Quem sabe futuramente não teremos um evento com Super Mario, um com Zelda e assim por diante.

Desta vez, quem conseguir 100 pontos acumulados no jogo, receberá um tema de Splatoon para utilizar no seu Tetris 99. Este será o 5º Maximus Cup do jogo e acontecerá de 12 a 15 de julho. Já está pronto para montar seus blocos?

 

A gente achou que teria que esperar até agosto para saber novidades sobre os live actions de Mulan e A Pequena Sereia, mas não precisou. Essa semana vazaram algumas informações sobre a produção de Mulan e, hoje, a Disney confirmou o elenco de A Pequena Sereia. Vem saber tudo tintim por tintim!

MULAN

Logo quando o filme foi anunciado, havia sido noticiado que não seria um musical. Depois de muitas críticas, voltaram atrás na decisão. O longa terá, sim, as músicas da animação, porém, ao que parece, elas não serão cantadas pelo elenco. Outra novidade é que Mushu será uma fênix e Mulan terá uma irmã mais nova. Isso me faz pensar que, talvez, essa irmã substitua o cãozinho de Mulan, que na animação se chama Irmãozinho. O live chega aos cinemas já no ano que vem.

A PEQUENA SEREIA

Finalmente o elenco foi confirmadíssimo pelo Instagram – logo hoje que todas as redes sociais do Mark Zuckerberg estão instáveis, mas tudo bem. Preparem-se para conhecer a nova Ariel, Halle Bailey. Ouçam essa voz!!!

Halle tem apenas 19 aninhos, o que a torna a princesa mais jovem dos live-actions. Ela é famosa nos Estados Unidos por fazer parte da dupla musical Chloe X Halle, junto com sua irmã (que, inclusive, a Disney já podia escalar pra ser uma das irmãs da Ariel também), e também por ter ligação com Rihanna e Beyoncé. Ela já se mostrou super feliz com o papel, postando uma imagem da Ariel negra em seu Instagram.

A vilã Úrsula será interpretada por Melissa McCarthy, já o melhor amigo de Ariel, Linguado, será vivido por Jacob Tremblay, conhecido pela sua interpretação impecável em Extraordinário. A maior mudança, por enquanto, fica por conta do personagem Sabidão, que no live action terá uma versão feminina dublada pela rapper Awkwafina – mas essa não é a sua primeira vez se aventurando no cinema, já tendo participado do filme Oito Mulheres e Um Segredo.

Sim, pelo visto teremos lives indo por caminhos diferentes das animações, tanto em Mulan como em A Pequena Sereia. Mas não devemos ver isso como algo ruim, mesmo porque só conseguimos ter uma opinião formada depois de assistirmos. Vale lembrar que as animações já são clássicos consagrados e nunca vão mudar, elas estarão ali do jeitinho que sempre foram quando a gente sentir saudade. Os live actions, apesar de serem baseados nesses clássicos, são releituras e devem ser vistos como produções completamente novas, a mesma história sendo contada de forma diferente. Imaginem se fossem seguir tudo igualzinho, seria muito previsível, né?! A Disney já mostrou que esses lives todos servem para atualizar as narrativas com um olhar mais contemporâneo, e isso é ótimo, nos trazendo personagens femininas mais fortes e empoderadas. Quantas vezes a história de Cinderella, por exemplo, já foi contada, não é mesmo?! E falando nela… Lilly James, a Cinderella do live action da Disney, não se assemelha fisicamente com a personagem do desenho e fez um excelente trabalho. Ou seja, não vamos julgar antes de assistir!

Sobre a Ariel sendo negra, também merece textão! Pra começar, Ariel não tem etnia. O filme é da Disney e baseado em sua adaptação animada, e nela não é especificado o país em que se passa, apesar do autor do conto original ser da Dinamarca e considerarem que ela é de lá também. Porém, estamos falando da adaptação da Disney que é bem diferente (inclusive, o cabelo vermelho é invenção deles, já que no conto isso também não é especificado). Outro ponto é que a etnia da personagem não influencia na história. Se ela tiver pele azul e cabelo roxo não vai mudar em nada, diferente se mudassem a etnia da Mulan ou do Pantera Negra, por exemplo. Ela é uma sereia (!) de um lugar fictício (!), pode ser ruiva com irmãs loiras e um pai negro e ninguém pode questionar porque ninguém é conhecedor da genética das sereias, rs. Ter uma Ariel negra no live action não descaracteriza a personagem do desenho. Afinal, o que uma atriz deve ter para “se parecer” com a Ariel? Apenas os traços mais marcantes, que são o cabelo vermelho e a cauda verde. Se parecer fielmente com um desenho é impossível e caricato, e nem a Disney se importa com isso. Cor da pele, nesse caso, é só um detalhe. A única coisa que a gente faz questão é um live tão memorável quanto a animação!!!

Saint Seiya da Netflix esta finalmente chegando, e teve sua data de estreia revelada. A série chega esse mês no serviço de streaming sia 19. Confere então todo que sabemos sobre a série e se prepare para o seu lançamento.

A série será um reboot, mais focado na animação, a original era feita em 2d e agora teremos uma animação mais moderna totalmente feita em CGI. A época em que o anime se passará também será diferentes, não se passando mais em 1900 e vovó era paquita, e sim em 2019 mesmo.

Essa primeira temporada conta com 12 episódios de 30 minutos cada, que foram escritos por Eugene Son, de Avengers: Secret Wars. A Animação foi feita pelos estúdios da Toei Animation e o diretor foi Yoshiharu Ashino;

já temos o elenco japonês confirmado com Masakazu Morita como Seiya de Pégaso. Takahiro Sakurai de Shyriu de Dragão. Hiroaki Miura na voz de Hyoga de Cisne, Satomi Satou será Shun de Andrômeda, Katsiuki Konishi é Ikki de Fênix, e Fumiko Orisada será Athena. O Elenco brasileiro ainda não foi confirmado, e não esperamos nada menos do que os dubladores originais.

A maior polemica envolvendo a série, foi a questão da mudança de nome de alguns personagens, e a mudança de sexo do Shun. Em relação a mudança de nomes até compreendo, pois não faz sentido existirem cavaleiros do mundo inteiro, e todos terem nomes japoneses não é mesmo? Agora a mudança de sexo do Shun não me convenceu, mesmo depois do roteirista Eugene ter vindo a publico explicar suas razões para isso. Son explicou que para ele não fazia sentindo em 2019 um grupo de personagens serem todos homens. “A única coisa que me preocupava: os Cavaleiros de Bronze com Seiya de Pégaso são todos caras.” Então por que não mudar outro cavaleiro? Para mim pareceu muito conveniente escolher o cavaleiro mais sensível e “menos másculo” para realizar essa mudança. Me pareceu um tanto quando preguiçosa essa mudança, e os fãs não gostaram.

O que você espera para essa nova releitura da série? Confere o trailer da série, e vamos aguardar dia 19 para ver como será.