24
abr
2017

“Carros voadores” devem chegar ao mercado ainda esse ano


Muitas coisas que víamos antigamente em filmes e desenhos futurísticos já fazem parte do nosso presente, mas ainda estamos esperando a era dos carros voadores chegar! Infelizmente, parece que ela ainda vai demorar um pouco, afinal, temos poucos protótipos e poucas empresas interessadas em fazer o projeto virar realidade.

Carro voador prototipo479

Umas das empresas que mantém nosso sonho vivo é a Kitty Hawk, que pertence a ninguém menos do que Larry Page, o cofundador e ex-CEO da Google. Eles seguem empenhados em dar asas aos automotores e essa semana publicaram um vídeo de um dos seus protótipos totalmente funcionais.

Carro-voador-prototipo2

O nome do veículo é Kitty Hawk Flyer e ele foi projetado para, pelo menos por enquanto, voar sobre as águas. Detalhe que ele possui um motor elétrico e é considerado uma aeronave ultraleve e não propriamente um carro. Você pode chamar de carro voador se quiser, mas na prática, essa classificação não exige licença de voo e nem carteira de motorista, podendo ser pilotado por qualquer pessoa. Então, vamos chamar de aeronave mesmo, né? xP! Confiram o vídeo do KHF em ação:

A empresa disse que essa é uma versão preliminar e que muitas coisas ainda devem mudar no carrinho! Mas a Kitty Hawk garantiu que a versão definitiva estará no mercado americano ainda esse ano e apesar disso, não disse quanto vai custar.

Não ligo se só puder andar na água, quero um desses!

Alguém me da de presente?







20
abr
2017

Aplicativo permite ir todos os dias ao cinema por R$59,90 ao mês


Você gosta muito de ir ao cinema, mas infelizmente não consegue ir tantas vezes quanto gostaria por causa do preço?

Primepass-Cinema-por-assinatura1

É verdade que hoje em dia, em alguns cinemas, pra comprar entradas e pipoca, você praticamente tem que deixar um ou dois órgãos na bilheteria e isso tem afastado alguns clientes do serviço. Mas o Primepass está tentando resolver esse problema. O sistema funciona como um cinema por assinatura, tipo uma Netflix das Telonas. Na prática, você paga uma mensalidade fixa e pode ir várias vezes ao cinema, com a quantidade, dias e tipos de sala definidos pelo plano escolhido. Assim fica fácil, né?

Primepass-Cinema-por-assinatura2

Se você se interessou, basta baixar o aplicativo do Primepass (tem versão para Android e iOs) no seu smartphone e escolher um dos planos de assinatura. Depois, basta escolher na tela o filme que você quer assistir, selecionar o cinema e a sessão e retirar seus ingressos diretamente nas bilheteria ou totens de autoatendimento sem gastar nem mais um real!

Seu madruga Feliz Primepass Cinema por assinatura450

Nesse ponto você deve estar pensando: “Ah, mas devem ser umas 5 salas daqueles cinemas lá dos cafundós”, certo? Errado, jovem Padawan! O serviço está disponível em mais de 2500 salas de cinema, em todos os estados brasileiros, em redes como Cinearte, Cinépolis, Itaú Cinema, Kinoplex, Playarte e UCI. Detalhe que, apesar dos valores dos planos poderem variar por estado do Brasil onde você mora, é possível ir a qualquer cinema associado ao Primepass no país inteiro!

Primepass-Cinema-por-assinatura3

Então, falemos de valores: O Plano Básico é valido de segunda a quarta-feira e parte de R$39,90. O segundo plano é o Padrão e dá direito a visitas ao cinema todos os dias da semana a partir de R$59,90; e, por fim, o plano VIP, que abrange os outros e ainda inclui as salas VIP e IMAX, partindo de R$139,90. Vale a pena ou não?

Primepass-Cinema-por-assinatura4

Acho que o único ponto negativo do serviço é que, por enquanto, ele não permite escolher os assentos antecipadamente. Então, pode acontecer de você reservar seu ingresso e quando chegar na bilheteria, ter que se contentar com as poltronas livres. Mas esperamos que essa funcionalidade seja adicionada em breve!

Agora me contem, vocês já conheciam o Primepass? Alguém aí já usa o serviço? Como foi sua experiência?







3
abr
2017

Empresa quer construir prédio pendurado em asteroide


Dentro de algum tempo, “sonhar alto” não será mais uma expressão que significa “ter grandes ambições na vida”. Ela poderá ser levada ao pé da letra, caso a empresa Clouds Architecture Office consiga implementar o seu mais novo empreendimento: construir um edifício pendurado em um asteroide.

Predio-no-Asteroide7

Claro que o negócio não é nada simples, afinal, quem já ouviu falar de algum super asteroide capaz de segurar um prédio orbitando a Terra? Bem, para começo de conversa, a empresa pretende “capturar” um asteroide no espaço sideral para colocá-lo na orbita desejada – que caso você tenha curiosidade em saber, é uma trajetória semelhante a um número 8 entre Nova York (nos EUA) e Quito (no Peru) que duraria 24hs até retornar ao ponto de partida.

Predio-no-Asteroide3

A empresa diz que essa parte nem é tão tensa, uma vez que a NASA já trabalha com a possibilidade de recuperação de asteroides. Então, basta o pessoal de Dubai construir o prédio, ele ser colocado em órbita, pegar vários cabos e pendurar o nem-tão-imóvel assim na pedra! E vocês achando que era algo complicado! Amadores…. Humpf!

Predio-no-Asteroide4

Claro que o Asteroidifícil vai ter painéis solares para coletar energia solar e seria capaz de captar H2O a partir da umidade do ar, fornecendo energia elétrica e água para todos os moradores. Aliás, por falar em moradores, eles chegariam e partiriam em ônibus espaciais. Mas no caso de uma emergência em que você precise chegar logo a Terra, basta equipar o seu paraquedas e saltar. Tranquilo.

Predio-no-Asteroide5

Da base até o topo, o Analemma Tower (nome oficial) deve ter em média 32 mil metros de altura, então, você deve imaginar como a vista das diferentes janelas ao loooooongo do prédio devem ser diferentes. Quanto mais baixo, janelas maiores e mais finas. Quanto mais alto, menores e mais grossas para aguentar a pressão e a temperatura que deve chegar a -40°.

Predio-no-Asteroide6

Claro que por enquanto tudo nisso não passa de um projeto – mas não é nenhuma brincadeira, o plano existe de verdade e você pode conferir inclusive os detalhes técnicos clicando nesse link aqui. Mas a empresa garante que vai colocar o plano em prática o quanto antes.

Agora eu pergunto: vocês teriam coragem de morar no Analemma Tower?