28
jul
2014

Resenha: Guardiões da Galáxia (2014)

Postado em | Cinema, HQ, Resenhas

Quando se cogitou a possibilidade de fazer um filme sobre os Guardiões da Galáxia, a Marvel começou a soltar HQs para que os novos fãs não ficassem totalmente perdidos. Uns tempos atrás, inclusive, foi publicado aqui no Brasil um arco (meio confuso e bruscamente terminado) onde o próprio Homem-de-Ferro resolveu passar um tempo com os anti-heróis espaciais.

Guardioes-da-Galaxia-Resenha-1

Claro que não foi tudo coincidência e acredito que quem acompanhou inocentemente as histórias do grupo mais louco da Marvel não se arrependeu nem um pouco. Livre de amarras morais como Vingadores e X-Mans da vida, os Guardiões tem liberdade para fazer o que bem entenderem… Sendo bons, maus ou um pouco de cada! xD

Guardioes-da-Galaxia-Resenha-2

Eu já tive a oportunidade de ver o filme e agora conto para vocês o que eu achei:

Expectativa: pelos trailers, esperava um filme fabuloso. Gostei tanto da caracterização dos personagens que me armei das melhores intenções que eu poderia e qualquer coisa menos que “fantástico” teria sido uma decepção.

Realidade: bem…. Não foi uma decepção! O filme é fantástico sim! Tudo o que você vê quando assiste o trailer está lá. Ação, efeitos especiais e uma boa dose de humor (não venham falar que todo filme de herói agora é engraçadinho… Esse é exatamente o perfil dos Guardiões!)

Guardioes-da-Galaxia-Resenha-3

No longa, Peter Quill – vulgo Senhor das Estrelas – rouba um objeto que muita gente no universo deseja. Mas quando descobre o quão perigoso ele pode ser se cair em mãos erradas, Peter se une à Rocket, um guaxinim atirador, Hodor Groot, um humanoide em forma de árvore, a mortal e enigmática Gamorra e o vingativo Drax, o destruidor. E esse improvável grupo pode ser o único obstáculo para impedir a destruição da galáxia.

Guardioes-da-Galaxia-Resenha-4

Sem mais delongas, vamos aos fatos: tudo se encaixa e é perfeitamente dosado em Guardiões da Galáxia. Ainda que seja um filme bem engraçado, as piadas são bem colocadas e nem um pouco forçadas. A ação também é na medida certa e existem tanto cenas onde tudo explode quanto calmas. E por falar em ação, os efeitos especiais também estão bem comedidos. Sem muito exagero, mas presente onde deveria estar para fazer a diferença.

Guardioes-da-Galaxia-Resenha-5

Sobre a questão da trilha sonora, sem comentários! Se você assistiu ao trailer, saiba que a trilha se mantem naquele padrão o tempo todo. Por isso, agradecemos a mãe do Peter por ter gravado aquela fita! xD! E por falar em Peter, fiquem tranquilos, amigos! Ele não leva o filme nas costas. Apesar de roubar a cena, a integração do grupo ficou ótima e a interação entre eles é o foco do sucesso de Guardiões. E para o delírio das namoradas mulheres, é claro que ele aparece molhado e sem camisa…. Oo

Guardioes-da-Galaxia-Resenha-6

A única coisa que eu posso falar que não gostei tanto foi da personalidade do Drax… Ele estava mais bobo e menos destruidor do que o comum. A personalidade forte e a busca por vingança já nos fariam gostar dele sem que ele precisasse participar de cenas cômicas. Mas a dublagem de Rocket, feita esplendidamente por Bradley Cooper, compensa todo o resto! xD

Guardioes da Galaxia Resenha 7

Em resumo, se você puder, vá assistir “Guardiões da Galáxia” na pré-estreia. Senão, vá na estreia. Se não for possível, vá assim que tiver oportunidade. O importante é que você vá! Garanto que não vai se arrepender. O longa estreia no Brasil no dia 31 de julho.

Ah, fiquem até o fim que tem cena extra. Só não posso dizer se é apenas uma, se são duas, e se vale a pena porque o diretor James Gunn não deixou a gente ver na cabine de imprensa! Tudo bem, serei obrigado a assistir de novo! xP

E aí, consegui aumentar a ansiedade de vocês? xD







17
jul
2014

Resenha: Under the Dome (a série)

Postado em | Livro, Resenhas, Série

A Penny e eu temos uma rotina sagrada. Todas as noites fazemos a mesma coisa: tentamos dominar o mundo! Ehhh, não… Quero dizer, nós selecionamos alguma série e assistimos pelo menos 2 episódios antes de dormir. Normalmente esperamos a temporada (e as vezes até mesmo o seriado inteiro) acabar para assistirmos tudo de uma vez. Fizemos isso com Dr. Who, com Breaking Bad e agora pegamos a primeira temporada de Under The Dome para ver.

Under_the_dome-1

Confesso que só por ser baseado numa obra de Stephen King e contando com Steven Spielberg como produtor executivo (além da maravilhosa Britt Robertson <3 no elenco), já bastava para me conquistar. O plano era assistir a temporada que já tinha acabado e aguardar terminar a segunda para depois vê-la. Mas acontece que acabamos devorando a primeira temporada toda e já assistimos os episódios disponíveis da segunda, ficando agora no aguardo dos próximos. E isso é bem difícil de acontecer por aqui!

Under_the_dome_2

Para quem não sabe do que se trata, Under the Dome conta a história dos moradores de uma pequena cidade do Maine onde subitamente surge um campo de força invisível e impenetrável. Presos sob o domo, os moradores, liderados por um veterano da Guerra do Iraque, unem-se para manter a ordem e lutar contra a barreira que os isola do resto do mundo.

Under_the_dome-3

A primeira parte da série ficou mais focada nos personagens, seus envolvimentos, segredos e relações quando estão todos presos e se veem obrigados a interagir de forma intensa. Na segunda metade, a redoma que tinha sido apenas plano de fundo até então, ganhou destaque e coisas sobrenaturais e inexplicáveis começaram a ocorrer, deteriorando ainda mais a relação dos personagens. O drama psicológico somado aos mistérios me ganhou!

Under_the_dome-4

Mas tem uma coisa sobre Under the Dome que anda dividindo opiniões. Apesar do livro de King ter sido usado como base, a história foi totalmente alterada. Então quem já leu o livro não está gostando muito da série. Mas como eu não cheguei a ler, para mim está sendo ótimo. Além do que, o próprio escritor está participando da produção executiva, portanto, tudo o que muda deve de certa forma, deve ter a aprovação dele.

Under_the_dome-5

Outra coisa que está difícil de aceitar é essa tendência de matarem os personagens principais sem mais nem menos, que está vindo de Game of Thrones. Acho que uma morte de alguém com quem você já se identificou tem que ser muito necessária e não apenas para mostrar que ninguém está a salvo! Pô, queremos ter alguém pra torcer sem medo de que a pessoa leve uma machadada de repente.

Under_the_dome-6

Mas essa tendência talvez sirva justamente para aproximar mais a história da realidade, onde ninguém está a seguro. Então, ainda estou levando numa boa! Vamos acompanhar a segunda temporada e ver o que mais a redoma e seu ovo nos revelam….

E por aqui, alguém mais está assistindo? E o que está achando?







15
jul
2014

Resenha: “O Planeta dos Macacos – O Confronto”

Postado em | Cinema, Cultura, Resenhas

Ontem eu tive o privilégio de assistir à convite da Fox, a pré-estreia de um dos filmes que promete ser o grande destaque de 2014: “O Planeta dos Macacos – O Confronto”, que em seu final de semana de estreia nos EUA, já arrecadou US$ 74 milhões.

Planeta-dos-Macacos-1

Expectativa: Em virtude de ter gostado do primeiro filme, esperava um continuação em alto nível. Depois de conferir o trailer, eu me convenci de que era algo que valia a pena assistir.

Realidade: mais uma vez me surpreendi positivamente (coisa que “para nooooossa alegriiiia” tem acontecido muito esse ano) e as minhas expectativas foram superadas! O longa me agradou muito em todos os aspectos e facilmente eu assistiria novamente.

Planeta-dos-Macacos-2

A história se passa 10 invernos anos após “O Planeta dos Macacos – A Origem”. Agora como símio livre, César lidera os demais macacos e vive em paz na floresta próxima a San Francisco. Eles desenvolveram uma comunidade baseada em apoio mútuo, para que possam se manter.

Planeta-dos-Macacos-3

Enquanto isso, os humanos enfrentam uma das maiores epidemias já vistas, causada pela gripe símia, um vírus criado em laboratório. Diante desse quadro assustador, um grupo de humanos ainda resiste, porém conta com recursos escassos. Por isso, eles vão fazer o possível para religar uma hidrelétrica e manter acesa a esperança de sobreviver. Com certeza, a missão seria mais fácil se a usina não ficasse no meio dos domínios de Cesar.

Planeta-dos-Macacos-4

O filme é bom em todos os aspectos. Tem todos os ãos necessários: ação, emoção, tensão, traição, discussão, explosão, e muitos “efeitos especiaizãos”. xD! Sério, é difícil assistir algo feito predominantemente em computação gráfica onde a experiência é tão intensa que você não se lembra nem por um minuto de que aquilo não é real.

Planeta-dos-Macacos-5

Feito com muito capricho e cuidado, cada detalhe dos macacos é perfeito, desde as expressões, até as formas de comunicação, dublagens e movimentos. O diretor Matt Reeves consegue te colocar dentro da floresta e te fazer enxergar profundamente o relacionamento que os “Apes” têm entre si, assim como os problemas comuns a toda sociedade.

Planeta-dos-Macacos-6

Além disso, o enredo foi bem construído, a motivação é convincente e temos informações suficientes sobre os personagens principais de ambas as raças para não ficar uma história rasa. E o mais bacana é que quanto mais ambos tentam provar que são diferentes, mais eles se parecem! #somostodosmacacos #ounão

Planeta-dos-Macacos-7

Indicadíssimo, “O Planeta dos Macacos – O Confronto” estreia nos cinemas nacionais em 24/07 e pode agradar até mesmo quem não assistiu o primeiro, apesar de ter várias referencias a ele. Ter assistido a Origem pode ajudar na imersão da história.

Planeta dos Macacos 8

Ou não….

Para finalizar, não precisa esperar acender a luz, pois não existe cena pós-crédito. Mas se você ficar até o fim, vai descobrir que o longa gerou mais de 15 mil empregos (entre macacos e humanos, acredito… xP) e muitas e muitas horas de trabalho! Oo

E aí, alguém ansioso para conferir?