11
nov
2016

Resenha (Crítica): Doutor Estranho

Postado em | Cinema, HQ, Resenhas

Finalmente consegui assistir Doutor Estranho e mesmo já tendo se passado um tempo considerável do lançamento, seria muito estranho (rá!) se eu não deixasse a minha opinião a respeito de um dos melhores filmes da Marvel até o momento!

Resenha-Doutor-Estranho

Expectativa: esperava um filme grandioso, que introduzisse todo um conceito diferente de tudo o que a Marvel já tinha apresentado nos cinemas, com atuações dignas e efeitos especiais incríveis.

Realidade: Marvel, sua linda! Obrigado por isso!

Resenha-Doutor-Estranho1

Doutor Estranho é um personagem super importante do Universo Marvel dos quadrinhos, simplesmente porque é o Mago Supremo da Terra e é o encarregado de defender o planeta de criaturas mágicas praticamente sozinho. Portanto, sempre que qualquer herói tem problemas com assuntos místicos, o Estranho é a primeira opção na hora de pedir um help!

Resenha-Doutor-Estranho2

A sua origem no filme ficou bem adaptada e conseguiu trazer muito das HQs pra telona. A produtora conseguiu como em poucos filmes caminhar entre a linha da fidelidade restrita e da absoluta liberdade criativa sem desandar. A quantidade de referências – inclusive às primeiras revistas do Doutor – com certeza deixaram qualquer fã do personagem satisfeito com o que viu.

Resenha-Doutor-Estranho3

Em resumo, o longa conta a origem do personagem e como Stephen Strange passa de um incrível, cético e arrogante médico para o posto de Mago protetor do planeta. Sem grandes forçações de barra e situações impossíveis, a história transcorre tranquila sem nenhum furo que possa deprecia-la.

Resenha-Doutor-Estranho9

É legal ver a demora do personagem em abandonar tudo o que acredita e seguir o conselho de sua anciã para abrir os olhos e aceitar que existe todo um mundo que ele não conhece. E além disso, ele não é aquela pessoa exemplar que aprende tudo de uma hora pra outra. Ele demora pra conseguir executar até os feitiços mais simples, assim como outros falham na hora em que ele mais precisa.

Resenha-Doutor-Estranho4

Agora se você precisa de um motivo extra pra ir ao cinema, vá pra curtir os efeitos especiais do filme! Investe e assiste em 3D. Em IMAX se for possível. Garanto que vai valer a pena, é um dos poucos filmes da minha vida em que posso afirmar que o 3D muda tudo! Não é à toa que está rolando até um papo de que esse pode ser o primeiro longa da Marvel a ganhar um Oscar – por seus efeitos especiais.

Resenha Doutor Estranho6-267

E o que dizer sobre Benê (para os não íntimos, Benedict Cumberbatch)? Ele foi desenhado pro papel e consegue conquistar o público mesmo enquanto ainda é um médico daqueles que dá vontade de socar. Conforme o personagem se humaniza e vai rolando a tal identificação, você nem lembra que ele é o Sherlock e acredita que ele sempre foi Stephan Strange e que você sempre adorou ele!

Resenha-Doutor-Estranho7

O único ponto a considerar aqui é que nos quadrinhos o Doutor é um cara extremamente sério – também pudera, ele já viu e passou por situações que absolutamente nenhum herói jamais chegou perto de enfrentar. Então, não gostei muito de vê-lo fazendo piadinhas (mas afinal, essa é a fórmula Disney que deu certo, né?). Ainda que não seja nada exagerado e tenham sido bem mescladas com os momentos de tensão, particularmente eu preferia que o alivio cômico ficasse por conta de outros personagens.

Resenha-Doutor-Estranho8

No mais, a apresentação do multiverso, o aparecimento de outra Joia do Infinito e a introdução de Dormammu – já tinha cantado a bola de que ele seria o vilão principal desde que vazaram as primeiras imagens, lembram? – não foram atoa! Podem apostar que vocês irão ouvir falar muito desses assuntos no futuro!

Doutor Estranho ganha fácil 8 de 10 Olhos de Agamotto e ainda leva um manto da levitação com personalidade própria de brinde! xP

Não assistiu ainda? Corre pro cinema! Já viu? Me conta o que você achou aí nos comentários!







4
ago
2016

O que esperar de Esquadrão Suicida


Esquadrão Suicida estreou e nós já tivemos a oportunidade de assistir o novo filme da DC que chegou cheio de promessas!

Esquadrão-Suicída--2-Trailer1

Seguindo o padrão das últimas análises que temos feito aqui no PPN, Rafael Borges e eu discutimos alguns dos aspectos do longa produzido pela Warner e respondemos algumas das perguntas centrais da trama! Confiram:

Tenho lido muitas opiniões na internet criticando severamente o filme. Mas na minha modesta concepção, não achei um desastre tão completo assim! Ainda que ele tenha muitos pontos negativos – que acabaram não sendo amplamente abordados no vídeo – ele também tem pontos positivos.

Esquadrão-Suicída--2-Trailer4

É um longa descontraído, dinâmico e no fim das contas, cumpre o papel de divertir. A história podia ter sido mais convincente? Podia! Uma direção diferente poderia ter conduzido os atores e a trama de forma que o longa pudesse ser 10 vezes melhor? Podia também!

esquadraosuicida_13-750x380

Mas como filme coringa (Rá!), de personagens desconhecidos e com poucas pretensões, Esquadrão Suicida fica na média. E uma média que para mim, supera Batman vs Superman (vale lembrar que esse sim, foi carregado de expectativas!!).

Esquadrão-Suicída--2-Trailer2

Quem não assistiu ainda, não vá ao cinema esperando um clássico! Ele está longe de ser. Vá sem muitas expectativas e com a intenção de se divertir! Afinal de contas, a DC ainda não acertou a mão em cheio… Mas ela está tentando!

Agora me contem: vocês também estão condenando ou Esquadrão Suicida merece uma segunda chance? xP







27
jul
2016

Série Strange Things conquista o mundo


Por Lívia Jurkowitsch

Você já deve ter ouvido falar da nova série do momento, Strange Things da Netflix, mas se estava na dúvida entre assistir ou não, vou te ajudar com esse post SEM SPOILERS, pois muito da trama da série é ótima e não deve ser revelada.

stranger-things-banner

Com apenas 8 episódios, Strange Things já atingiu o topo das séries mais vistas no mundo, isso por que se você assistir apenas o primeiro episódio corre o risco de querer ver todo o resto em apenas um dia (o meu caso).

stranger-things-posteranos80

Ambientada na década de 80 Strange Things é uma homenagem a todos s filmes de terror que saíram naquela época. Com muitas referências, a Stephen King e Steven Spielberg  a série é cativante devido aos seus atores mirins,  Mike (Finn Wolfhard), Eleven (Millie Bobby Brown), Dustin (Gaten Matarazzo), Lucas (Caleb McLaughlin) que dão um show de atuação e nos fazem dar risadas com suas referências nerds, e o jeito de enfrentarem seus problemas, que não são poucos, esses meninos enfrentaram de tudo nessa série.  Está presente na série também Wiona Ryder, a Lydia de Besourosuco com um papel muito complexo e dramático que ela conduz com maestria.

Strange-things-netflix-4

Se você assistia tv nos anos 80 e 90, filmes como Guerra nas Estrelas, Mad Max, os Caça-Fantasmas, Voltron e McGyver são homenageados e muito citados durante a série, que apresenta uma trama apesar de tudo, nova e cativante. Com uma atitude muito corajosa de manter o foco em um grupo de crianças, a netflix apostou certo.

poltrona-strange-things-netflix-2-770x405

Já com um começo muito interessante, a série vai respondendo nossas perguntas ao mesmo tempo que nos deixa mais curiosos ainda sobre outros assuntos. Queremos saber o que aconteceu com o coitado do Will, quem é Eleven, e o que acontece no laboratório isolado da cidade, qual o passado do Xerife da cidade, e como um grupo de crianças vai ajudar a solucionar um caso de desaparecimento e salvar a cidade. Pode parecer um pouco clichê, mas o clichê foi renovado nessa série que já conquistou o mundo.

Confira o trailer de Strange Things e se mesmo depois disso você ainda não quiser ver a série, consulte um médico!

 

Siga a Lívia nas redes sociais:

Instagram: http://www.instagram.com/hatsu93
Facebook: https://www.facebook.com/sasuhatsucosplay