16
nov
2017

Exposição O Hobbit 80 anos


Por Lívia Jurkowitsch

Em 5 anos de faculdade essa foi a primeira exposição que eu amei! Para quem não sabe eu faço letras na USP de São Paulo, e eu escolhi fazer essa faculdade depois de ler o Hobbit e o Senhor dos Anéis e conhecer um pouco mais sobre a vida do Tolkien. Quando eu descobri que ele era linguista, eu achei o que queria ser da minha vida.

Esse mês, a biblioteca da letras esta com uma exposição de comemoração de 80 anos da obra O Hobbit.  Eu fui lá dar uma conferida, por que né, quando se trata do seu livro favorito, a gente sai correndo sem pensar.

Logo na entrada já tem uma ambientação legal. A escrivaninha do Bilbo está lá, e em cima dela tem todos os mapas, as fotos e os rascunhos do livro “Lá e de Volta Outra Vez” 

O cuidado que os organizadores tiveram em criar um ambiente legal em tão pouco espaço ficou bem interessante.

Um detalhe bem legal é o armário com as pinturas do pais do Bilbo e uma árvore genealógica da família Bolseiro.

De cara você já encontra a primeira versão do Hobbit que foi lançada! Isso é uma relíquia nos dias de hoje!

Depois seguem as outras versões já lançadas, e eu fiquei feliz em saber que tenho quase todas! 

Nas paredes você encontra quadros explicativos de como foi a produção textual e criativa para que o livro fosse completo. Aqui também podemos conhecer um pouco sobre a vida do Tolkien. 

Uma das minhas partes favoritas foi ver a livro em outros idiomas!

Eles reuniram uma coleção bem legal. Eu ainda vou ver esse livro em Japonês!

Bacana ver que não são apenas livros expostos e e sim que tem coisas da história em baixo e ao lado deles! tem o portão do Senhor dos Anéis das minas de Moria, e um pouco de lembas ali em baixo.

Até o pequeno Smaug esta na exposição!

A exposição, apesar de pequena esta bem interessante, vale a pena dar uma passada lá! É de graça e você ainda conhece um dos meus lugares favoritos, a Biblioteca da faculdade de letras!

A biblioteca fica na rua : Avenida Professor Lineu Prestes, travessa 12 nº 350 em São Paulo e você pode visitar a exposição até o dia 30 de novembro das 8:30 – 21:45 em dias de semana e se sábados das 9h até as 13h.







10
nov
2017

Sosenka, a Cosplayer mais incrível do mundo


Todos os Cosplayers – assim como outros artistas – têm uma curva de aprendizado pela qual precisam passar se quiserem alcançar a grandeza. Mas parece que a polonesa autodidata Justyna Sosnowska encontrou um atalho!

E eu não estou dizendo que a Sosnowska (também conhecida como Sosenka) não trabalhou dura e arduamente, mas que a combinação de sua incrível dedicação e talento permitiu que ela conseguisse resultados impressionantes em apenas 3 anos.

Sosenka possui um diploma de Arquitetura paisagística e seu interesse pela maquiagem SFX começou apenas em 2014, como hobby. Ela rapidamente evoluiu para algo muito maior pois acabou se apaixonando pelo que faz. O fato é que ela não veste apenas uma fantasia. De acordo com a artista, existe toda uma técnica de mapeamento das imagens dos personagens para fortalecer certos traços de personalidade, como paciência, precisão e sucesso na busca dos objetivos.

A artista é simplesmente genial e não tem medo de tentar coisas novas ou retratar uma grande variedade de personagens vindos das mais diferentes mídias. Confiram alguns dos seus melhores – e mais impressionantes – trabalhos:


(leia mais…)







13
out
2017

Brasil Game Show #BGS10


Olá galerinha do Pausa Para Nerdices, aqui é a Clay e hoje eu vim falar um pouco da Brasil Game Show 2017, a maior feira de games que está acontecendo essa semana no Expo Center Norte. O PPN esteve na 10ª edição e conta tudo para você agora!

Estivemos presentes no primeiro dia de evento e logo de início fomos agraciados pela presença de Ed Boon e Hideo Kojima na cerimônia de abertura do evento e em seguida tivemos acesso aos dois pavilhões repleto de estandes. Conferimos em primeira mão as novidades da SONY e o seu VR. Do outro lado o stand do XBOX da Microsoft já vinha com força total e um simulador do Forza. Isso é só um pouquinho das coisas mais legais que estão por lá.

O ambiente está bem organizado com os corredores bem amplos, bem como os estandes também estão, então mesmo que o evento fique cheio, ainda assim creio que você terá um bom espaço para passear por lá. Por ser primeiro dia as filas para jogar estavam longe de serem longas, apesar de que jogos como FIFA 18, Marvel vs Capcom e COD World War II estavam bem disputados para serem testados.

Mas fora a área das grandes produtoras, gostaria de falar da presença forte das thirds que também traziam diversos freeplays para os jogadores. E vejo este como o principal ponto positivo da Brasil Game Show, podermos ter esse contato com as thirds e as produtoras independentes e assim conhece-las mais de perto, pois o potencial dessa galera é alto e é sempre bom ter novas ideias que possam alcançar o topo e melhorar o mundo dos games.

Tive a oportunidade de testar o simulador de corrida do Forza, e gente, o negócio é muito difícil, ele realmente o leva para dentro de um carro de corrida. O volante tem um peso considerável nas curvas, principalmente quando você tenta fazer o drifite, dá pra sentir como se as rodas estivessem travadas. Nem vou dizer que bati várias vezes e sai da pista muitas outras, mas a experiência vale muito a pena e você com certeza irá querer testar novamente só para ver se consegue domar aquele volante.

O VR da Sony por sua vez está com uma imersão muito mais profunda do que eu imaginava. Claro que a tecnologia ainda está no começo e engatinhando a passos um tanto quanto tímidos, mas fico imaginando como estará daqui uns 10, 20 anos. Talvez até antes mesmo desse tempo teremos coisas que hoje mal imaginamos, ou então com uma qualidade de jogo e qualidade gráfica que nos fará duvidar em que mundo estamos. Será que estou sendo muito otimista?

Queria falar também sobre a organização para o Meet & Greet Canon, que possibilita aos fãs que conseguirem entrar na fila, como também aqueles que não conseguem de poder ver o seu artista favorito a poucos metros de distância, com o palco em destaque e uma área ampla ao redor, todos podem ter um pouco desse gostinho mesmo que por um pequeno instante. Não pegamos a fila para ver o mestre Kojima de pertinho, mas olha a foto que conseguimos guardar de lembrança. Quando eu teria imaginado uma chance dessas, não é mesmo?!

A parte de alimentação está o de sempre, apesar de que desta vez não me pareceu tão variado assim, você encontra tanto lanches como pratos elaborados. Aliás, o lobby de imprensa estava bem organizado também, e confortável, o que por sinal é muito importante para quem tem de aguentar 5 dias de evento.

E como todo bom evento de games e outras coisinhas geeks, não poderia faltar as lojinhas e os cosplayers. Visitei algumas e encontrei muitos itens interessantes como apoiadores de livros estilizados, ursos de pelúcia zumbis customizados, camisetas, plaquinhas e muitos, mas muitos action figures e aquele game que você tá procurando, irá poder comprar em primeira mão por lá.

É isso pessoal, esse foi só um resumo de tudo que tem por lá na Brasil Game Show que vai até o dia 15/10. Então corre que ainda dá tempo de você conferir o evento.

Até mais.

Siga a Clay nas redes sociais

Blog: Sai da Minha Lente
Facebook: www.facebook.com/saidaminhalente
Instagram: @clayci