Escolhidos para você

Aguenta, coração! Na semana passada, a Disney liberou o primeiro teaser do live-action de Aladdin. Se você ainda não viu, corre pra apertar o play:

Aladdin é um rapaz pobre que encontra uma lâmpada mágica e conhece um gênio irreverente que o concede três desejos. Enquanto isso, no palácio do reino de Agrabah, a princesa Jasmine sonha com a sua liberdade. A história de ambos se cruza e os dois acabam se apaixonando, mas o conselheiro real do sultão, Jafar, fará de tudo para acabar com o romance e conseguir o que mais almeja: o trono e pleno poder.

A sinopse oficial do filme ainda não foi divulgada, mas a produção conta com Will Smith como o Gênio da lâmpada, Mena Massoud como Aladdin, Naomi Scott como Jasmine e Marwan Kenzari como o vilão Jafar. A direção é assinada por Guy Ritchie.

Pelo teaser, já dá pra perceber que a Disney vai pelo mesmo caminho de A Bela e a Fera e ser bem fiel a animação. Todas as cenas mostradas são bem familiares e conhecidas pelos fãs, e ainda pudemos ter um vislumbre do Yago, o papagaio de estimação do Jafar, além do protagonista. Por causa disso, é claro que a galera da internet foi rapidamente fazer uma comparação com o desenho de 1992:

Não vou negar, eu AMO live-action fiel e amo essas comparações! kkkkk

Uma curiosidade: inicialmente, a Disney planejava um filme focado na história do Gênio, mas por algum motivo resolveram criar uma adaptação da animação comandada por Ron Clements e John Musker que fez um enorme sucesso na época de seu lançamento faturando dois Oscars, além de ser a maior bilheteria dos cinemas naquele ano.

O primeiro pôster promocional do live-action também já foi divulgado e, em breve, deve rolar algumas fotos oficiais pela internet. Eu tô muito ansiosa para ver a Naomi como Jasmine!

Foi o próprio Will Smith que revelou o cartaz onde diz “Escolha sabiamente“. O ator ainda escreveu que não vê a hora do público o ver todo azul, o que já é basicamente um spoiler de que seu visual também será fiel a animação.

Aladdin tem previsão de estreia nos cinemas para maio de 2019.

Muitos personagens da Disney realmente existiram. Quer dizer, foi mais ou menos assim. A Disney produz animações há mais de 80 anos, então é óbvio que os recursos que eram usados em seus filmes mais antigos são bem diferentes dos de hoje em dia. Para reproduzir as cenas de várias princesas, por exemplo, os diretores do longa contratavam dançarinas e atrizes. Usando a roupa da personagem, elas interpretavam todas as cenas da para ajudar os desenhistas na produção final. Conheça abaixo alguns desses artistas que podemos considerar os príncipes, vilões e princesas da Disney da vida real, além também de celebridades que serviram apenas como inspiração para a aparência de certos personagens!

BRANCA DE NEVE

A Branca de Neve e os Sete Anões foi lançado em 1937 e foi a primeira animação a ser exibida nos cinemas. A dançarina Marge Champion serviu de molde para todas as cenas da princesa, e suas mãos também foram usadas para recriar os movimentos do anão Dunga.

Assista abaixo uma entrevista com Marge, feita em 2009, que conta um pouco mais sobre esse fato curioso.

Já a Rainha Má teve sua aparência e personalidade inspirada na personagem da atriz Helen Gahagan no filme “She”, seu único trabalho hollywoodiano. Posteriormente, Helen largou os holofotes para se dedicar a vida política.

ALICE NO PAÍS DAS MARAVILHAS & PETER PAN

Ambos os filmes foram lançados nos anos 40 e eu sempre achei a Alice e a Wendy bem parecidas, agora eu sei porque. A atriz Kathryn Beaumont serviu como molde, inspiração visual e dubladora das duas personagens. Além disso, ela também interpretou a Wendy em um seriado live-action de Peter Pan daquela época.

Abaixo, Ed Wynn como o Chapeleiro Maluco.

Margaret Kerry jamais recebeu seus devidos créditos pelo seu papel em Peter Pan, apenas por ser dubladora, mas ela também foi o molde responsável por todos os movimentos e expressões faciais da fada Sininho/Tinkerbell. Entretanto, há boatos de que a aparência física da personagem foi baseada em Marilyn Monroe.

Já o vilão Capitão Gancho foi dublado e representado por Hans Corried. Ele também é conhecido por participar de outros filmes live-action da Disney.

E para finalizar a sessão Peter Pan, só faltava o personagem principal! Bobby Driscoll (foto abaixo) foi a inspiração física e dublador do menino que não queria crescer, além de também interpretar o personagem em um seriado na TV. Porém, é o dançarino Roland Dupree o molde para os movimentos de Peter (há umas imagens acima com Kathryn Beaumont).

A BELA ADORMECIDA & CINDERELLA

Dizem por aí que Audrey Hepburn foi a inspiração para a aparência física da princesa Aurora, mas a responsável pelos movimentos da personagem foi Helene Stanley. Assista abaixo a um video dos desenhistas copiando seus movimentos – que no filme ficaram idênticos, super delicados – durante a produção da animação:

Além disso, a atriz também serviu como molde para Cinderella, sua irmã Anastasia e Anita, de 101 Dálmatas.

Eleanor Audley também é uma daquelas atrizes de 1001 utilidades: a combinação dos seus movimentos, voz e beleza serviu como uma luva para a bruxa Malévola e para a madrasta da Cinderella.

BAMBI & A DAMA E O VAGABUNDO

Apenas seres humanos serviram como inspiração para a Disney? A resposta é não! Para fazer com que os movimentos dos filmes que tem animais como protagonistas parecessem o mais real possível, os produtores da Disney costumavam conviver com algumas espécies dentro dos estúdios. Um deles foi Faline, o veado molde para Bambi. Hoje em dia, eles se limitam a apenas visitar zoológicos, afinal o enclausuramento dos animais em escritórios para fins de trabalho é visto como crueldade.

Um dos maiores problemas para a produção de A Dama e o Vagabundo foi exatamente a criação de uma de suas estrelas: o Vagabundo. Lady era para ser uma cocker spaniel clássica desde o início, mas ninguém conseguia achar um visual ideal para o seu par no filme. Até o dia em que um dos escritores da trama viu um vira-lata na rua, perfeito para o papel. Assim como no filme, o esperto cão fugiu e ninguém conseguiu pegá-lo. Dias depois foi constatado que ele estava em uma carrocinha da cidade. Quando finalmente o levaram para os estúdios, descobriram que na verdade se tratava de uma fêmea, mas mesmo assim ela continuou sendo exatamente o que eles queriam: um vira-lata “legítimo” para compor o personagem. Depois de terminado o trabalho, a cadelinha (foto acima) passou o resto de seus dias em uma casa de Hollywood.

A PEQUENA SEREIA

Ariel teve base em várias inspirações dos produtores da animação. A começar pela aparência física, tudo leva a crer que a personagem principal tem seus traços de acordo com os de Alyssa Milano. A atriz, mais tarde, faria sucesso no seriado Charmed. Coincidência ou não, em certo episódio, sua personagem vira uma sereia.

Quem ficou responsável pelos movimentos de Ariel foi a atriz Sherri Stoner, que na época tinha 30 anos, e dois anos depois também serviu de molde para a Bela, de A Bela e a Fera. 

Já a vilã Úrsula, a temida bruxa do mar, teve sua aparência e personalidade inspirada na da drag queen Divine. E não é que se parecem mesmo?!

Hoje em dia, com a tecnologia e as animações em 3D, não é mais necessário utilizar moldes humanos para reproduzir os movimentos dos personagens, mas muitos continuam tendo sua aparência inspirada em pessoas reais. É o caso do Aladdin, por exemplo, que dizem que foi inspirado pelo Tom Cruise (apesar de eu achar beeeeem nada a ver, a começar pela etnia, hehe).

Por mais que atualmente os gráficos alcancem tamanha perfeição, não sei se é devido a nostalgia, mas os desenhos de antigamente eram bem melhores, né?! E é tão legal vê-los criando vida e saber que aqueles personagens, de uma forma ou de outra, eram reais! *-*

Oi, gente! Antes de começar, vou me apresentar. Sou a Camila Gomes, a nova colaboradora aqui do PPN! Na família Pausa não sou tão nova, pois já trabalho com a Bruna, a primeira-dama, há uns anos no blog Sereismo. Mas, além de sereia, também sou nerd e amo, em especial, tudo que envolve a Disney (ou tudo que a Disney envolve, rs), e é sobre ela que meus posts serão por aqui 😀 Obrigada, Leandro, pela oportunidade e convite para integrar esse time! Espero que gostem do meu trabalho por aqui <3

As eleições para presidência do Brasil estão chegando! Ainda está em dúvida sobre qual candidato escolher na hora de votar? Seus problemas acabaram e o PPN esttá aqui pra te ajudar nessa decisão! O artista Guto Disney Collector criou pôsteres de personagens da Disney, de princesas e vilões, como se fossem presidenciáveis. Eles possuem vice e até slogan, achei isso muito bom! Hahaha! Vem dar uma olhada em alguns deles (atenção: esse post contem muitas referências!):

Emancipação para toda jovem que tenha a partir de 16 anos.

Prevejo uma aliança entre Branca de Neve e Rapunzel para barrarem a subida ao poder de suas madrastas narcisistas.

As propostas da Branca de Neve e da Pocahontas têm tudo para uma aliança de sucesso também, não acham?!

Mulan seria aquela candidata feminista lacradora que faria sucesso com memes criados pelo Mushu nas redes sociais, mas não ficaria só na internet, não! Colocaria e muito a mão na massa!

Já imaginando as tretas nas redes sociais da galera as chamando de esquerda caviar, huahua!

Com um time desse eu penso em apenas uma coisa: golpe! E dos sangrentos. Eu, hein!

Já pensaram em uma aliança entre Bela e Tiana? Além de educação com 100% na taxa de alfabetização e cultura garantidos, também teríamos 0% de desemprego. Já podem governar o mundo, princesas!

Alavancas e poções finalmente funcionando devidamente!

Aquele tipo de candidato que tem tudo pra levar o seu voto se não fosse o vice com falas e ideias duvidosas…

Na página do Facebook do Guto tem mais pôsteres! Se você gostou, clica aqui para conferir! Não deixem também de acessar o seu Instagram @gutodisneycollector que é cheio de fotos lindas de bonecas da Disney, muitas reproduzindo cenas dos filmes *-*

Agora conta pra gente, conseguiu escolher em quem votar? E pra quem desses você diria #elenão? Hehe!