Escolhidos para você

O Rastro da Serpente é um conto que despertou vários sentimentos enquanto eu lia. Fiquei angustiada, intimidada e perturbada com os traumas que a personagem Kyra carrega dentro de si.

“O rastro da serpente” conta a história de uma mulher que é dominada por uma estranha força. Depois de uma vida traumática de abusos e humilhações, Kyra é influenciada por uma antiga entidade reptiliana. Mais do que uma história sobre possessão, “O rastro da serpente” fala sobre a redescoberta de forças internas que nem sempre serão benéficas.

Sobre a história

Kyra vive um momento complicado e confuso. Divorciada, enfrenta problemas financeiros que o seu emprego atual não consegue suprir. Ela é apaixonada por crianças e só consegue esquecer dos problemas quando está em sala de aula, trabalhando como professora.

 

Kyra quer ser mãe, mas descobriu que é estéril; desde então gasta o que não tem com tratamentos para tentar realizar esse sonho. E a chegada de um novo aluno, desperta ainda mais esse desejo fazendo com que sua vida vire de ponta-cabeça. De repente, tudo o que ela fazia questão de esquecer, volta em uma espiral de acontecimentos perturbadores.

O passado dela é sombrio. Kyra teve uma infância marcada de abusos físicos e psicológicos. Carrega várias cicatrizes, mas ainda assim tenta seguir em frente e esquecer estes acontecimentos. Entretanto, esse novo aluno, fará com que ela questione a própria sanidade.

O que achei de o Rastro da Serpente

O Rastro da serpente é um conto bem curtinho, mas com uma carga emocional enorme. Pensei que conseguiria ler em uma “sentada”, mas tive que ir devagar por conta do conteúdo delicado. Esse foi o meu primeiro contato com a escrita da autora e já quero ler outras obras dela. A Larissa teve uma sensibilidade para narrar as crueldades que Kyra vivenciou.

A personagem estava com dificuldades para lidar com os problemas. Maya, sua irmã, era a única que poderia ajudá-la; todavia a vida de Kyra declina de vez quando aceita essa ajuda. Como teve que sair de casa – por causa do divórcio – Kyra precisou morar com sua irmã mais nova. Ver a convivência e o relacionamento entre elas, deu pra sentir o quanto fora negligenciada na infância.

Essa edição da editora Skript está maravilhosa! A capa foi ilustrada pela Daniella Salamão e fiquei apaixonada pelos detalhes. Sem falar que o livro contém ilustrações de Gio Guimarães e estas conversam com a história perfeitamente. É um conto incrível e vale a pena ler.