Escolhidos para você

Finalmente vou conseguir explicar um pouco melhor a história de Kingdom Hearts para vocês! Com o terceiro jogo (porém o decimo) da franquia a ser lançado muitas respostas foram dadas. Porém criaram-se muitas outras, então sente-se na cadeira aí, pega uma pipoca, por que o post vai ler longo, e eu vou ter que dividi-lo em algumas partes. Foram quase 3 dias inteiros e muita pesquisa para completar esse post, espero que vocês gostem!

 Para começar explicando a história de Kingdom Hearts, precisamos entender que o jogo não foi lançado na ordem cronológica, ou seja os buracos foram se abrindo e a Square tentou tapar eles com outros jogos. Basicamente eles criaram um monstro muito maior do que podiam controlar. Tenha em mente então que Kingdom Hearts, não é apenas a história de Sora e Riku, e sim a história de todo um mundo que vem sendo contada há vários anos.

Essa história começa em Kingdom Hearts Union X, o jogo mobile (gratuito para baixar para IOS e Android) Neste jogo conhecemos a “Era dos Contos de Fadas” Nessa era o mundo ainda era cheio de luz e alegria, e as sombras não existiam. Todos acreditavam que isso era possível pois uma força chamada Kingdom Hearts (a lua gigante em formato de coração) reinava naquela época, e era protegida pela X-blade, não confundir com o keyglabe, apesar da pronúncia ser igual. Naquele momento todos os mundos eram unidos, todos eram um mundo só. Porém o mundo das sombra existia também, ele só não era acessível para ninguém. Todos os “mundos” eram observados e guardados pelo Mestre dos Mestres da sua torre chamada de Daybreak Twon. Porém as sombras começaram a vazar para o mundo de luz. Diante dessa ameaça, pessoas com o dom natural de resistirem as sombras, se tornaram os portadores de keyblades, como se o próprio mundo estivesse se defendendo. Foi então que o Mestre dos mestres selecionou seis aprendizes para liderarem esses portadores de keyblades, e em um primeiro momento se pensou que essas facção serviriam para evitar que o mundo fosse dominado pelas sombras, porém não era bem esse o plano do Mestre dos mestres.

Sabendo que a salvação do mundo não era possível, o Mestre resolveu já preparar seus discípulos para o pior, a Batalha das Keyblades, onde os mundos seriam separados, e as sombras prevaleceram. Porém como o mestre sabia de todos esse acontecimentos? O Mestre possuía a habilidade de ver o futuro e com esse poder ele escreveu um livro com todos os acontecimentos do mundo até a Batalha das Keyblades. Desse livro, foram feitas 5 cópias e distribuídos entre a cinco dos seus aprendizes, que ficaram conhecidos como os Fouretellers. Foi aí que as facções se formam, liderados por, Invi (Cobra) Gula (Leopardo), Ira (Unicórnio), Aced (Urso) e Ava (Raposa). Cada facção então recebeu membros que se identificaram com aquele tipo de grupo, para cada um desses membros um espírito de luz e dado para acompanhar as suas aventuras (são aqueles ursinhos segurando uma bolsinha que vemos no jogo de mobile). Enquanto esses cinco aprendizes do Mestre foram designados a suas funções, um aprendiz recebeu uma missão bem diferente, que os outros não deveriam saber. Luxu, o último aprendiz, não recebeu uma cópia do livro, ao invés disso ele recebe a keyblade o Mestre com um olho, e lhe é pedido para vagar pelo mundo, observando tudo que acontece nos mundos. O olho que está cravado na keyblade é do Mestre e com isso ele cria um link temporal, ou seja, onde quer que a keyblade esteja, o Mestre dos mestres vai poder saber o que está acontecendo. Além da keyblade, Luxu segue sua peregrinação junto a uma caixa enorme preta, que ninguém ainda sabe qual o conteúdo.

O Mestre então deixa para cada líder de facção uma tarefa, assim como fez com Luxu. A missão de Ira será de liderar não só a sua facção mas como todas as outras. O Mestre também revela que em breve ele deixará de existir e quer que Ira tome conta de todos e que ele não tente evitar a Guerra das Keyblades, pois ele é inevitável. Para Invi, o Mestre deixa a missão de cuidar dos outros líderes, e para que todos sigam seu papel. Para Ava, a missão é de quando a guerra finalmente chegar ela deve formar um grupo com pessoas que possam passar o dom da keyblade para outras, e assim o dom jamais será perdido, e vão poder deixar a luz viva em cada um dos mundos.

Sendo assim Ava cria o grupo Dandelions (dente-de-leão) e nomeia 5 novos líderes, e um deles recebe outra cópia do livro do futuro escrito pelo mestre. Esse novo grupo é totalmente secreto e ninguém mais além de Ava pode saber a existência dele. Gula, ficou responsável por portar uma página secreta que o Mestre não incluiu em nenhuma outra cópia do seu livro de previsões. Nessa página estava indicado quem seria o traidor entre os líderes, e apenas Gula sabia quem era. Passado todas as tarefas o Mestre simplesmente desaparece.Passam-se anos, e a notícia de que existe um traidor entre os líderes é espalhada.

Os cinco então passam a duvidar e a não confiar em mais ninguém. Ira então descobre que existe uma página do livro faltando nas cópias que foram entregues aos líderes. Enquanto isso as sombras continuam avançando sobre o mundo de luz cada vez mais rápido. Ira pede então que as outras facções se unam para que as sombras não se espalham tão rapidamente, para Ira não existe um traidor entre eles. Porém Aced não acredita nisso, e passa a  duvidar de todos, assim a tensão e desconfiança só aumenta no grupo. Um dos aprendizes de Ava, Ephemer é pego por ela investigando a conexão dos mundos, e por conta dessa curiosidade,

Ephemer é convidado por Ava para ser o líder da facção secreta que irá liderar outros portadores de keyblades pelos mundos quando eles se separarem (Vamos voltar o Ephemen lá no final do jogo 3), Aced, Invi e Ava travam então uma batalha pois os três desconfiavam muito um do outro. Após essa Batalha Aced sai bem ferido e é encontrado por Gula, que revela que existe sim uma página secreta que somente ele recebeu pois deve encontrar o traidor, sem acreditar muito nisso, Aced tenta matar Gula porém é impedido por Ava. Aced então conta para Ira sobre a página secreta e Ira decide que todos devem ter acesso a página. Gula, ainda machucado é encontrado por Ava e revela que não sabia ao certo quem de fato era o traidor, apenas que aquele que carrega o sigilo seria o traidor. Desesperado então, Gula crê que a única maneira de voltar tudo ao normal é ter o Mestre dos mestres entre eles novamente, e a única forma disso acontecer é sumonando o Kingdom Hearts, ele pede ajuda de Ava, porém invocar Kingdom Hearts era estritamente proibido pelo Mestre, e ela se recusa.

Com a inveja e desconfiança crescendo cada dia mais entre os membros e líderes das facções, Ava começa a treinar os Dandelions para a sua missão final, já que a Batalha das Keyblades parece cada vez mais perto. Aced começa a se preparar para guerra também deixando seus seguidores cada vez mais fortes e faz questão de deixar isso bem claro para todos os outros líderes, dizendo que ganhará a Guerra das Keyblades o mais forte. Ava então desaparece e depois descobrimos que ela foi atrás de Luxu. Ele então conta que não recebeu o livro e que seu dever é apenas de observar. Ava pergunta sobre as reais intenções do Mestre e Luxu responde que o mestre não liga para a guerra, ele só se importa com o que vem depois dela. Ava fica desconfiada e pergunta se Luxu é o tal traidor, ele por sua vez não responde, apenas invoca sua keyblade. Temos certeza então que Luxu era o traidor e que todos aqueles acontecimentos foram calculados pelo Mestre dos mestres. Ava perde o controle e ataca Luxu, quando suas keyblades colidem lançam uma onde de energia que faz com o que sino da torre toque, dando início a Guerra das Keyblades. Descobrimos então que toda aquela tensão e desconfiança que foi gerada ao longo dos tempo provinha de uma forma das sombras (Darck Tirichy) que causou toda aquela situação, como um pesadelo. A Guerra finalmente começa, e as 5 facções se encontram e começam a lutar, quanto mais mortes, mais corações são lançados pelo céu. Durante a Batalha Invi, já exausta, abandona o campo de batalha, enquanto Aced e Ira se enfrentam. Ava se junta a batalha, pois não acreditava em mais nada do que o Mestre havia lhe pedido para fazer, após sua conversa com Luxu. Com tantas mortes, aquele local começa a fiz infestado de keyblades cinzas e sem donos, o que mais tarde conheceremos como Keyblade Graveyard (Cemitério das Keyblades.) Com o término da batalha, Kingdom Hearts aparece no céu do campo de batalha, e todos os corações daqueles que caíram, se unem a grande lua. Luxu, como lhe foi dito, observou tudo, assim como o Mestre dos mestres através da sua keyblade. Os cinco líderes dos Dandelion se unem então após a batalha, Epheme, se junta aos outros 4 líderes, que por acaso um deles é Ventus e o outro um tal de Laurim que é muito parecido com Marluxa(calma).Não sabendo do paradeiro dos líderes originais, os Dandelion se unem na Daybreak Twon, Ventus diz ao grupo que uma das integrantes não conseguiu chegar até lá com eles, pois foi atacada e teve seu livro de regras roubado por uma das pessoas que estava ali na sala com eles, essa pessoa que foi assassinada se chamava Strelitzia.

Sabemos então que em algum momento da Guerra das Keyblades, a X-Blade foi invocada. Kingdom Hearts também desapareceu durante a Guerra das Keyblades. Em algum momento dessa calamidade o mundo de luz se dividiu e as trevas tomaram conta (por isso que precisamos da Gummy Ship para viajar entre esses mundos).

Como Kingdom Hearts Union ainda não terminou, vamos ficar com algumas perguntas sem resposta, como, que raios Ventus e Marluxia estão fazendo aqui? Quem é o Mestre dos Mestres? Quem matou Strelitzia? Pois é, ainda não temos as respostas para essas perguntas. Então vamos ter que aguardar.  Enquanto isso daremos um salto temporal direto para Birth By Sleep (Lançado em 2010).

A gente continua essa história na segunda que vem! <3 

  1. […] dos Mestres será revelada assim como Luxu / Xigbar  (Se você não entendeu essa parte, clica AQUI que eu expliquei a história inteira dos jogos). Naminé que teve pouca importância no jogo 3, […]