Escolhidos para você

You apareceu na hora certa por aqui. Estava procurando algo para assistir e dei de cara com essa novidade no catálogo da Netflix. Apesar de ter visto algumas pessoas comentando sobre a história original, pois a série foi baseada na obra de Caroline Kepnes, ainda não tive a oportunidade de ler. Logo na sinopse, vi que é um prato cheio para os fãs de livros, pois o protagonista é gerente de uma livraria. 

O que posso adiantar é que depois de assistir os 10 episódios, comecei a refletir sobre as coisas que compartilho nas redes sociais. Me dei conta de que não tenho a “privacidade” que faço tanta questão de ter. Aliás, como você preserva a sua? Publico tanta coisa que me esqueço da facilidade e da quantidade de informações que as pessoas têm ao jogar nosso nome no Google. E na história, por conta dessa exposição, Beck acaba atraindo a atenção da pessoa errada (ou seria a certa?).

MAS DO QUE SE TRATA A SÉRIE?

Joe quer te convencer que é o cara certo. Ele é atencioso, dedicado e faz tudo para que Beck recupere a confiança em si mesma. E apesar do primeiro encontro deles ter sido ocasional (eles se conheceram na livraria em que Joe trabalha), o destino acaba aí. Após descobrir o nome da jovem estudante, o livreiro começa rastrear os seus passos e até descobre onde ela mora.

O livreiro é obcecado pela estudante e se sente responsável por sua segurança. Ele acredita que Beck se relaciona com as pessoas erradas e que merece uma vida melhor (ao lado dele). Por isso, não medirá esforços para tirar estas pessoas do caminho dela.

A série é bem envolvente e precisei maratonar para saber do final. You é narrado de maneira única , pelo ponto de vista do próprio Joe. Isso faz com que o expectador ouça a forma como ele interpreta os seus sentimentos por Beck e como é incapaz de ver em si mesmo as características abusivas e violentas que ele tanto detesta em outros homens.

Sem falar que Joe não é todo mal. Ele protege e gosta do seu vizinho, uma criança cujo a mãe se envolveu com um cara agressivo. Há algumas situações em que senti até empatia pelo personagem e Beck ajudou nesse quesito. Apesar dela ser descuidada e ingênua em algumas questões, ela mente. E por não ser aquela personagem perfeita, isso faz com que a gente a julgue e até esqueça das coisas que Joe fez. No entanto, não se engane, pois ele não é a vitima da história. 

A série foi renovada! E se você ainda não assistiu, vale super a pena!