Escolhidos para você

Finalmente vou conseguir explicar um pouco melhor a história de Kingdom Hearts para vocês! com o terceiro jogo (porém o decimo) da franquia a ser lançado muitas respostas foram dadas, porém criaram-se muitas outras, então sente-se na cadeira ai, pega uma pipoca, por que o post vai ler longo, e eu vou ter que dividi-lo em algumas partes, foram quase 3 dias inteiros e muita pesquisa para completar esse post, espero que vocês gostem!

Para começar explicando a história de Kingdom Hearts, precisamos entender que o jogo não foi lançado na ordem cronológica, ou seja os buracos foram abrindo e a Square tentou tapar eles com outros jogos. Basicamente eles criaram um monstro muito maior do que podiam controlar. Para começar explicando a história de Kingdom Hearts, precisamos entender que o jogo não foi lançado na ordem cronológica, ou seja os buracos foram se abrindo e a Square tentou tapar eles com outros jogos. Basicamente eles criaram um monstro muito maior do que podiam controlar. Tenha em mente então que Kingdom Hearts, não é apenas a história de Sora e Riku, e sim a história de todo um mundo que vem sendo contada há vários anos.

Essa história começa em Kingdom Hearts Union X, o jogo mobile (gratuito para baixar para IOS e Android) Neste jogo conhecemos a “Era dos Contos de Fadas” Nessa era o mundo ainda era cheio de luz e alegria, e as sombras não existiam. Todos acreditavam que isso era possível pois uma força chamada Kingdom Hearts (a lua gigante em formato de coração) reinava naquela época, e era protegida pela X-blade, não confundir com o keyglabe, apesar da pronúncia ser igual. Naquele momento todos os mundos eram unidos, todos eram um mundo só. Porém o mundo das sombra existia também, ele só não era acessível para ninguém. Todos os “mundos” eram observados e guardados pelo Mestre dos Mestres da sua torre chamada de Daybreak Twon. Porém as sombras começaram a vazar para o mundo de luz. Diante dessa ameaça, pessoas com o dom natural de resistirem as sombras, se tornaram os portadores de keyblades, como se o próprio mundo estivesse se defendendo. Foi então que o Mestre dos mestres selecionou seis aprendizes para liderarem esses portadores de keyblades, e em um primeiro momento se pensou que essas facção serviriam para evitar que o mundo fosse dominado pelas sombras, porém não era bem esse o plano do Mestre dos mestres.

Sabendo que a salvação do mundo não era possível, o Mestre resolveu já preparar seus discípulos para o pior, a Batalha das Keyblades, onde os mundos seriam separados, e as sombras prevaleceram. Porém como o mestre sabia de todos esse acontecimentos? O Mestre possuía a habilidade de ver o futuro e com esse poder ele escreveu um livro com todos os acontecimentos do mundo até a Batalha das Keyblades. Desse livro, foram feitas 5 cópias e distribuídos entre a cinco dos seus aprendizes, que ficaram conhecidos como os Fouretellers. Foi aí que as facções se formam, liderados por, Invi (Cobra) Gula (Leopardo), Ira (Unicórnio), Aced (Urso) e Ava (Raposa). Cada facção então recebeu membros que se identificaram com aquele tipo de grupo, para cada um desses membros um espírito de luz e dado para acompanhar as suas aventuras (são aqueles ursinhos segurando uma bolsinha que vemos no jogo de mobile). Enquanto esses cinco aprendizes do Mestre foram designados a suas funções, um aprendiz recebeu uma missão bem diferente, que os outros não deveriam saber. Luxu, o último aprendiz, não recebeu uma cópia do livro, ao invés disso ele recebe a keyblade o Mestre com um olho, e lhe é pedido para vagar pelo mundo, observando tudo que acontece nos mundos. O olho que está cravado na keyblade é do Mestre e com isso ele cria um link temporal, ou seja, onde quer que a keyblade esteja, o Mestre dos mestres vai poder saber o que está acontecendo. Além da keyblade, Luxu segue sua peregrinação junto a uma caixa enorme preta, que ninguém ainda sabe qual o conteúdo.

O Mestre então deixa para cada líder de facção uma tarefa, assim como fez com Luxu. A missão de Ira será de liderar não só a sua facção mas como todas as outras. O Mestre também revela que em breve ele deixará de existir e quer que Ira tome conta de todos e que ele não tente evitar a Guerra das Keyblades, pois ele é inevitável. Para Invi, o Mestre deixa a missão de cuidar dos outros líderes, e para que todos sigam seu papel. Para Ava, a missão é de quando a guerra finalmente chegar ela deve formar um grupo com pessoas que possam passar o dom da keyblade para outras, e assim o dom jamais será perdido, e vão poder deixar a luz viva em cada um dos mundos. Sendo assim Ava cria o grupo Dandelions (dente-de-leão) e nomeia 5 novos líderes, e um deles recebe outra cópia do livro do futuro escrito pelo mestre. Esse novo grupo é totalmente secreto e ninguém mais além de Ava pode saber a existência dele. Gula, ficou responsável por portar uma página secreta que o Mestre não incluiu em nenhuma outra cópia do seu livro de previsões. Nessa página estava indicado quem seria o traidor entre os líderes, e apenas Gula sabia quem era. Passado todas as tarefas o Mestre simplesmente desaparece.Passam-se anos, e a notícia de que existe um traidor entre os líderes é espalhada. Os cinco então passam a duvidar e a não confiar em mais ninguém. Ira então descobre que existe uma página do livro faltando nas cópias que foram entregues aos líderes. Enquanto isso as sombras continuam avançando sobre o mundo de luz cada vez mais rápido. Ira pede então que as outras facções se unam para que as sombras não se espalham tão rapidamente, para Ira não existe um traidor entre eles. Porém Aced não acredita nisso, e passa a  duvidar de todos, assim a tensão e desconfiança só aumenta no grupo. Um dos aprendizes de Ava, Ephemer é pego por ela investigando a conexão dos mundos, e por conta dessa curiosidade, Ephemer é convidado por Ava para ser o líder da facção secreta que irá liderar outros portadores de keyblades pelos mundos quando eles se separarem (Vamos voltar o Ephemen lá no final do jogo 3), Aced, Invi e Ava travam então uma batalha pois os três desconfiavam muito um do outro. Após essa Batalha Aced sai bem ferido e é encontrado por Gula, que revela que existe sim uma página secreta que somente ele recebeu pois deve encontrar o traidor, sem acreditar muito nisso, Aced tenta matar Gula porém é impedido por Ava. Aced então conta para Ira sobre a página secreta e Ira decide que todos devem ter acesso a página. Gula, ainda machucado é encontrado por Ava e revela que não sabia ao certo quem de fato era o traidor, apenas que aquele que carrega o sigilo seria o traidor. Desesperado então, Gula crê que a única maneira de voltar tudo ao normal é ter o Mestre dos mestres entre eles novamente, e a única forma disso acontecer é sumonando o Kingdom Hearts, ele pede ajuda de Ava, porém invocar Kingdom Hearts era estritamente proibido pelo Mestre, e ela se recusa.

Com a inveja e desconfiança crescendo cada dia mais entre os membros e líderes das facções, Ava começa a treinar os Dandelions para a sua missão final, já que a Batalha das Keyblades parece cada vez mais perto. Aced começa a se preparar para guerra também deixando seus seguidores cada vez mais fortes e faz questão de deixar isso bem claro para todos os outros líderes, dizendo que ganhará a Guerra das Keyblades o mais forte. Ava então desaparece e depois descobrimos que ela foi atrás de Luxu. Ele então conta que não recebeu o livro e que seu dever é apenas de observar. Ava pergunta sobre as reais intenções do Mestre e Luxu responde que o mestre não liga para a guerra, ele só se importa com o que vem depois dela. Ava fica desconfiada e pergunta se Luxu é o tal traidor, ele por sua vez não responde, apenas invoca sua keyblade. Temos certeza então que Luxu era o traidor e que todos aqueles acontecimentos foram calculados pelo Mestre dos mestres. Ava perde o controle e ataca Luxu, quando suas keyblades colidem lançam uma onde de energia que faz com o que sino da torre toque, dando início a Guerra das Keyblades. Descobrimos então que toda aquela tensão e desconfiança que foi gerada ao longo dos tempo provinha de uma forma das sombras (Darck Tirichy) que causou toda aquela situação, como um pesadelo. A Guerra finalmente começa, e as 5 facções se encontram e começam a lutar, quanto mais mortes, mais corações são lançados pelo céu. Durante a Batalha Invi, já exausta, abandona o campo de batalha, enquanto Aced e Ira se enfrentam. Ava se junta a batalha, pois não acreditava em mais nada do que o Mestre havia lhe pedido para fazer, após sua conversa com Luxu. Com tantas mortes, aquele local começa a fiz infestado de keyblades cinzas e sem donos, o que mais tarde conheceremos como Keyblade Graveyard (Cemitério das Keyblades.) Com o término da batalha, Kingdom Hearts aparece no céu do campo de batalha, e todos os corações daqueles que caíram, se unem a grande lua. Luxu, como lhe foi dito, observou tudo, assim como o Mestre dos mestres através da sua keyblade. Os cinco líderes dos Dandelion se unem então após a batalha, Epheme, se junta aos outros 4 líderes, que por acaso um deles é Ventus e o outro um tal de Laurim que é muito parecido com Marluxa(calma).Não sabendo do paradeiro dos líderes originais, os Dandelion se unem na Daybreak Twon, Ventus diz ao grupo que uma das integrantes não conseguiu chegar até lá com eles, pois foi atacada e teve seu livro de regras roubado por uma das pessoas que estava ali na sala com eles, essa pessoa que foi assassinada se chamava Strelitzia.

Sabemos então que em algum momento da Guerra das Keyblades, a X-Blade foi invocada. Kingdom Hearts também desapareceu durante a Guerra das Keyblades. Em algum momento dessa calamidade o mundo de luz se dividiu e as trevas tomaram conta (por isso que precisamos da Gummy Ship para viajar entre esses mundos).

Como Kingdom Hearts Union ainda não terminou, vamos ficar com algumas perguntas sem resposta, como, que raios Ventus e Marluxia estão fazendo aqui? Quem é o Mestre dos Mestres? Quem matou Strelitzia? Pois é, ainda não temos as respostas para essas perguntas. Então vamos ter que aguardar.  Enquanto isso daremos um salto temporal direto para Birth By Sleep (Lançado em 2010).

A gente continua essa história na segunda que vem! <3 

Quem me conhece sabe que eu simplesmente AMO Severo Snape! Ele é o personagem mais bem elaborado de toda a saga! Para mim, o mais multi-estratificado, o mais bem explorado, o mais incrivelmente real e vivo de todos eles! Misterioso, corajoso, dedicado, um mártir! Severo Snape se tornou a grande surpresa de Harry Potter e as Relíquias da Morte, na época do lançamento do livro, e até hoje é sinônimo de amor verdadeiro e sacrifício  e bravura para os fãs da série.

Apesar de ele ser mais um dos personagens que perdemos e que deixaram aquela sensação de “queria saber mais sobre você“, o Pottermore tem muitas informações legais sobre Snape!

Há alguns anos, após uma série de charadas, J.K. Rowling disponibilizou alguns textos sobre Snape e um deles me deixou muito comovida: The Harry Potter books from Severu’s Snape perspective. Onde há uma pequena descrição, livro a livro, falando um pouco mais sobre a perspectiva de Severo a respeito de cada um deles, sua posição, um pouco do que ele sentia, dando mais voz ao que ficou muito evidente na Penseira de Dumbledore: seu eterno amor por Lilian e seu conflito ao tentar proteger Harry acima de qualquer coisa.

Não dá pra negar que a história do amor de Severo por Lilian é o maior ponto alto de todo o desenrolar da trama. Todos os seus sacrifícios, toda uma vida dedicada a proteger o legado de seu grande amor. Toda uma existência consumida pela culpa e direcionada a honrar o nome de Lilian. É realmente algo que marca muito quando você lê pela primeira vez. É a maior prova daquela sensação de “Meu Deus, agora tudo faz sentido!“, que existe no mundo literário!

Para quem ficou interessado em ler, clicando aqui vocês podem conferir o texto do Pottermore na íntegra! Mas caso seu inglês não seja tão bom (cadê a versão em português, Pottermore?), achei aqui um blog que traduziu o texto de uma forma bem boa e que vocês podem acompanhar também!

No Pottermore tem vários outros texto sobre nosso bravo Sonserino muito legais e interessantes. Clicando aqui você vai direto para a página! Neles fica claro que Snape foi um personagem altamente planejado e que 100% da história dele estava consolidada antes mesmo do último livro ser escrito! É bem mágico! haha

A curiosidade mais interessante sobre o personagem é que Alan Rickman, o ator que interpretou Snape de forma tão brilhante, era o único, de todo o elenco, que sabia o segredo de Snape desde o princípio. J.K. admitiu que precisou contar a ele para que sua atuação fosse real. Ele saber o passado de seu personagem, mesmo que ninguém mais pudesse saber, é o que torna Alan o ator mais incrivelmente comprometido do mundo. Já que ele foi brilhante desde a primeira cena! Toda vez que eu assisto novamente um dos filmes, agora sabendo a história completa de Severo Snape, eu vejo como cada fala, cada momento, da atuação de Alan foi trabalhado com maestria pelo ator!

E aí, quem mais é do #TeamSnape ? Tem algum outro personagem que é possível admirar tanto assim? hahaha ME CONTEM! 

Beijos e até a próxima! 

Olá pausadores, tivemos uma Nintendo Direct com muitas surpresas boas na noite passada e venho comentá-las agora com vocês. Foram 35 minutos de anúncios ( e que anúncios!) para Nintendo Switch. Diversos jogos foram anunciados e mostrados, inclusive com cenas curtas de gameplay.

Destaques

Dentre os principais jogos, Super Mario Maker 2 foi logo de cara mostrado, apresentando um novo layout de edição de fases. Diversos estilos de jogos do Mario, como de costume e previsão de lançamento para Junho de 2019. Enquanto que para quem gosta de puzzles, com temática simples, Box Boy + Box Girl foi anunciado pra Abril.

Super Smash Bros Ultimate desta vez não foi destaque. Tivemos apenas um vislumbre de Joker, o próximo personagem via DLC. E o aviso de que teremos novas funcionalidades, mas tudo muito bem escondido, até abril, quando chega a update  3.0. E o mesmo vale para Captain Toad, que receberá conteúdo grátis e DLC para para o game já lançado ano passado, com novas fases e modo co-op. Na mesma linha, Starlink: Battle for Atlas trará um update com o resto da turma de Starfox.

RPG

Seguimos então com Bloodstained: Ritual of The Night, um game metroidvania com belos gráficos estilo sidescrolling, chegando no próximo inverno. Entramos então no mundo de Dragon Quest e dois games RPG de alto nível que chegarão ao Nintendo Switch. Era um dos mais aguardados para a direct e confirmou as expectativas dos jogadores. Dragon Quest XI: Echoes of an Elusive Ages – definitive edition S vem com um mundo amplo a se explorar, batalhas não randômicas e lindos gráficos ao estilo anime. Disponível nessa primavera.

Agora vamos falar do dino mais amado dos games, Yoshi. Yoshi’s Crafted World trouxe mais informações do jogo e uma demo já disponível. Fui logo baixar e o game está muito bom, me trouxe boas memórias do antigo jogo de SNES. As funcionalidades são bem intuitivas e o cenário conta com diversas coisas secretas, tornando o jogo mais desafiador. Teremos batalhas com bosses e itens a obter através de moedas no jogo. Irá agradar aos novos e antigos gamers.

Fire Emblem

Fire Emblem, que havia sido anunciado para a direct, trouxe uma ampla explanação sobre a história do próximo game. Você inicia como um filho de mercenário, que deixa a gangue para seguir seu próprio caminho. Chegando assim a um monastério que fica localizado no meio do reino, o qual é dividido em 3 regiões dominantes. No monastério ficará responsável por educar e direcionar os estudantes para as casas, que são associadas aos reinos dominantes. Conflitos e alianças estarão em jogo e você terá de lidar com tudo isso e ainda seguir sua própria jornada.

Enfim, tivemos um anúncio próprio para quem tem a conta Nintendo online. Se você for membro do Nintendo online poderá baixar e jogar a mais nova versão de Tetris: Tetris 99. Nele, 99 players se enfrentam simultaneamente, atacando uns aos outros, tentando sobreviver e ser o grande vencedor. Praticamente um Battle Royale de Tetris. E como isso vicia, gente. Você não quer parar até conseguir ser o vencedor.

E mais outro game muito aguardado também teve um pouco de gameplay seguido de demo liberada: Daemon X Machina. O game que utiliza mechas se mostra muito rápido em suas batalhas contra robôs gigantescos e com gráficos cartunescos em cores vivas. Infelizmente ainda não recebeu uma data de lançamento, exceto que é para este ano.

Mas vamos falar de jogo realista.

Muito se fala das capacidades do Nintendo Switch. Mas nesta direct nos foram mostrados GRID Autosport e Hellblade. Ambos estão aparentemente muito lindos na reprodução do game, com imagens de encher os olhos. Principalmente Hellblade, que já ganhou diversos prêmios devido sua qualidade enquanto game. As texturas e luzes estão de fato muito lindas para o Nintendo Switch, e isso mostra que o console tem um potencial real e capaz de rodar muitos outros games. Inclusive, Assassin’s Creed III e Mortal Kombat 11 estão confirmados para o console.

Agora as cerejas do bolo

Para finalizar, a Nintendo trouxe Astral Chain. Um belíssimo e ainda desconhecido jogo carregado de tecnologia e energia astral, voice acting, gráficos de anime, uma equipe de produção de peso nesse novo game de ação que chegará ao final de Agosto.

E por último, mas não menos importante: The Legend of Zelda – Link’s Awakening. O jogo de gameboy chegará ao Switch com um layout 3D todo remodelado, cenas animadas e uma trilha sonora incrível que aparenta ser de fato orquestrada. Só de ver foi de arrepiar e de ouvir a Ballad of The Windfish já comecei a chorar. Um dos primeiros Zeldas que joguei. É muita nostalgia. Esperando ansiosamente o lançamento para ainda este ano.